expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

CELEBRAÇÃO EQUINÓCIO DO OUTONO 2011 -HOJE ÀS 08.00 HORAS - IMAGENS QUE VALEM POR MIL PALAVRAS MAS TAMBÉM HOUVE PALAVRAS POÉTICAS DE ELIEZER KAMEMEZKY

.




















NA MANHÃ DE UM DIA SERENO, CLARO E BRILHANTE - FOI ASSIM QUE SAUDAMOS O OUTONO E ELE NOS ENCHEU DE LUZ O CORAÇÃO E NOS ABENÇOOU - ERAM PRECISAMENTE O8.OO HORAS, QUANDO O SINO DA TORRE DA IGREJA, NA ALDEIA, BATIA AS OITO BADALADAS E O SOL SURGIA VIVO E RESPLANDECENTE ATRAVÉS DO Olho de Hórus - NUM RIGOR ANCESTRAL ABSOLUTAMENTE FANTÁSTICO E ASTRONÓMICO!


De facto, o dia 23 (entrada oficial do Outono) não podia ser mais luminoso e transparente -Com uma claridade que só o mês de Setembro pode proporcionar - A manterem-se assim os dias, as vindimas este ano vão produzir um vinho fino de inigualável néctar e qualidade.


Lá estivemos na Pedra da Cabeleira de Nossa Senhora. Poucos mas merecedores da luz e da alegria que o primeiro dia do Outono, nos ofertara. Num dia de trabalho, e para mais com muita gente a pensar nas vindimas - e também com outros eventos a marcar internacionalmente a agenda da nossa cidade - já sabíamos que podíamos correr o risco de ficarmos isolados. Mas isso não aconteceu. Houve quem viesse de Viseu para contemplar o nascer do sol através do emblemático portal. E, pelo que nos foi dado constatar, sentiram-se muito felizes no local e partiram de coração em festa. Só por esse facto valeu a pena - terminada a breve cerimónia - termo-los depois acompanhado num passeio à Pedra dos Poetas e ao Castro do Curral da Pedra.
.


Fez-se a simbólica homenagem ao poeta .Eliezer Kamenesky - António Lourenço leu alguns dos poemas de Alma Errante Obrigado Sr. António, por uma vez mais ter sacrificado os seus afazeres profissionais para colaborar e associar-se às nossas tradicionais saudações. Na véspera andou por lá a cortar silvas e a retirar algumas pedras do caminho. Um gesto de boa vontade que muito lhe agradecemos.


E um agradecimento, igualmente muito acalorado, aos nossos amigos de Viseu: ao simpático casal António Almeida e Helena Andrade, que madrugou cedinho para vir tomar parte na nossa celebração outonal. Que os Deuses da Terra e dos Céus, vos tragam as graças que ali fostes invocar que vos são inteiramente merecidas.


.E um agradecimento, igualmente muito acalorado, aos nossos amigos de Viseu: ao simpático casal António Almeida e Helena Andrade, que madrugou cedinho para vir tomar parte na nossa celebração outonal. Que os Deuses da Terra e dos Céus, vos tragam as graças que ali fostes invocar que vos são inteiramente merecidas.

.










































Nenhum comentário: