expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

CARTA RECOMENDAÇÃO A VALE E AZEVEDO - O SANTO OU O ETERNO PECADOR?


Pos.......

(


NOTA EXPLICATIVA (postagem recuperada de Desoculto Noturno - outras ficaram em arquivo, até ver)

Faço aqui a transcrição da carta que dirigi a João Vale Azevedo, dias antes das eleições para assegurar a continuação da Presidência do Sport Lisboa e Benfica. O mesmo fiz ao candidato Manuel Vilarinho, que acabaria por sair vencedor. De momento não consigo localizar a cópia - tenho apenas o talão do registo. Mas o conteúdo desta missiva a Vilarinho é pouco relevante, e era apenas um aviso - para que não se envolvesse em aventuras para as quais não estava fadado. Eu não sou benfiquista mas sou humano e não desejaria que nem ele nem uma grande instituição,como é o Benfica, fossem prejudicados.
É verdade que há quem veja em João Vale e Azevedo o demónio - mas isso é das tais coisas muito questionáveis. Ele deixou-se apanhar, é porque não é muito inteligente. Se fosse muito inteligente, teria roubado mais. Porém, talvez pior do que ele, sejam os que passam por figuras respeitáveis e agem como as serpentes: pelo embuste e pela calada . 

Infelizmente há muita gente assim e em lugares de grande responsabilidade. Muito cuidado com essa terrível espécie!... Agem como o gorgulho na madeira. 

Não creio que Vale e Azevedo seja um demónio, mas não é seguramente um santo. 

Acredito que, um dia destes, ele esteja de volta: ou por vontade própria ou compelido. E possa finalmente regressar ao seu e nosso amado país - Embora ele tenha neste momento mais razões para se sentir melhor lá fora do que cá dentro.
.








Lisboa, 20 de Outubro de 2000

Exmo. Senhor
Vale e Azevedo
Presidente do Sport Lisboa e Benfica
Estádio da Luz
Avenida General Norton de Matos
1500 Lisboa

Senhor Dr.Vale e Azevedo:


Escusa de ter ILUSÕES; está destinado a que todos os seus desejos, no âmbito da nova etapa para a qual se abalançou, lhe hão trazer o sabor do limão amargo. Por isso, não se Iluda; a sua MÁQUINA PODE FUNCIONAR E VAI FUNCIONAR mas unicamente para o ajudar a protelar e aumentar ainda mais o seu FRACASSO.


A SUA AMBIÇÃO, vai sair-lhe cara, não duvide.A sua Vida, reserva-lhe um DESTINO completamente diferente daquele para o qual tem canalizado as suas HABILIDADES E ENERGIAS. Os seus PROJECTOS vão-lhe sair gorados:


O Sr. está convencido que É UM HOMEM DE SUCESSO, mas o Sr. NÃO É UM HOMEM DE SUCESSO no FUTEBOL. Tome atenção: NÃO SONHE ACORDADO!


O Sr. ENCARNA UMA FIGURA que o persegue como UMA GÉMEA SOMBRA PARDA e da qual dificilmente vai livrar-se ou libertar-se dela - é a SOMBRA DO Diabo EM PESSOA! E o pior é que é um DIABO AZIAGO, AZOUGADO E ENFERMO! Então o que FAZER para se LIBERTAR DELE?
Essencialmente DUAS COISAS:

Primeiro que tudo. PROCEDER A UM SERENO MAS PROFUNDO EXAME DE CONSCIÊNCIA, de molde DEIXAR DE SER A PESSOA QUE MOSTRA SER. A seguir, REGRESSAR de vez ao seu ESCRITÓRIO DE ADVOGADOS e continuar, ali , tranquilamente o seu trabalho, que é justamente aquilo para o qual foi talhado; faz parte da sua vocação e a cuja voz se recusa, sistematicamente, dar ouvidos .


PARA SEU BEM, SEU INTERESSE PESSOAL E DO BENFICA, não hesite em tomar essa decisão, quanto antes - É dura mas é a mais adequada. Para QUE OUTROS MALES MAIORES NÃO LHE BATAM À PORTA.


Em nome dos SAGRADOS ESPÍRITOS DO UNIVERSO, aceite, pois, a sugestões e a palavra franca deste modesto médium
Luís de Raziel


.



Cronologia dos principais acontecimentos


2008-07-08 JN


Os problemas de Vale e Azevedo com a justiça já vêm de longe. Conheça um pouco da sucessão de eventos que levaram à detenção do advogado, em Inglaterra.- 1997: 31 Out - Vale e Azevedo é eleito o 31º presidente do Benfica, após derrotar Luís Tadeu e Abílio Rodrigues.


- 2000: 31 Out - João Vale e Azevedo termina um mandato de três anos como 31º presidente do Sport Lisboa e Benfica, três dias depois de Manuel Vilarinho, que toma posse nesta data, o ter derrotado nas eleições mais concorridas da história do clube (21.804 votantes), com 62 por cento dos votos.
Durante o mandato de João Vale e Azevedo o clube esteve envolvido em várias polémicas, com atrasos no pagamento de transferências de jogadores, quebra contratual com a empresa Olivedesportos - que detinha os direitos de transmissão televisiva dos jogos de futebol do Benfica - e uma alegada delapidação do património do clube, da qual Vale e Azevedo era acusado pelos seus opositores.
- 2001: 16 Fev - Vale e Azevedo é detido pela Polícia Judiciária após almoçar num restaurante da baixa lisboeta. A polícia faz uma busca ao seu escritório de advogados e, já de madrugada, uma juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa (TIC) determina a sua prisão domiciliária na sua residência em Almoçageme, Sintra.
Na sequência de investigações iniciadas em 14 de Novembro de 2000, o ex-presidente do Benfica é acusado da apropriação de uma verba de 193.000 contos relativa à transferência do guarda-redes russo Serguei Ovchinnikov do Benfica para o Alverca, a qual terá sido aplicada na compra do iate de luxo "Lucky Me", através de uma empresa "offshore" com sede nas Ilhas Virgens Britânicas - a JFI, Lda -, alegadamente pertencente a João Vale e Azevedo.
07 Ago - É decretada a prisão preventiva ao ex-presidente do Benfica, por decisão da juíza Conceição Oliveira, do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa, no âmbito do "caso Ovchinnikov". Perigo de fuga e conservação de prova fundamentam a decisão judicial.
O advogado de defesa do antigo dirigente "encarnado", José António Barreiros, revela que vai recorrer para a Relação de Lisboa da decisão da juíza e que Vale e Azevedo ficará preso preventivamente na nova área prisional da PJ de Lisboa.
- 2002: 04 Jan - O Ministério Público deduz acusação contra Vale e Azevedo no âmbito do caso da venda dos terrenos Sul do Benfica à empresa Euroárea, que alegadamente permitiu que o antigo presidente "encarnado" se apropriasse de cinco milhões de euros.

17 Abr - Vale e Azevedo é condenado a quatro anos e meio de prisão efectiva no âmbito do "caso Ovchinnikov" e fica detido no Estabelecimento prisional anexo à Polícia Judiciária.
- 2003 11 Jun - Início do julgamento do "caso euroárea", na 8ª vara, 2ª secção do Tribunal Criminal da Boa hora.
14 Nov - O colectivo de juízes substituto da 8ª vara, constituído por Ana Wiborg, Ana Peres e Simões de Almeida, determinou a anulação do julgamento do processo euroárea, alegando que não foi produzida prova, durante 30 dias, em sede de julgamento.
- 2004 19 Fev - O Tribunal da Relação de Lisboa manda libertar João Vale e Azevedo, tendo por base o facto de o antigo presidente do Benfica não ter sido ouvido no âmbito de uma diligência processual relativa à prisão preventiva decretada ao abrigo do processo Euroárea.
Vale e Azevedo esteve em liberdade apenas breves momentos, já que mal saiu do Estabelecimento Prisional anexo à Polícia Judiciária, na Gomes Freire, em Lisboa, foi detido para interrogatório por decisão do juiz Ricardo Cardoso, titular do processo.
08 Jul - João Vale e Azevedo sai em liberdade mediante uma caução de 250 mil euros, por decisão do colectivo de juízes que julga o processo Euroárea, relacionado com a venda de terrenos do clube.
- 2007: 30 Mar - Vale e Azevedo é condenado a uma pena de cinco anos de prisão pelo colectivo de juízes da 9/a Vara do Tribunal da Boa-Hora, em Lisboa, no âmbito do caso Ribafria.
O juiz presidente do colectivo de juízes, Pedro Cunha Lopes, ao ler o acórdão relativo a este julgamento, referiu que o ex-presidente do Benfica foi condenado por um crime continuado de burla qualificada.
11 Jul - O Tribunal da Relação de Lisboa confirmou a condenação de Vale e Azevedo e da notária Lídia Menezes no caso Dantas da Cunha, ao considerar totalmente improcedentes os recursos que apresentaram.
O ex-presidente do Benfica foi condenado a uma pena de prisão de sete anos e meio por um crime de falsificação e um crime de burla qualificada relacionado com a adulteração de procurações para obter, à revelia e sem autorização de Pedro Dantas da Cunha, poderes para hipotecar, em 1997, um imóvel localizado no Areeiro, em Lisboa, como garantia de um empréstimo no valor de 1,5 milhões de contos, contraído junto da Caixa Geral de Depósitos.
- 2008: 05 Mai - A GNR deslocou-se a casa de Vale e Azevedo em Colares, Sintra, para o deter, no âmbito do caso Dantas da Cunha, mas não encontrou o antigo dirigente do Benfica, que se encontrava em Londres.
24 Jun - João Vale e Azevedo garante que não é fugitivo, mas que não vai voltar a Portugal voluntariamente, mas obrigado e às custas das autoridades.
"Pelo meu pé não vou", disse João Vale e Azevedo, desafiando na altura as autoridades a executar o mandado europeu de captura emitido em seu nome.
08 Jul - Vale e Azevedo foi detido de manhã na esquadra de Belgravia, em Londres, em cum? não vou", disse João Vale e Azevedo, desafiando na altura as autoridades a executar o mandado europeu de captura emitido em seu nome.
08 Jul - Vale e Azevedo foi detido de manhã na esquadra de Belgravia, em Londres, em cumprimento do mandado de detenção europeu, disse um porta-voz da política britânica.
Segundo a mesma fonte, a detenção de Vale e Azevedo foi feita por "elementos da divisão de extradições da polícia britânica".
O antigo presidente "encarnado" apresentou-se na esquadra londrina "a uma hora combinada"

advogada Luísa Cruz pediu o "habeas corpus" de Vale e Azevedo por entender que o seu cliente cumpriu, a 29 de dezembro de 2009, cinco sextos da pena de 11 anos e meio de prisão fixada pelo cúmulo jurídico de 2009, no âmbito dos processos Ovchinnikov/Euroárea (seis anos de prisão em cúmulo), Dantas da Cunha (sete anos e seis meses) e Ribafria (cinco anos). Vale e Azevedovai continuar na prisão da Carregueira - Portugal - DN





Actualização: Vale e Azevedo impedido para cargos de administração no Reino ...**O antigo presidente do Benfica, extraditado de Inglaterra, está preso na Carregueira desde quinta-feira. Esta é a única certeza. A partir daqui, as contas são complicadas As contas de Vale e Azevedo na prisão  ..........Vale e Azevedo reage à decisão de extradição em direto na RTP .......Juiz britânico manda extraditar Vale e Azevedo -*Vale e Azevedo aponta dedo a juiz

Nenhum comentário: