expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

CAVACO SILVA - O PATRONO DO INÍCIO DA DESERTIFICAÇÃO E DO ABANDONO DO PORTUGAL PROFUNDO - O COVEIRO DA LINHA DO DOURO ACERTOU COM A FISGA EM CHEIO! - Não era ainda no emblemático brinde do Pavilhão Atlântico ao genro mas na ligação da principal via férrea duriense a Espanha - Mandou encerrar várias linhas, entre as quais o troço do Pocinho a Barca D'Alva, - Opina especialista que " a ditadura contabilística precipitaram o fim do comboio de via estreita em grande parte das linhas secundárias do Douro, deixando muitas povoações ainda mais isoladas e abrindo caminho ao incremento da rodovia e das empresas de camionagem. Ao abandono

Jorge T. Marques - Jornalista
LEMBRANÇAS DE UMA CAMINHADA DOURO ACIMA E PELA VIA FÉRREA QUE FOI ABANDONADA PELO MAIOR DITADOR E OPORTUNISTA PÓS 25 DE ABRIL



 
"É a coluna vertebral da região. Está mesmo no coração do Douro e liga ao centro do Porto. Está a ver o que era ir do Pocinho ao Porto em duas, duas horas e meia?", diz Aires Ferreira, o presidente da Câmara de Torre de Moncorvo" - Pois, mas não foi esse o pensamento do homem da fisga" .

Actualmente, os 172 quilómetros que separam o Pocinho de São Bento, no Porto, demoram três horas a percorrer de comboio. A viagem de carro demora menos 30 minutos. Mas o autarca - defensor igualmente da reactivação do troço entre o Pocinho e Barca de Alva - acha que não seria difícil reduzir o tempo do comboio, de modo a torná-lo competitivo" - Outros pormenores mais à frente 

Era a terceira caminhada :  foi em Março de 2013: já lá vão quase 6 anos, em que me associei a mais um  passeio pedonal promovido pela Associação Foz Côa Friends, com vista a pugnar pela reativação do troço Pocinho-Barca D’Alva –  

A primavera, já havia entrado, mesmo assim o tempo  decorria  frio e chuvoso. No entanto, no aprazado dia, numa Sexta-feira proporcionara alguma abertas, que até foram aproveitadas por alguns membros desta associação  ensaiar em novos passeios para novos desafios, por veredas do Vale do Côa,  mas, como então referia neste site, pairava alguma incerteza sobre  como  iria portar-se o  Sábado de Aleluia - Veio o Sábado e pôs um dia lindo

Foto de Luis Branquinho
Hoje lembrei-me de recordar essa belíssima peregrinação douro acima  pelo facto do, entre as lembranças  que o  facebook me  trazia, para o dia de hoje, configurar  uma excelente fotografia de Luis Branquinho Pinto - 

Pois, se bem que seja agradável caminhar ao longo da margem e com Douro ao lado esquerdo, porém, menos poético não deixaria de ser se se pudesse viajar de comboio tranquilamente e sem esforço, com os olhos maravilhados, ora no espelho prateado ou azulado do rio, ora as encostas que o bordejam - Aqui não há a monotonia das grandes planícies alentejanas mas o desfilar de uma constante e ondulante surpresa geológica -

Pena que, a insensatez de quem só via quilómetros de betão armado e asfalto, não tivesse tido o mínimo de sensibilidade para ver que estava a cometer uma enorme barbaridade

AQUI FICA UMA RESPOSTA PARA FAZER PENSAR -COM ALGUMAS IMAGENS DE MINHA AUTORIA DO PASSEIO, DESDE A ESTAÇAO DE ALMENDRA A BARCA D'ALVA  

"A Linha do Sabor, que ligava o Pocinho a Duas Igrejas, em Miranda do Douro, demorou 30 anos a construir. Mas os governantes que, depois da Revolução de Abril de 1974, tiveram a pasta ferroviária, em especial nos executivos liderados por Cavaco Silva, não precisaram de tanto tempo para acabar com aquela linha e encerrar os troços da Linha do Douro entre o Pocinho e Barca de Alva, da Linha do Tua entre Mirandela e Bragança, da Linha do Corgo entre Vila Real e Chaves e da Linha do Tâmega entre Amarante e Arco de Baúlhe. Em menos de três décadas, colocaram fim a um património formidável que levou muitas mais a construir e que custou a vida a muitos trabalhadores. Todas estas linhas foram criadas para servir as populações mais isoladas do interior-norte e para permitir o escoamento de alguns produtos da região, como aconteceu com a Linha do Sabor, principal meio de transporte do minério da serra do Reboredo, em Moncorvo.

A desertificação do interior, com a fuga dos mais novos para o litoral e os tradicionais destinos de emigração, o desinvestimento da tutela nas linhas e no material circulante e a ditadura contabilística precipitaram o fim do comboio de via estreita em grande parte das linhas secundárias do Douro, deixando muitas povoações ainda mais isoladas e abrindo caminho ao incremento da rodovia e das empresas de camionagem.
Ao abandono

É verdade que os troços encerrados não eram rentáveis, como não o são os metros de Lisboa ou do Porto, por exemplo. Mas, para muitas populações, o comboio era o único meio de ligação que tinham, e nem mesmo a abertura de novas estradas acabou totalmente com esse isolamento. O mais grave é que o encerramento das linhas deixou os carris a saque e inúmeras estações, algumas de grande beleza, ao abandono. -


Algumas estações passaram para a posse das autarquias, que as adaptaram a outros fins. Mas o grosso desse património continua abandonado e algum já não tem qualquer possibilidade de recuperação. Inúmeros apeadeiros e pequenas estações são hoje autênticos montes de escombros



No início desta década, o então presidente da Refer, Mário Frasquilho, ainda chegou a afirmar que a empresa estava a "pensar nas diversas alternativas possíveis para utilizar ao máximo o património, nomeadamente através do turismo". E até encomendou um estudo à Spidouro - Sociedade de Promoção do Investimento no Douro, extensivo ao troço desactivado da Linha do Douro e às linhas do Sabor, Corgo, Tua e Tâmega, com o sugestivo nome de "Relançamento dos Patrimónios Ferroviários". 

Comboios de há 30 anos


  achava que naquelas linhas havia "instalações com dimensão para poderem ser transformadas em centros turísticos". "O que não é aceitável", acrescentou, "é continuar a permitir que o património fique ao abandono e a degradar-se, quando há soluções exequíveis que beneficiam as populações das zonas por onde outrora passou o comboio". 

O estudo foi feito, o comboio a vapor para turistas foi recuperado, mas nada mais avançou. Mesmo a Linha do Douro continua a ser servida pelos mesmos comboios de há 30 anos, apesar do aumento do turismo na região.~


Hoje, face à nova realidade rodoviária, não há ninguém de bom senso que reclame a reabertura dos troços de via estreita já encerrados. Mas já há unanimidade quanto à Linha do Douro. "Devia ser a via rápida do Douro. É a coluna vertebral da região. Está mesmo no coração do Douro e liga ao centro do Porto. Está a ver o que era ir do Pocinho ao Porto em duas, duas horas e meia?", diz Aires Ferreira, o presidente da Câmara de Torre de Moncorvo. 

Actualmente, os 172 quilómetros que separam o Pocinho de São Bento, no Porto, demoram três horas a percorrer de comboio. A viagem de carro demora menos 30 minutos. Mas o autarca - defensor igualmente da reactivação do troço entre o Pocinho e Barca de Alva - acha que não seria difícil reduzir o tempo do comboio, de modo a torná-lo competitivo. PÚBLICO . 
 https://www.publico.pt/2008/09/15/jornal/as-estradas-mataram-o-comboio-no-douro-276025


sábado, 19 de janeiro de 2019

ELEIÇÕES EUROPEIAS À VISTA - MARIA JOÃO RODRIGUES NÃO CONDUZ EMBRIAGADA, É DO PARTIDO DE MANUEL MARIA CARRILHO E NEM É BARBA GUIMARÃES, ESTÁ TRAMADA COM O ASSÉDIO DA MEDIA LIBERAL– Mas quando é que, Portugal retoma a soberania e segue o exemplo do Reino Unido? Abençoada Theresa May quer ver o Reino Unido, livre da pirataria selvagem e faz muito bem -– ÂNGELA Merkel defende os interesses da Alemanha e impede que a ditadura oriental lhe tome as melhores empresas. – E, se não fosse ela, toda a Europa, já era amarela. - Mas, num dia destes, é a própria Alemanha a afastar se: Extrema-direita alemã propõe em Congresso saída da Alemanha da EU - Naturalmente que depois de obrigarem o resto da Europa a vender o património público.


JORGE T. MARQUES - JORNALISTA - INFORMAÇÃO E ANÁLISE

MAS QUEM É QUE NÃO VÊ ESTA DESCARADA MANIPULAÇÃO DO LIBERALISMO SELVAGEM UNIDO – HÃO-DE ARRANJAR SEMPRE PRETEXTO PARA CHAMUSCAR QUEM NÃO FAZ PARTE DA SUA QUADRILHA

Diz  a imprensa liberal que "a Eurodeputada Maria João Rodrigues investigada por assédio laboral A eurodeputada Maria João Rodrigues está a ser investigada pelo Parlamento Europeu, por suspeita de assédio laboral.

A investigação foi aberta depois de um funcionário ter feito nove queixas separadas contra a socialista, que a acusou de tentar reduzir as horas de trabalho e o salário de uma assistente que tinha estado em licença de maternidade.

Aí está mais um assédio da média utra-liberal arvorada em impoluta e procurar chamuscar quem não faz parte da sua corte.
  

Como é sabido  - para quem esteja minimamente atento - , a rapaziada das direitas, é muito bem comportada, pode exercer poderosas influencias para que o Património Público, como foi o caso do emblemático, Pavilhão Atlântico vã parar ao genro de Cavaco Silva, enquanto PR, que tudo  isto é perfeitamente legitimo e normalíssimo

GOVERNO DE PASSOS, PORTAS E RELVAS -  VENDEU 9 UNIDADES HOSPITALARES  POR UMA NINHARIA À SEGURADORA  DA SAÚDE  MAIS CONTESTADA NO BRASIL


Passos engorda número de gestores da Caixa  - o número total deverá rondar os 11, embora até ontem à noite o Ministério das Finanças não tenha confirmado nem o novo modelo de governação nem os nomes do novo órgão de gestão do maior banco do País. https://www.dn.pt/dossiers/tv-e-media/revistas-de-imprensa/noticias/interior/passos-engorda-numero-de-gestores-da-caixa-1923726.html?id=1923726


MAS DEPOIS É  O VARA O ÚNICO SACADOR  E A PRESTAR CONTAS À JUSTIÇA  -Armando Vara é o primeiro condenado a cumprir pena efetiva por tráfico de influência https://rr.sapo.pt/noticia/137416/armando-vara-e-o-primeiro-condenado-a-cumprir-pena-efetiva-por-trafico-de-influencia



 RAPAZIADA DAS DIREITAS NÃO PRESSIONA, NÃO SACA  - É HONESTISSIMA - QUEM NÃO FOR DA CORTE, LEVA A RIPADA - QUEM, É QUE JÁ SE ESQUECEU DO BADALADO CASO DAS ALEGADAS  POSSESSÕES DO JUIZ LOPES DA MOTA, DO EUROJUST ? - Não descansaram,enquanto não o queimaram
CARLOS ALEXANDRE NÃO HESITOU EM ATACAR UM COLEGA  - COM PRESTIGIO INTERNACIONAL PELO FACTO DE  NAO PERTENCER ÀS DIREITAS 


20/04/2012 - Tribunal não aceitou argumentos do antigo presidente da Eurojust, mantendo a suspensão de 30 dias por alegadas pressões aos procuradores que investigaram o processo do Freeport

O Supremo Tribunal Administrativo confirmou, no passado mês de março, a condenação a 30 dias de suspensão ao procurador-geral adjunto Lopes da Mota pelas alegadas pressões que este terá feito junto dos procuradores que investigaram o caso Freeport. Lopes Da Mota - Supremo confirma condenação de Lopes da Mota

PORTUGAL PRECISAVA DE UMA MULHER TESA COMO ESTA

 Theresa May vence votação de moção de desconfiança e continua no cargo de primeira-ministra – Pois dou os meus parabéns a PM do Reino Unido, por não se deixar arrastar na teia alemã – Não o logrou pela via das armas, mas quer impor-se por outras vias mais refinadas e hipócritas.


  May venceu de forma apertada a votação de sua moção de desconfiança e continuará no cargo de primeira-ministra britânica. A consulta foi realizada pelo Parlamento na tarde desta quarta-feira (16) e ela teve 325 votos a favor e 306 contra sua continuidade no cargo.
O resultado significa que a maioria do Parlamento confia que May tem capacidade para permanecer liderando o governo. Ela agora continua com a tarefa de negociar a saída do Reino Unido da União Europeia. https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/01/16/theresa-may-vence-votacao-de-mocao-de-desconfianca-e-conti


MAS ONDE ESTÃO OS  PATRIOTAS PORTUGUESES PARA  SACUDIR OS VASCONCELOS DA AMARRAS DO LIBERALISMO SELVAGEM  E RETOMAR A SOBERANIA PERDIDA?


A Alemanha tornou-se no primeiro país da União Europeia (UE) a apertar o controlo sobre aquisições de empresas por estrangeiros. Os novos regulamentos, aprovados nesta quarta-feira, 12 de Julho, pelo governo da chanceler Angela Merkel, surgem na sequência de uma série de negócios envolvendo estatais chinesas que dão acesso a Pequim a tecnologia e inovação "made in Germany" em sectores-chave. https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/aquisicoes-alemanha-reforca-barreiras-para-travar-invasao-chinesa

Portugal e Espanha, além de países vizinhos, têm afinidades linguísticas e históricas, que não têm com os demais países europeus – E a melhor alterativa ao Euro era criarem uma moeda única, que podia perfeitamente ser designada como IBERO   

O ACTUAL EURO TEM OS DIAS CONTADOS - FAVORECE OS PAÍSES MAIS RICOS É CONTRA-NATURA
"O nazismo defende que uma nação  é a máxima criação de uma raça.   Consequentemente, as grandes nações (literalmente, nações grandes) seriam a criação de grandes raças." - O que não fizeram com as armas, vão fazê-lo obrigando-nos a vender as melhores empresas públicas que temos


A ENTRADA PARA O EURO DA SENHORA MERKEL NÃO FOI MAIS DE QUE UMA ISCA LANÇADA PELA ALEMANHA  PARA MATERIALIZAR O EXPANSIONISMO QUE HITLER NÃO CONSUMOU.  



Alemanha bloqueia compra de metalúrgia por chineses
O Governo de Angela Merkel decidiu impedir o negócios por motivos de segurança nacional, adianta a Bloomberg.A decisão do Executivo de Angela Merkel foi revelada esta quarta-feira, pela agência Bloomberg, e é mais uma evidência de que a Alemanha está a endurecer a postura perante investimentos chineses. https://www.jornaldenegocios.pt/economia/mundo/detalhe/alemanha-bloqueia-compra-de-

"Extrema-direita alemã propõe em Congresso saída da Alemanha da EU – Depois de terem tomado de grande parte das empresas europeias e de terem enchido bem os cofres – Para onde foi parar o ouro roubado pelos nazis?  
Obviamente que é inevitável que, a dita União Europeia, ou acabe num conflito armado ou se desfaça por morte natural   - 11 de Janeiro – 2019 - A formação de extrema-direita exige igualmente reformas profundas até 2024, ou seja, até ao fim da próxima legislatura europeia, e adverte que, em caso contrário, " https://www.dn.pt/mundo/interior/extrema-direita-alema-propoe-em-congresso-saida-da-alemanha-da-ue-dexit-10427797.html

QUEM GANHOU COM A EU, FOI A ALEMANHA   recebeu mais verbas europeias que Portugal


2013 – Isto há cinco anos – Depois, disso, ainda mais abocanhou - A "poderosa" Alemanha recebeu nos últimos 18 anos, em termos absolutos, mais dinheiro comunitário do que o parente pobre do Sul da Europa: Portugal. No atual Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), os germânicos receberam, entre 2007 e 2011, mais 741 milhões de euros por ano do que Portugal, o que já havia acontecido nos últimos dois quadros comunitários de apoio (QCA II e QCA III). Mesmo entre 2000 e 2006 - época em que Portugal mais recebeu - entraram no país de Angela Merkel mais 1173 milhões de euros por ano do que nos cofres nacionais.


Segundo o estudo "25 anos de Portugal europeu", Espanha, Itália e Alemanha foram os países que maior investimento tiveram após a viragem do século. Portugal surge no quarto lugar da lista, tendo apenas ficado à frente da Alemanha no I Quadro Comunitário de Apoio - definido ainda antes da integração da RDA - e da Itália no QCA II. https://www.dn.pt/economia/interior/alemanha-recebeu-mais-verbas-europeias-que-portugal-3247143.htm

ENQUANTO PRECISARAM DELE  - DEPOIS TRAMARAM-NOS QUANDO COMEÇOU A  DIALOGAR COM SÓCRATES 


Ricardo Salgado e outras figuras do BES financiaram a campanha de Cavaco 
em 2011 em 1,5 milhões de euros - E então foi pela sorrisa do Silva? http://www.tvi24.iol.pt/politica/cavaco-silva/salgado-financiou-campanha-de-cavaco-em-2011




"Supremo Tribunal valida escutas a Passos Coelho – Mas deu em nada, que era o politicamente correcto - Não obstante, o presidente do Supremo Tribunal de Justiça ter decidido “validar as escutas telefónicas entre o primeiro-ministro, Passos Coelho, e José Maria Ricciardi, presidente do BES Investimento. Em causa está uma conversa escutada no âmbito das investigações ao caso “Monte Didier Branco


QUEM OS CONDENOU? 

Ricardo Espírito Santo e Cavaco Silva - Tão amigos eram..

A conversa telefónica entre Passos e Ricciardi foi escutada em Dezembro de 2011 durante as investigações à suspeita de tráfico de influências, corrupção e informação privilegiada no caso das privatizações da REN e da EDP. Essa investigação foi conduzida pelo procurador Rosário Teixeira, que entendeu a conversa entre o chefe de Governo e o presidente do BESI como uma forma de pressão sobre o primeiro-ministro

OS SEM VERGONHA DO CAVAQUISMO CONTINUAM IMPUNES E A COMER À GRANDE E À FRANCESA - Oliveira e Costa declara falência mas ganha 14 milhões
ENTREGUES A UMA QUADRILHA DE MALFEITORES

Grupo angolano cria empresa para comprar canal da RTP -

......António Borges acumula privatizações com cargo na.....Jerónimo Martins.... Colombiana Avianca é a única candidata à privatização da TAP 

Poeta Fernando Pessoa -Agora mais acessível a todos - Aproximadamente 1200 livros da biblioteca particular de Fernando Pessoa disponíveis para consulta on-line - O GENIAL POETA DA MENSAGEM VISTO PELO CLASSICISMO DO PINTOR JOÃO NEVES DE Ó - - TENDINITE FORÇOU-O A USAR A MÃO ESQUERDA – MAS O GÉNIO SUPEROU A DEFICIÊNCIA -

Desenhos do Pintor João Neves de ´Ó  - pseudónimo de João Bento Neves  - Meu distinto amigo  - O seu grande sonho é um dia poder pintar a rota de Fernão Magalhães-  Quando o conhecemos, nos anos 80, liderava uma equipa para trabalhar a arte final de letras e capas das publicações da  Walt Disney, entre as quais o Tio Painhas, Pato Donald, Pateta, Disney-Extra, Rato Mickey, entre outras - O esforço excessivo para respeitar compromissos e com perfeição , traiu-o  - Teve de deixar a sua empresa mas  nem por isso se deu por vencido - Adaptou-se a pintar com a esquerda

Fernando Pessoa - por João Neves de Ó - João Bento Neves

OPORTUNIDADE A NÃO PERDER 
 Aproximadamente 1200 livros da biblioteca particular de Fernando Pessoa estão disponíveis na internet para consulta on-line. A digitalização do acervo foi feita pelo Centro de Linguística da Universidade de Lisboa. Os livros de vários gêneros e idiomas, no formato PDF e JPG, trazem dedicatórias, anotações, assinaturas, notas, diagramas e poemas do maior poeta de língua portuguesa da história.

João Neves do ò - Na sua oficina de artista - A paixão por Fernando Pessoa
Entendemos que uma biblioteca desta importância devia tornar-se património da humanidade — e não apenas dos que podem deslocar-se a esta Casa onde Fernando Pessoa viveu os últimos 15 anos da sua vida. Graças à dedicação de uma equipa internacional de investigadores foi possível digitalizar, na íntegra, toda a biblioteca. Deste encontro de entusiasmos generosos resultou a disponibilização gratuita da preciosa biblioteca do autor de ‘O Livro do Desassossego’, que agora pertence aos leitores em qualquer parte do globo”. Procuramos tornar acessível e simples a compreensão da biblioteca no seu todo — que está classificada por categorias temáticas — e a consulta de cada livro. Destacamos páginas que incluem manuscritos do próprio Pessoa — ensaios e poemas escritos nas páginas de guarda dos livros. Trata-se de uma biblioteca aberta ao infinito da interpretação — bela, surpreendente e instigante, como tudo o que Fernando Pessoa criou. Usufruam-na, afirmam os curadores do projeto”.
Clique aqui para acessar: A biblioteca pessoal de Fernando Pessoa disponível para consulta on-line


A boa informação é partilhada pelos grupo "Amigos do LUGAR AO SUL" que defende o regresso do programa da RDP - LUGAR AO SUL, de autoria de  Rafael Correia, programa  caracterizado pela divulgação da melhor da música e da poesia de Portugal!
Importa continuar a lutar pela reposição do programa na Antena 1 e – não menos importante – pela disponibilização do acervo completo na internet.

Mini-arquivo online (streaming):
http://www.rtp.pt/play/p650/lugar-ao-sul-reedicao







O  virtuosismo de José Manuel Monteiro y Costa - Outro nosso estimado amigo, que chegou a tocar  nos mais famosos hotéis londrinos e poderia ser hoje um nome reconhecido nos pianistas portugueses, mas onde é que estão as oportunidades para os pianistas a solo? - Quantos bares e hotéis dão prioridade à música clássica? - Até os concertos  nas instituições públicas, vão-se tornando uma raridade. 

"Fernando António Nogueira Pessoa (Lisboa, 13 de junho de 1888 — Lisboa, 30 de novembro de 1935) foi um poeta, filósofo, dramaturgo, ensaísta, tradutor, publicitário, astrólogo, inventor, empresário, correspondente comercial, crítico literário e comentarista político português.


Fernando Pessoa é o mais universal poeta português. Por ter sido educado na África do Sul, numa escola católica irlandesa, chegou a ter maior familiaridade com o idioma inglês do que com o português ao escrever os seus primeiros poemas nesse idioma. O crítico literário Harold Bloom considerou Pessoa como "Whitman renascido",[4] e o incluiu no seu cânone entre os 26 melhores escritores da civilização ocidental,[5] não apenas da literatura portuguesa mas também da inglesa.[5]


Das quatro obras que publicou em vida, três são na língua inglesa. Fernando Pessoa traduziu várias obras em inglês (e.g., de Shakespeare e Edgar Allan Poe) para o português, e obras portuguesas (nomeadamente de António Botto[6] e Almada Negreiros) para o inglês.[7]


Enquanto poeta, escreveu sob diversas personalidades – heterónimos, como Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro –, sendo estes últimos objeto da maior parte dos estudos sobre a sua vida e obra. Robert Hass, poeta americano, diz: "outros modernistas como Yeats, Pound, Elliot inventaram máscaras pelas quais falavam ocasionalmente... Pessoa inventaa poetas inteiros."    https://pt.wikipedia.org/wiki/Fernando_Pessoa

OUTROS QUADROS A ÓLEO DA ADMIRÁVEL OBRA DO ARTISTA JOÃO NEVES DE Ó - UM DOS QUAIS - O RAMO DE CEBOLAS - FOI CLASSIFICADO NO CERTAME EM LONDRES, EM 7º DE ENTRE 30 MIL CONCORRENTES  - Parecem imagens fotográficas mas na tela só houve a intervenção do pincel e tintas, com a composição ao seu lado e  longas horas gastas - 
Pois, embora a sua escola académica lhe ensinasse a enveredar por outros estilos, que também o sabe fazer, prefere, no entanto, jogar com as formas, as cores e a luz, tornando o real ainda mais efabulado e fantástico. Pelo que é frequente sair de casa para ir ao encontro dos mais surpreendentes recantos do litoral marinho e lá se perfilar o dia inteiro com o olhar repartido na panorâmica e na sua paleta.








Contam-se pelos dedos das mãos os pintores que executam obras com este primor técnico e artístico de João Neves

O pintor João Manuel de Ó Pereira das Neves - mais conhecido por João Neves - nasceu em 10 de Agosto, é natural de Santiago do Cacém, a vila alentejana onde também nasceu Manuel da Fonseca -  Aliás, foi na companhia dele que, uns meses antes da sua morte,  pude ir a  casa do autor da "Rosa dos Ventos"e fazer-lhe uma entrevista, em directo,  para um programa da noite, da Rádio Comercial, realizado por Rui Castelar 

João,  tem o  culto pela Natureza e dos nossos poetas e navegadores portugueses - 

O seu grande sonho é um dia poder pintar a rota de Fernão Magalhães- Entretanto, vai pintando maravilhosos trechos da nossa costa marítima, belíssimas composições naturais e alguns abastratos - Um dos seus  quadros já lhe valeu  ser distinguido nos primeiros, entre milhares de concorrentes num concurso em Londres - É meu grande amigo, praticamente desde que regressei a Portugal,  depois de uma das minhas odisseias nos Mares do Golfo da Guiné. A sua paixão pelo mar, fê-lo ir ao meu encontro. Uma entrevista da rádio, despertara-lhe a curiosidade em conhecer-me.. Encantado com as minhas aventura solitárias, em pirogas - uma das quais 38 dias - viera procurar-me à Rádio Comercial para fazer  uma banda desenhada das minhas façanhas. 

NÃO SE DEIXOU  VENCER PELA DEFICIÊNCIA FÍSICA DA MÃO DIREITA

Naquela altura, trabalhava para a arte final de letras e capas das publicações da  Walt Disney, entre as quais o Tio Painhas, Pato Donald, Pateta, Disney-Extra, Rato Mickey, entre outras  - Era o responsável por um Estúdio de Arte- Final - Publicidade e ilustração - com uma dúzia de colaboradores, que se encarregavam de traduções, revisão e adaptações de textos para oito editoras - Entre as quais a Colecção de Cromos Panini, Gradiva, Meribérica-Liber, Nobar, Edições Asa, Editores Arial, Lisboa Editora,  Freaqui e vários jornais e revistas.  A vida sorria-lhe. Porém, o excesso de trabalho, fê-lo contrair uma tendinite na mão direita, pelo que, forçado a suspender a sua actividade, muitos dos seus sonhos, sofreram um duro revês. Mas, querer é poder, e, pese todo o esforço hercúleo, que lhe é exigido, nem mesmo assim ele se  deu por vencido. E desabafa: "Jorge" E, então, aquele o pintor que dizia: não tenho braços mas pinto com o pincele na boca! - Felizmente, tenho as duas mãos: não posso pintar com a direita, tenho que me habituar com a esquerda" - E, na verdade, embora não sendo esquerdino, é o que tem feito. 

BISNETO DO CONDE DE AVILEZ 


Diminuído, fisicamente, da mão direita, claro que lhe é exigido um duplo esforço. Sim,  mas o génese da pintura está-lhe nas veias! -  Que fazer senão continuar abraçar a sua maior paixão. Até porque, além de sua mãe, a única família são os bons amigos. Não tem outros familiares mais próximos ou afastados. Bisneto - sem herança - do Conde de Avilez : o  homem que introduziu o  automóvel em portugal.  A bisavó era criada do Sr. Conde, engravidou-a  e arranjou-lhe uma filha, que foi pari-la em casa dos pais,, em Ferreira do Alentejo, em obediência aos bons costumes da época. - Sobrinho da Geny de Brito, a primeira missa de Portugal, cuja herança foi parar, muito oportunisticamente,  ao seu médico pessoal e à Câmara Municipal do Entrocamento - O qual, Sr. Doutor, apesar de já ter a herança garantida, ainda lhe cobrava as consultas.  E aí temos, assim o pintor João Neves, sem heranças mas também sem herdeiros, dependente unicamente dos maravilhosos quadros que vai pintando. 




João Neves, já esteve no Maciço dos Tambores. Foi a primeira pessoa a quem confidenciei a descoberta da Pedra do Solstício. Nesse dia, encontrava-se em Coimbra, onde tinha ido para mais um tratamento inútil à tendinite que lhe tolhe os movimentos da sua mão direita. 

Aceitou deslocar-se no dia seguinte à minha aldeia. Ficou maravilhado pelo que viu. Estávamos em 2003. Naquela altura, nem ele nem eu sabíamos, que, Miguel Torga, também, já noutros tempos,  já tinha  andado por aqui. 


Miguel Torga, nasceu a 12 de Agosto de 1907, na aldeia de S. Martinho de Anta, concelho de Saborosa, deixou-nos, a 17 de Janeiro de 1995, perfaz  hoje 19 anos. Partiu para o Reino do Invisível mas deixou-nos o legado poético do Reino Maravilhoso de Trás-os- Montes e Alto Douro, a sua região natal, cuja paisagem e gentes, com os seus hábitos e costumes, comportamentos e modos de estar e olhar o mundo, as riquezas e as pobrezas da terra, além de lhe moldarem o seu carácter e a sua sensibilidade, serviriam de fonte de inspiração para a sua vasta obra poética, ficcionista e diarística.