expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 21 de maio de 2018

FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL 2017-2018 - SPORTING 1 - AVES 2 - Surpresa, deliio e lágrimas de um fime de terror que começa na Ilha da Madeira e culmina na Festa do Futebo do Jamor



Jorge Trabulo Marques - Foto-jornalismo - Colaboração em Footblldream  - Ainda temos outro filme por editar

 

Equipa Leonina, chocada, quebrada, derrotada e  emudecida, abandona o Estádio, em silêncio triste e emocionada, por entre alguns assobios dos contestatários ou dos mais inconformados depois de alguns jogadores, quer, em hirtas e comovidas posturas em pé, isoladas ou lado a lado, numa tentativa de  conforto e conciliação mútua, quer prostrando-se imediatamente no tapete da relva,  que, embora tendo a cor da simbologia da esperança e da mística do seu clube, tão azarada se havia revelado ao longo de 90 minutos do desafio, fraquejando desalentados e partidos aos inevitáveis apertos do peito por sentimentos magoados, humilhados e destroçados, sim, feridos no seu orgulho profissional, se ajoelhavam, sentavam ou mesmo estendiam de bruços, como se quisessem proteger ou refugiar os olhos emocionados  e lacrimejados do cenário festivo, que dificilmente imaginavam que pudesse escapar-se-lhes com a vitória surpreendente  de uma modesta equipa da segunda liga.






Leões ensombrados e aviltados pelos azares do  corolário do fantasma, que começa na Ilha da  Madeira e teve ontem o seu epílogo, frustrante e emocional, depois de haver passado por um episódio de terror em  Alcochete, de contornos maquiavélicos e terroristas, quando a equipa dirigida por Jorge Jesus , ali iniciava os primeiros treinos, com vista à preparação da final da Taça de Portugal, agendada pela FPF para a  tarde de 20 de Maio, neste último domingo e que, o Sporting,  acabaria por perder, obviamente, porque, além dos atletas terem sido agredidos e violentados por atos de inqualificável banditagem, ainda por cima acabariam por sofrer o desgaste do ódio propalado pela exacerbada e mediática campanha manipuladora
Bruno de Carvalho - Ausente mas presente em espírito

  Naturalmente, que promovida pelos detratores da oposição à direção do Clube, pois não se vislumbra que um tal ambiente criado, desde aquele brutal episódio a todo um folhetim de acusações, condenações e ódios, que a tirania sensacionalista e monopolista das televisões veio promover ao longo de uma semana, sim, servindo   desígnios da banca  (Empresa de Ricciardi tentou ganhar 0,25% de comissão com novo empréstimo do Sporting)  e de outros grandes interesses   privados,  pudesse favorecer a imagem de Bruno de Carvalho, cuja direção fora recentemente legitimada com larga percentagem de apoiantes,  bem pelo contrário, unicamente visando chamuscá-lo e queimá-lo, já que  é esta  a estratégia habitualmente seguida  pela media liberal, senão veja-se o que tem sucedido no  Brasil e por cá, nos casos mais mediáticos:  Expresso | Balsemão: "Sócrates está queimado", Portas "não olha nos .....Marques Mendes aponta os 4 pecados capitais de Bruno de Carvalho .

 NÃO DESCURAR -Bruno de Carvalho acusa Ricciardi e Sobrinho de serem “estrategas....Ricciardi sugere que Bruno de Carvalho seja ″internado″..

 VITÓRIA HISTÓRICA DE UMA EQUIPA DA SEGUNDA LIGA


Desportivo das Aves, vence o Sporting por 2-1,  triunfa, com mérito e rasgo, fazendo festa histórica na  existência do clube, fundado em 1930,  na freguesia de Vila das Aves, concelho de Santo Tirso,  logrando erguer  o emblemático troféu com largas manifestações de expressiva euforia no relvado e nas bancadas por adeptos, sócios e simpatizantes, mimoseando jogadores, técnicos  e a direção, por muitos  beijos e abraços de incontido entusiasmo e euforia dos sócios e simpatizantes, emocionalmente rodeados e acarinhados pelas esposas, filhos, amigos e familiares,  autorizados a irem ao seu encontro,  fazendo, assim,  com que, no fundo, toda a enorme moldura  reservada às entusiásticas claques da equipa, se houvesse transformado numa única mancha rubra, orgulhosa de acalorada  festa de família desportiva,  de resto, em cujo êxito, nunca deixara de acreditar,  tal a forma  ruidosa e batoqueira, como havia expressado o seu apoio, desde o primeiro ao último minuto da partida, chegando mesmo a quase eclipsar a esmagadora maioria de milhares de adeptos sportinguistas, que enchiam por completo o grosso das restantes parcelas do emblemático Estádio Nacional, pese o facto dessa  mancha verde e branca se haver mostrado esmagadora e expressivamente solidária e unida no apoio leonino, pese a crispação fomentada por uma minoria contestaria, fabricada e extremada pela media liberal mercenária e sensacionalista

DERROTA DUPLAMENTE SENTIDA POR SE TER PERDIDO COM UMA EQUIPA DA 2ª LIGA

Os finais de qualquer competição de futebol,  são sempre intensos, empolgantes e emotivos, acabando por ter de um lado, os vencedores, extravasando a alegria e a emoção da vitória, e, do outro, os que sofrem o peso da derrota, podendo conduzir a que, os menos inconformados ou mais impacientes, sejam impelidos às   mais  diversas, inesperadas  e apaixonantes reações – No caso do jogo, que ontem pôs em confronto as duas equipas finalistas, embora se houvessem registado algumas reações, com voos de cadeiras e provocações às autoridades, já perto do desfecho da partida, quando o Aves, marcava o segundo golo ou mesmo algumas brigas fora do Estádio, a bem dizer, nada que se compare ao que sucedeu na Ilha da Madeira, quando o Sporting, ali perdeu com o Marítimo e comprometeu a conquista do campeonato. 

Todavia, uma coisa é quando se perde com uma equipa   que milita no mesmo escalão, outra, bem diferente, é a frustração ou a humilhação sentida, quando se disputa um trofeu com uma equipa de um escalão inferior: ora foi justamente esse facto que mais terá desgostado e dececionado, tanto os jogadores como  os seus adeptos – Embora a vitória do Clube Desportivo das Aves, fosse alcançada com mérito e valia, não permitindo  que o nível superior do seu adversário,  fosse coroado com sucesso, na verdade é das tais derrotas que doem bastante, difíceis de esquecer  

Creio que felicitando Quim
E eram, justamente, os sinais de emoção, claramente estampados no semblante e nas posturas de quase todos os jogadores da equipa dirigida por Jorge Jesus, também ele de rosto carregado de  tristeza e de frustração, como, certamente, nunca houvera sentido em toda a sua carreira profissional, se bem que, seja qual for a derrota, nunca é motivo de alegria. 


ECOS DA IMPRENSA  - “Marcelo Rebelo de Sousa felicita Desportivo das Aves: «Taça é Taça»


Foto do site da Presidência da República
Foto do site da Presidência da República
Refere a BOLA que  “Marcelo Rebelo de Sousa deu os parabéns ao Desportivo das Aves pela conquista da Taça de Portugal. O presidente da República também deixou uma palavra para os jogadores do Sporting.

«Taça é Taça. Há um vencedor que merece ganhar e um vencido que mereceu a nossa admiração. Mostrámos que estamos unidos e projetamos a força de Portugal no Mundo», começou por dizer.

Marcelo Rebelo de Sousa deixou ainda uma mensagem à seleção portuguesa que se concentra agora para o Campeonato do Mundo.

«Agora é altura de começar a pensar no Mundial da Rússia. Vamos avançar unidos para esse campeonato», concluiu. https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/731426

Foto do site da Presidência da República
Desolado com o ponto final de uma semana dramática, Jorge Jesus não conseguiu esconder as emoções no final. O técnico até parecia algo apático nos minutos iniciais, mas ‘aqueceu’ durante a partida, acreditou na reviravolta... até que a frustração falou mais alto. Na altura das medalhas, JJ tentou aguentar as lágrimas enquanto uns adeptos apoiavam e outros, muitos menos, criticavam. Mas o choro compulsivo chegou quando o técnico chegou perto de Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa e Fernando Santos. Aí, a tristeza tomou conta- Excerto de .https://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/sporting/detalhe/jesus-emocionado-diz-basta.html

Jorge Jesus surgiu na sala de imprensa do Jamor após a derrota (2-1) do Sporting na Taça de Portugal, diante do Aves, e fez apenas uma curta declaração, onde recordou que a equipa entrou em campo afetada psicologicamente pelo ataque de que foi alvo na Academia, que considerou um "filme de terror".

"Queríamos vencer esta taça. A forma como o estádio estava, verde, foi um exemplo dos nossos adeptos. Semana muito complicada, que parecia um filme de terror. Quero agradecer aos jogadores por terem alguma capacidade emocional para jogar. Lance do Bas Dost é o exemplo de como esta equipa estava. Tecnicamente não podes comentar este jogo, esse fator não conta, conta apenas o lado emocional. Isso foi fundamental para que a equipa não tivesse jogado como é capaz. Parabéns aos vencedores, que não teve nada a ver com isto", disse o treinador leonino, que em seguida abandonou o espaço, não respondendo a qualquer questão.
 https://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/sporting/detalhe/conferencia-de-jorge-jesus-em-direto.html



Prossegue a campanha acintosa para o império da SIC  e as demais TVs,  sob controlo do grande capital e seus testas de ferro, lá colocarem os seus boys e apear um presidente que não faz politica partidária senão a de se entregar de coração e alma ao Sporting - Mas porque cargas de razões, não ousam atacar os maiores vampiros instalados no Sporting - Acaso  o Dr. Dr Baroso e outros que agora apontam farpas a Bruno de Carvalho, já se lembrou de perguntar ao Sr. Álvaro Sobrinho donde lhe vem a guita com que comprou a enorme fatia das ações do clube, sendo ele empresário e natural de um dos países que registam os maiores índices de pobreza nas populações. - É que não faltam noticias nada abonatórias ao seu currículo, tal como esta - https://www.dn.pt/portugal/interior/alvaro-sobrinho-tera-desviado-quase-500-milhoes-de-euros-9158906.html Ou então já alguém perguntou porque raios o anterior governo perdoou um bilião e tal de euros ao Sr. Santos e Pecadores - Nunca mais de falou deste calote - https://www.publico.pt/2011/11/28/economia/noticia/divida-de-angola-a-portugal-totaliza-104-mil-milhoes-de-euros--1522965

 O QUE SE DIZ DO SOBRINHOS E SUAS COMPANHIAS

Álvaro Sobrinho suspeito de desviar centenas de milhões de euros... ...Álvaro Sobrinho demite presidente das Maurícias - Que moralidade têm estes vampiros oportunistas para fazer estas exigências? Álvaro Sobrinho pede demissão do Conselho 
Mas quem ousa julgar estes descarados abutres, nem no pais onde milhares morrem de fome estes parasitas se pavoneiam nas manchetes do futebol  - isto, porque, o poderio dos " Manos  Madaleno (como são conhecidos em Luanda ), é  gigantesco - De tal modo que até fazem tremer o José Eduardo dos Santos e os seus sobas Madalenos fazem tremer Governo 



Álvaro Sobrinho suspeito de desviar centenas de milhões de euros... ...Álvaro Sobrinho demite presidente das Maurícias - Que moralidade têm estes vampiros oportunistas para fazer estas exigências? Álvaro Sobrinho pede demissão do Conselho 
Mas quem ousa julgar estes descarados abutres, nem no pais onde milhares morrem de fome estes parasitas se pavoneiam nas manchetes do futebol  - isto, porque, o poderio dos " Manos  Madaleno (como são conhecidos em Luanda ), é  gigantesco - De tal modo que até fazem tremer o José Eduardo dos Santos e os seus sobas Madalenos fazem tremer Governo