expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 10 de março de 2009

PRIMAVERA 2009 - A CELEBRAÇÃO NOS TEMPLOS DO SOL - MACIÇO DOS TAMBORES - CHÃS- FOZ CÔA

CELEBRAÇÃO DO EQUINÓCIO DA
PRIMAVERA,
DIA 20 DE MARÇO, AOS NASCER DO SOL
DAS 07.00.ÀS 7.30.

NA ALDEIA DE CHÃS, FOZ CÔA, JUNTO AO TEMPO SACRIFICIAL DA PEDRA DA CABELEIRA, LUGAR DOS TAMBORES



O Equinócio Da Primavera vai ser assinalado, no próximo dia 20, entre as 07.00 e a 07.30 da manhã, frente ao portal de um antigo santuário rupestre, em Chãs, conhecido por Pedra da Cabeleira de Nossa Senhora. O convite é dirigido não só á população da aldeia, do concelho e da região, mas também a estudiosos, investigadores, aos adoradores do sol e de todos aqueles que se interessem em aprofundar o passado histórico e místico desta região, em celebrar os ciclos da natureza, as tradições e os seus cultos ancestrais.

O enorme penedo, orientado no sentido nascente-poente, possui uma gruta em forma de semi-arco, com cerca da 4,5 metros de comprimento e sensivelmente a mesma altura, é iluminada no centro, no momento em que o Sol nasce. Situa-se num dos pontos destacados de um planalto rochoso. Um impressionante afloramento granítico, conhecido por Tambores, com abundantes vestígios pré-históricos, entre os quais avulta o Castro do Curral da Pedra .A curta distância de dois dos principais núcleos de gravuras paleolíticas do Parque Arqueológico: a Ribeira dos Piscos e Quinta da Barca.

É um local mágico, pleno de história e de misticismo, dos poucos lugares da terra onde a beleza e o esplendor solar se podem repetir à mesma hora e com a mesma imagem contemplativa de há vários milénios pelos povos que habitaram a área. O que se espera venha a ocorrer, se as condições atmosféricas o permitirem, durante os vários minutos em que a cripta do enorme penedo é atravessado pelos raios solares da manhã



Estes megálitos, são conhecidos por alinhamentos sagrados, remontam ao período megalítico e existem em várias partes do mundo, mas sobretudo na Europa. Sendo o mais famoso o o “Stonehenge. Muitos destas gigantes estruturas estão em perfeito alinhamento com os corpos celestes, especialmente com os Equinócios e os Solstícios - Perpetuam memórias de verdadeiros calendários astronómicos, que antigas civilizações elegeram como especiais locais de culto – Vários estudiosos, que visitaram os templos megalíticos dos Tambores, em Chãs, conferem-lhes significado e importância e comparam-os a alguns dos mais curiosos monumentos que ainda subsistem. As televisões já deram a conhecer o lugar e algumas Agências Internacionais também já se lhe referiram e divulgaram as suas imagens.


Jorge Trabulo Marques – da Comissão Organizadora das Festas do Equinócio e do Solstício

Nenhum comentário: