expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

GRÉCIA EXIGE REFERENDO? – FAZ BEM:UNIÃO EUROPEIA É FICÇÃO DOMINADA PELO CAPITALISMO LIBERAL –INGLESES QUEREM SAIR E NÃO TARDA TUDO EM FRANGALHOS


.



DAR A VOZ AO POVO - MUITO BEM: VENHA DAÍ O REFERENDO E A CORAGEM PARA O FAZER


GRANDES SALVADORES DA GRÉCIAANTIGA E DA GRÉCIA ACTUAL - BERÇO DA CIVILIZAÇÃO EUROPEIA! - Veja só no que eles pensam e no que mais os preocupa: não é nas pessoas mas nos cifrões da banca, pois claro. ..Barroso: 'O que for preciso' para defender o euro....Merkel: Estabilizar o euro é mais importante que salvar a Grécia

George Papandreou (se tiver coragem para isso, mas não vai ter) faz bem referendar a ajuda envenenada pela União Europeia - Era o que devia ter feito, José Sócrates.  - Portugal não foi ouvido nem achado - O acordo, com a Troika, embora assinado pelos dois maiores partidos, não lhes assistia o direito de hipotecar as vidas de milhões de cidadãos. Juntemo-nos a Espanha - à grande Ibéria onde nunca devíamos ter saído e formemos uma moeda comum-- Esta é a única solução para ambos os países, não perderem a sua identidade e se reafirmarem como nações soberanas, livres e independentes.

.


 
PRESSÕES FORTÍSSIMAS DOS DIGNATÁRIOS DA BANCA - QUEM AS PODERÁ DETER?!. Rejeição teria 'consequências impossíveis de prever'

UNIÃO EUROPEIA LIDERADA POR UMA REVOADA DE ABUTRES - O social-democrata.Durão Barroso é apenas um mero actor  nas mãos de um punhado de despudorados figurões


CONSEQUÊNCIAS IMPREVISÍVEIS PARA QUEM?!... Só se for para os grandes roedores que se preparam para se apoderarem das empresas públicas e que não querem perder o álibi do seu crime . lesa-património público

Já lá vai o tempo, que a Europa era solidária e se esfumou o verdadeiro espírito que presidiu à criação da União Europeia - Já tudo o vento levou! - Não é com líderes, como Silvio Berlusconi ; Nicolas Sarkozy; Angela Merkel ou David Cameron, que a Europa ultrapassará a grave crise económica que atinge a maioria dos países, que aderiram ao euro – Os ingleses, que têm estado de fora, querendo apenas usufruírem das vantagens e não alancar com os prejuízos e outros inconvenientes, já falam de um referendo e não tarda que se virem exclusivamente para o amigo americano, para onde, de resto, nunca deixaram de olhar - Não haja ilusões, a actual Europa, a seguir o que caminho que segue, do assalto aos bens públicos, em que o interesse privado se sobrepõe aos dos cidadãos, não interessa aos pequenos países e muito menos a Portugal - E, paradoxalmente, são estes que lhe estão servir de cobertura e fachada, mais deles governados pela extrema-direita, com especial enfoque para os países, vindos do bloco leste - que passaram de um extremo a outro - Para o capitalismo: - mas estando ainda piores que nos tempos do comunismo.

Nenhum comentário: