expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Caso Maddie – Tem razão Stephen Birch: o corpo de Madeleine McCann foi enterrado num jardim da Praia da Luz – Fiz a experimentação através da radiestesia - com um pêndulo sobre uma carta - estudo e visão que declarei ao Director do Jornal Região Sul, em Junho de 2007 - O rapto foi mal sucedido e a pobre menina degolada e enterrada dias depois na área.

Postagem reeditada neste site - transferida de Desoculto Noturno (arquivado), sob pseudónimo de Luís de Raziell


 







.(atualização) Informadores e informações não faltam – O que falta é a vida da pobre criança

“Os detectives que investigam o desaparecimento de Madeleine McCann, em 2007 no Algarve, receberam mais de 2400 chamadas e 'e-mails' após a emissão de um programa televisivo que reconstruia o caso e pedia informações, informou hoje a polícia britânica.” 2400 informações após emissão televisiva sobre "Maddie"

Tal como já referi na primeira postagem, sobre este caso a nova investigação a que se está a proceder, peca por tardia - O que começa torto, torto acaba. Quando podiam ter apanhado os criminosos  deixaram de os perseguir. Agora é tarde - Nem os restos mortais são reconhecíveis Depois de terem cá vindo uns quantos soldados, vieram agora uns quantos policias, boa ideia: os nossos jornais também estão necessitados de mais histórias e nós precisamos de desanuviar: é que as do Paulo Portas e do Coelho dos Passos, já incomodam, por demasiado estafadas


DÃO-SE ALVÍSSARAS A QUEM A ENCONTRAR - COM VIDA?!..


"So obsessed was the property developer, that he forked out more than R500 000 in 15 months to investigate Madeleine’s disappearance".I've found Maddie - Cape man -


Numa entrevista  dado ao Expresso, Stephen Birch, revelou  ter descoberto os restos mortais de Maddie, numa propriedade a escassos metros do aldeamento Ocean Club

Stephen baseia a sua teoria no que diz ter sido mais de 1 ano e 3 meses de investigação. A investigação ficou concluída nos últimos 15 dias, altura em que se deslocou ao Algarve para recolher o que considera ser a conclusão da sua pesquisa
.
Conheça o sul africano que diz terdescoberto restos mortais de Maddie

Madeleine McCann, nasceu em Leicester, Inglaterra, em 12 de Maio de 2003.   O seu desaparecimento ocorreu na noite de quinta-feira, 3 de Maio de 2007, poucos dias antes de completar quatro anos de idade, dum apartamento em Praia da Luz, Algarve, Portugal, onde tinha sido deixada sozinha com os seus dois irmãos gémeos de dois anos. Já lá vão cinco anos e o caso permanece um mistério – Todavia, não está encerrado. Viva, não acredito que possa vir a ser encontrada. As ossadas, essas sim, é minha convicção que hão-de vir à luz da Praia da Luz.

Nem sempre as obsessões são a melhor conselheira - Mas é das paixões que se fazem os bebés.Se fazem as maiores descobertas ou cometem as maiores atrocidades.

Stephen Birch, que  investiga, por conta própria, o  caso de Madeleine McCann, que desapareceu na Praia da Luz, em Portugal, em 2007, admite que  o corpo da menina estaria enterrado na casa de Robert Murat e enviou imagens à Scotland Yard Empresário sul-africano dizque corpo da menina Madeleine está enterradona casa de Robert Murat  ..

 Birch, que contou com colaboração de mais dois sul-africanos,  disse-se obcecado pelo caso ao gastar milhares de dólares para usar o georadar e garante que a investigação na casa de Murat, onde ele entrou por duas vezes, não foi feita corretamente. Mas devia ser mais cauteloso: arrisca-se a que os restos mortais  sejam transladados.Pois ele não é nenhuma autoridade judicial

 Também o inspector Gonçalo Amaral alimentou a obsessão de que "Madeleine morreu acidentalmente e que os pais esconderam corpo" - Claro que se fosse noutro país onde a justiça funcionasse, ou provava a acusação ou ia de cana. Tendo chegado ao ponto de acusar a polícia inglesa de estar a favorecer o casal Mc Cann

O MÉTODO DO GEORADOR NÃO É INÉDITO - EXISTEM INSTRUMENTOS DE ALTA TECNÓLOGA CAPAZES DE DETECTAREM E QUANTIFICAREM AS IRRADIAÇÕES PROVENIENTES DE MATÉRIA ORGÂNICA, MINERAL OU LÍQUIDA; GRUTAS, CONSTRUÇÕES E CORPOS SUBTERRADOS, VEJA-SE O QUE SE SUCEDE AO FIM DO DIA EM MUITAS PRAIAS, COM OS APANHA TESOUROS.

 "Graças a uma sofisticada tecnologia e a um georadar foi possível encontrar a passagem secreta sob o Templo da Serpente Emplumada em Teotihuacán, no México"

Finalmente, alguém ousa fazer aquilo que as polícias deviam ter feito há muito tempo. E encarado como prioritário. O processo de Stephen Birch não é inédito.  E já foi testado por outros investigadores. O instrumento utilizado pelo empresário sul-africano, mais não é de uma forma aperfeiçoada de corporizar um conhecimento ancestral.  Dá-se-lhe pelo menos mais crédito, porque é um instrumento. Só que está ainda longe de substituir as faculdades extraordinárias  do mago radiestesista.  

 OS RADIESTESISTAS (CONHECIDOS POR VEDORES OU VIDENTES), PODEM FAZER ESSE TRABALHO AINDA COM MAIS FIABILIDADE  - OS SEUS CONHECIMENTOS É QUE FORAM ADAPTADOS AOS INSTRUMENTOS CIENTÍFICOS DA ACTUALIDADE

Os radiestesistas aplicam a sua sensibilidade - através de pêndulos, varetas e forquilhas, entre outros instrumentos - para captar nascentes de água e outras energias da terra, podendo mesmo detectar  doenças no corpo humano -; os videntes (baseados na mesma sensibilidade, servem-se da sua intuição - numa espécie de linguagem subtil e vibratória dos sentidos. E nem sempre precisam de estar nos lugares. Fazendo passar um pêndulo por um mapa, associado um estado de elevada concentração mental ou espiritual, poderão dar-lhes as indicações que procuram. Claro que, o facto de um vedor, poder detectar uma nascente de água, tal não signfica que seja capaz de detectar outras coisas. Nem todos os músicos tocam os mesmos instrumentos ou o mesmo tipo de música.

Há dois anos, um conhecido radiestesista australiano, deslocou-se expressamente a Portugal para estudar determinados monumentos pré-históricos (a que me refiro noutro site) e foi-lhe fácil descobrir (através da sua forquilha) que, em ambos os megálitos, convergiam vários veios de água - ou seja, eram centros energéticos. A radiestesia é uma ciência, muito antiga, que se explica através de manuais mas só possível de ser exercida por algumas sensibilidades.  É um dom que nasce com a pessoa. tal como o dom da voz ou da arte. Sacerdotes druídas e cientistas da antiguidade, seguiam essas práticas

 TESTEI AS MINHAS FACULDADES COM ALDO MORO E MADDIE

Sou um dos  adeptos da radiestesia. Apercebi-me dessa faculdade, em Santo Tirso, nos meus tempos de estudante na Escola Agrícola. Um dos meus professores era vedor e, numa aula prática no campo,  sugeriu para que os alunos experimentassem a varinha. Eu fui um dos poucos em que a mesma vergou.  Foi através dessa faculdade,  que eu  passei a experimentá-la para outros fins: o primeiro teste que fiz, foi com o rapto de Aldo Moro. A que me refiro mais adiante. Testei as minhas faculdades fazendo passar um pêndulo sobre um mapa da cidade de Roma. E creio que não me enganei.  Opresidente do Partido Democrata Cristão, Aldo Moro, sequestrado na manhã de 16 de Março de 1978, foi encontrado morto com 11 tiros no porta-malas de um carro em Roma, 55 dias depois. Fiz o teste numa carta da Praia da Luz e conclui  que, Maddie, havia sido morta e que o seu cadáver se encontrava enterrado naquela área. Dessa minha experiência (que eu classifiquei de mística) dei conhecimento ao Director do Jornal Região Sul


(..) Ás vezes vejo o seu corpo a ser levado para um local afastado e ermo; mas também (e com mais nitidez, vendo-a a ser enterrada num dos jardins de uma vivenda.

Diz-se  que, a PJ, já procedeu no terreno  a esse tipo de  busca, procurando o eventual corpo da desventurada criança, mas (tal como toda a investigação) não creio que esse trabalho tenha sido bem conduzido - Já me debrucei sobre essa questão em anterior postagem. E também ainda não estou seguro, se, o empresário sul-africano, é  bem sucedido. Mas acho que já foi um bom passo.  À falta de radiestesistas, que se disponham a fazer aquele trabalho, é uma boa solução.  Porém,  de uma coisa, hoje estou certo: se não for de uma maneira será de outra; mais tarde ou mais cedo, os restos mortais vão ser descobertos nas imediações do apartamento donde criminosamente a raptaram. E não tão corrumpidos quanto isso.   Que me perdoem os pais se estou a desvanecer  as suas esperanças, mas, de uma forma ou de outra, hão-de vir à superfície. Assim está escrito, em futuras parangonas de jornais - E que os seus carrascos não pensem sequer mudá-los de lugar, pois serão ainda mais excomungados.  Não é porque o angélico espírito de Meddie, proclame vingança, mas porque os seus guias espirituais (malsões)  que os conduziram naquele dia a tão infamante acto, os haverão de trair e virar-se contra eles.



















ABORDAGEM NESTE SITE – CASO MADELEINE MACCANN - Poderá haver arquivos que não respondam por terems sido arquivados

6 de julho de 2012 - Caso Medie – Tem razão Stephen Birch: o corpo de Madeleine McCann foi enterrado num jardim da Praia da Luz http://www.desoculto.com/2012/07/caso-maddie-tem-razao-stephen-birch-o.html
4 de maio de 2012 - Madeleine McCann - Scotland Yard vai rever (só agora?)telefonemas de videntes – Meus alertas caíram em saco roto. http://www.desoculto.com/2012/05/scotland-yard-vai-rever-so.html
13 de Março de 2012  -CASO MADELEINE MACCANN(REABERTO)E RUI PEDRO(FECHADO)A INCOMPETÊNCIA DAS INSTITUIÇÕES JUDICIAIS, MAIS SUBORDINADAS AO CARTÃO POLÍTICO DE QUE AO MÉRITO http://www.desoculto.com/2012/03/caso-madeleine-maccannreabertoe-rui.html
13 de Novembro de 2008 - Madeleine McCann - NUMA VISÃO VIDENTE E EXTRA-SENSORIAL- QUEM A RAPTOU E MATOU, NÃO VIVIA LONGE -Madeleine McCann - VISION IN A VISIONARY AND EXTRA-SENSORY http://www.desoculto.com/2008/11/o-caso-da-vidente-marleine-na-visao-de.html


Naquela altura, dirigi várias mensagens, a jornais ingleses e portugueses - Houve apenas um jornal que se mostrou interessado e com o qual troquei vários e-mails. E a que me referi numa das postagens iniciais deste site ..
Conforme anteriormente referi, que fique bem claro que os meus relatos  do foro extra-sensorial não são acusações mas simples perceções - Qualquer semelhança com alguma investigação levada a cabo, é mera casualidade.

Obviamente que não foram os país que mataram e enterraram a sua filha.. Não partilho dessa tese . E também de que a criança possa estar viva – É minha convicção que foi morta e enterrada, não muito longe do apartamento donde foi raptada . Mas também não posso apontar quem o fez – Que autoridade tenho eu para o fazer?!... Para levar com um processo em cima?!... Costuma dizer-se que o criminoso volta sempre ao local do crime. E creio que até voltou  - voltaram, disfarçados de generosos e muito ativos colaboradores. Só que a inépcia policial - então mais apostada (obsessivamente) em criminalizar  os pais, deixou escapar a presa e não canalizou todo  o arsenal e energias onde devia. Quem dirigia as investigações, nem para agente tinha vocação, quanto mais para inspector - É das tais promoções que trepam, não pela via do mérito, mas pela subserviência política - Infelizmente, é o que mais há.

Transmiti  a minha visão ao Director do Jornal Região Sul, em vários e-mails. E espero que (a divulgar, alguma vez,  alguns dos meus e-mails, se é que ainda os possui) omita os pormenores que possam conduzir à associação, seja de quem for.  Pois apenas tive a percepção de um homem e de uma mulher. E fiz a triangulação dos sítios onde seu corpo poderia ser encontrado.

ABORDEI A QUESTÃO EM VÁRIAS POSTAGENS DESTE SITE -

 Eis alguns excertos: 

--- Mensagem encaminhada ----
De: luis de raziel raziel
Para: jornal@regiao-sul.pt
Enviadas: Terça-feira, 29 de Maio de 2007 13:13:53
Assunto: O CASO DA VIDENTE  MADELEINE NA VISÃO DE UM VIDENTE
Caro Senhor
José M. Moreno
Director do Jornal Região Sul

Depois de lhe ter respondido ao seu email, estou de novo a escrever-lhe pelo seguinte motivo: tomei conhecimento, através dos telejornais, que se encontram , por aí a  bater a zona, dois ex-militares ingleses, especializados em buscas de pessoas desaparecidas,  procurando localizar a pequena Madeleine, nos locais onde eles pensam que a Polícia Judiciária não terá ido -  e, porventura, também as centenas de pessoas que, por sua iniciativa, ou sob a orientação da polícia ou de outros entidades, palmilharam e terão passado, uma vasta área a pente fino, mas infrutiferamente. . Se é, como julgo, que procuram o cadáver, então até pode ser que  sejam bem sucedidos – mas, para isso, também é necessário que ousem ir onde lhes é menos facultado ou onde  existirão menos suspeitas.   Se a busca visa encontrá-la ainda com vida, então talvez o melhor seja não perderem o seu tempo. A menos que queiram, sob esse pretexto,   gozar por aí umas férias, graças á generosidade das boas almas. Mas acho bem que se comece por aí. E com o zelo e a tenacidade que documentaram as imagens

E termino, uma vez mais renovando os meus sinceros votos de que a Vontade de Deus vá ao encontro do imenso desejo de todos aqueles que querem que o mistério que envolve o desaparecimento da pequenina Madeleine, se desvaneça o mais rápido possível – para alegria e tranquilidade dos seus pais – ou mesmo  para que se acabe de vez, com a incerteza do  pesadelo que se abateu sobre as suas vidas.

Luis de Raziel
Vidente Vara de Deus








 

Caro Senhor : José Mateus Moreno
Devo dizer-lhe que nada tenho a ver com a informação que foi prestada por um  anónimo a um jornal inglês.
Eu dirigi-me a vários jornais desde o dia 12 de Maio - mas não mandei mapa algum. Foi-me pedido pelo vosso jornal, mas, como sabe,  não lhe enviei qualquer registo dessa natureza
Sim, eu estou convicto que o corpo foi degolado e enterrado - A primeira impressão que eu tive foi que o teriam enterrado num jardim e à beira de uma vivenda, tal como disse numa das minhas mensagens; mas também já cheguei a ter a percepção que foi num lugar ermo. Mas quem está a enviar a mensagem (penso que não o faz por mera distracção) ainda não abriu totalmente o jogo - para já, eu começo a pensar que é uma primeira manobra de diversão - Mas o caminho é esse; não é outro: o de que a pobre criança foi morta. 

 
 De: jorgevale@
    Para: "news" news@sky.com
      Cc:
    Data: Fri, 18 May 2007 03:17:00 -0300
 Assunto: En:O Rapto de Ma deleine  McCan na visão de um Vidente
----------------------------------------------------------
 
Visão de um vidente no rapto de Madeleine McCan
Caro Senhor
José M. Moreno
Director do Jornal Região Sul.

Eu tive uma visão e julgo que não devo estar enganado. As únicas pessoas que poderão responder pela rapto é (.....) Só ambos poderão dizer onde se  encontra a criança. Sou médium e vidente - esta é a minha visão. Acho que é  um desperdício de tempo investigar o Russo. Ele não tem nada a ver com o  caso. Concentrem-se nos elementos que dispõem e não percam tempo com mais ninguém. Eu poderia apontar-vos aqui vários exemplos das minhas vidências,  mas não é essa a minha intenção. Acho que não vale a pena procurar outros rastos.

(..)Eu poderia apontar-vos aqui vários exemplos das minhas vidências, mas não é essa a minha intenção. Acho que não vale a pena procurar outros rastos. Vejo apenas duas pessoas envolvidas no rapto: uma mulher e um homem A mulher bate à porta e a menina vai abri-la. Ao entrar diz-lhe que a vai levar à mãe. Pega na criança e passa-lhe um anestesiante e depois mete-a num saco de mão e parte. Lá fora, está um carro onde é colocada e transportada para uma vivenda situada fora da área. Chegados à vivenda(alugada previamente), é posta numa cave. Não para ser utilizada para fins sexuais mas para a adoptarem, dadas as semelhanças com (...). Durante os primeiros dias foi alimentada e cuidada pela (...). Mas as coisas complicaram-se e, neste momento é muito difícil que ainda esteja viva - aliás, eu bem desejaria que estivesse viva, mas a imagem que eu agora tenho, soa-me a trágico! Depois de estrangulada e morta, vejo o seu corpo a ser levado para um local ermo, e aí enterrado. Ainda não me dei ao trabalho de sondar um mapa da área( aliás, também o não tenho) pois com um pêndulo talvez pudesse localizar o sítio. Aquando do sequestro pelas Brigadas Vermelhas,de Aldo Moro, Presidente da Democracia Cristã, em Itália, fiz essa experiência e cheguei à conclusão que não me tinha enganado. Mas estava muito longe para dar o meu contributo e lhe poder valer. Acabou morto. Mas, em relação, à pobre Madeleine, acho que as autoridades, não vão precisar da minha ajuda.. Infelizmente... Caso tivessem seguido os movimentos (..) poderiam lá ter ido. Pois, um dos seus percursos diários conduziria, inevitavelmente, ao esconderijo para onde a criança foi raptada. Por isso, a fazer fé na minha visão, a grande culpada moral do crime creio que é a (..). não se conformou de ter ficado sem a (...) - a menina dos seus olhos. Viu aquele casal com três filhos e uma menina muito parecida e vai de aliciar (..) a fazerem o rapto - Imaginando que, como era parecida, que passaria facilmente despercebida no seu convívio. Porém, tudo se complicou. nunca lhes passou pela cabeça que a situação pudesse tomar tamanhas proporções (...) Só que agora faltam as provas materiais do crime.

(..) Ás vezes vejo o seu corpo a ser levado para um local afastado e ermo; mas também (e com mais nitidez, vendo-a a ser enterrada num dos jardins de uma vivenda.
Médium e Vidente
Vara de Deus
 
----- Mensagem encaminhada ----
De: luis de raziel raziel Para: director@regiao-sul.pt
Enviadas: Quinta-feira, 14 de Junho de 2007 2:14:07
Assunto: Enc: segundo a minha visão - sim- Madeleine - foi degolada e enterrada - A última informação é a mais credível.
-Caro Senhor
José M. Moreno
Director do Jornal Região Sul.

Afinal o médium que vos disse ter visto a menina viva, fê-lo no sentido da  pura ficção. Eu disse-lhe que essa visão era meramente especulativa.Não merecia confiança. Como se lembrará a minha visão apontava para a morte da criança - E é esta, de facto, a mais credível.O vosso médium , se fosse um médio a sério, e tivesse faculdades tais, enquadradas dentro dos princípios iniciáticos e da verdadeira ciência do ocultismo, fazia-o sob pseudónimo, não revelava o seu nome e nem fazia tal afirmação.Pois já então (aliás desde os terceiro dia) o seu corpo não fazia parte do mundo dos vivos. Um verdadeiro vidente não pode dizer ter visto a presença de alguém( a menos que veja o seu fantasma) quando esse alguém já partiu. (excerto)


Caro Senhor
José M. Moreno
Director do Jornal Região Sul.


Já regressei da minha aldeia. Desta vez não me foi possível fazer as minhas peregrinações nocturnas. Ando ocupado com umas iniciativas culturais e tinha que tratar desses assuntos durante o dia. Por isso não me pude concentrar no angélico espírito de Madeleine, cujo corpo foi devolvido à terra e cuja alma eu acredito que se encontre nos céus.   Antes de ter ido, concentrei-me num mapa que extraí do Google e fixei algumas triangulações, tal como lhe disse na minha mensagem de 28 de Maio passado. Entretanto voltei a fazer mais algumas dessas minhas experiências, que convergiram para os mesmos pontos e para outros pontos. Mas não lhe garanto que sejam nesses espaços físicos que o seu corpo possa ser encontrado.  E a razão é esta: é que, estando ela morta, já se me torna muito difícil captar ou percepcionar a vibração da sua presença. Agora só  poderei entrar em contacto com o seu espírito etéreo, privilégio que espero que Deus me conceda, de modo a que lhe possa fazer também algumas perguntas.


Assim sendo,  as imagens das triangulações que fiz, ainda não lhas mando - Não tendo eu a certeza que possam corresponder à área onde foi enterrada, não quero induzir as autoridades  para perseguirem hipotéticas pistas e contribuir para  as dispersar nas suas investigações. Já bastam as centenas de falsas pistas que terão recebido..  Contudo,  por outro lado, tendo a convicção que se não for num ponto contido nos espaços dessas triangulações, não deverá ser muito afastado. Por isso,, quando o cadáver for encontrado,  eu não deixarei de analisar o que vier a público e fazer mais um teste às minhas faculdades mediúnicas. Para mim este é o aspecto mais relevante. Verei então como se comportam,  nestas circunstâncias de um corpo já sem vida, as minhas percepções extra-sensoriais. Este poderá ser para mim o dado mais relevante. Pois, como compreenderá, o ser humano é possuidor de faculdades incomensuráveis; só que, mais das vezes, além de não as saber aproveitar, anda demasiado desatento e anda neste mundo como uma vela no mar sem leme e sem rumo.

Soube pelas notícias da televisão que alguém teria informado um jornal de que o corpo da Madeleine se encontra enterrado a Norte da Aldeia da Luz. .Acho que é de encarar a sério essa informação. Penso que deverá ser, até agora, a mais credível.

 Os autores do crime estão convencidos que esta seria a única forma de os deixarem em paz. Mas do que eles não se terão lembrado, certamente, é que, a partir de agora, poderá haver mais elementos de prova que joguem contra eles e os possam condenar.. Algumas das minhas triangulações apontam nesse sentido –a  Noroeste (e em zonas quase desabitadas) mas tenho também umas delas que me aponta para  uma área  90% desabitada a leste da aldeia da luz e outra( que foi aliás a primeira) totalmente no interior da própria aldeia. Mas peço-lhe que não tome estas minhas percepções muito a sério Pois, até hoje, ainda não testei as minhas faculdades com a localização de cadáveres. Se estivesse viva,  teria mais possibilidades de percepcionar as vibrações da sua presença física e até de poder ter uma visão clara do local. Agora só me resta esperar que as minhas faculdades mediúnicas entrem em  acção.










  




Caro Senhor José M. Moreno


Agradeço a sua amável resposta.
Não consegui, no entanto, extrair dos ficheiros os mapas que me enviou. A informática não é a minha especialidade. Utilizo o endereço da mensagem que lhe enviei há pouco tempo. Ainda não estou bem calhado com ele. E, em vez de as extrair, apaguei as imagens sem querer. Mas também já me ocorreu que isso não iria constituir problema. Consultei o Google Earth e pude obter toda a informação que necessitava. .E foi o que fiz, imprimindo dois mapas da área. A seguir estendi um deles sobre um mesa, concentrei-me e assinalei três pontos, com os quais fiz uma triangulação. E, por último, um quarto ponto, sobre o interior da mesma superfície. Eu nunca estive aí, não conheço o aglomerado da Praia da Luz nem a sua área envolvente. Fiquei com a impressão que a pobre Madeleine esteve alojada nessa área, nos primeiros dias, quando foi raptada. Eu até lhe poderia mandar o mapa assinalando a dita triangulação, que scaneei mas, por outro lado, acho que não o devo fazer. E para quê?... Penso que é tarde demais

MENSAGENS ENVIADOS A OUTRAS PESSOAS


----- Mensagem encaminhada ----
De: luis de raziel raziel Para: (...) @netcabo.pt
Enviadas: Quinta-feira, 14 de Junho de 2007 4:16:56
Assunto: ler através do pensamento vibracional e intuitivo

Caro Amigo:
Vou-lhe confiar uns mapas. Não têm importância significativa e nem são suficientemente credíveis.  Servirão apenas  para aferir  testes mediúnicos. Retire este email da sua caixa do correio e arquive-o numa pasta. Por meu lado também farei o mesmo tal como os emails que anteriormente lhe enviei. Não se trata de qualquer  hipotética cumplicidade, mas faz parte de um certo ritual cabalístico.
Obrigado
Luis de Raziel.



De: luis de raziel raziel
Para:  (...)@netcabo.pt
Enviadas: Quinta-feira, 14 de Junho de 2007 10:51:34
Assunto: Enc: a resposta do jornal região sul
Olá Amigo:
Peço-vos que esta mensagem não seja reenviada para mais ninguém.
Devo dizer-lhe que nada tenho a ver com a informação que foi prestada por um  anónimo a um jornal inglês.
Eu dirigi-me a vários jornais desde o dia 12 de Maio - mas não mandei mapa nenhum. Foi-me pedido pelo jornal Região Sul mas não lhe enviei nada. O amigo foi a única pessoa a quem confiei as minhas sondagens  - baseados nas minhas suposições mediúnicas; mas, conforme sublinhei, não passam senão disso mesmo.
Sim, eu estou convicto que o corpo foi degolado e enterrado.
(...) Só agora descobri as mensagens que o jornal Região do Sul me tinha mandado; pensei que as tivesse apagado. Dão melhores possibilidades que recorrendo ao Google. Ei-de fazer as minhas experiências nelas . Para já estou um bocado cansado, pois ainda não me deitei e já são quase onze horas da manhã - Muito embora eu precise deste cansaço para ficar ainda mais lúcido  nas minhas visões e qualidades  paranormais..
Luis de Raziel










 Nota - Não se autoriza a transcrição parcial ou total do conteúdo desta postagem, bem como das anteriores sobre o mesmo assunto. Tal como não é do interesse do autor deste post prestar qualquer tipo de declaração. Que cada um siga o caminho que Deus lhe traçou. Eu sigo o meu.


OUTRAS ABORDAGENS  NESTE SITE – SOBRE O CASO MADELEINE MACCANN - Algumas em arquivo

4 de maio de 2012 - Madeleine McCann - Scotland Yard vai rever (só agora?)telefonemas de videntes – Meus alertas caíram em saco roto. http://www.desoculto.com/2012/05/scotland-yard-vai-rever-so.html
13 de Março de 2012  -CASO MADELEINE MACCANN(REABERTO)E RUI PEDRO(FECHADO)A INCOMPETÊNCIA DAS INSTITUIÇÕES JUDICIAIS, MAIS SUBORDINADAS AO CARTÃO POLÍTICO DE QUE AO MÉRITO http://www.desoculto.com/2012/03/caso-madeleine-maccannreabertoe-rui.html

13 de Novembro de 2008 - Madeleine McCann - NUMA VISÃO VIDENTE E EXTRA-SENSORIAL- QUEM A RAPTOU E MATOU, NÃO VIVIA LONGE -Madeleine McCann - VISION IN A VISIONARY AND EXTRA-SENSORY http://www.desoculto.com/2008/11/o-caso-da-vidente-marleine-na-visao-de.html

 Continuam alimentar o folhetim(actualizada em 06-02-2013) A Scotland Yard pediu às autoridades neozelandesas amostras do ADN de uma menina muito parecida com Madeleine McCann avistada na véspera da passagem de ano na cidade turística de Queenstown, na Nova Zelândia....Scotland Yard vai analisar ADN de menina neozelandesa parecida com Maddie  .. Polícia analisa ADN de menina parecida com Maddie -  


Polícias ingleses chegaram ao Algarve para as escavações; Polícia britânica continua diligências no caso Maddie; 2400 informações após emissão televisiva sobre "Maddi


Nenhum comentário: