expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Nova lei do arrendamento urbano: vai afetar um milhão de famílias: senhorios vão ser simpáticos para quem tiver pensões miseráveis. A lei permite-lhes fazer o que nem Salazar fez.

 PARA DINAMIZAR A SUA CAIXA  DE CORREIO

 "A presente lei aprova medidas destinadas a dinamizar o mercado de arrendamento urbano (...)Criando um procedimento especial de despejo do local arrendado que permita a célere recolocação daquele no mercado de arrendamento"

Facilitam os aumentos das rendas e os despejos, os lares estão abarrotar e a preços pela hora da morte - Quem é que pode arranjar um teto e ficar tranquilo com o futuro?...- Vão ver como vai aumentar o número de suicídios e os  sem-abrigo a dormir no vão das escadas ou soleiras das portas - Recrudescerão os casos de tuberculose:  hospitais sem camas para  enfermos -  se é que entretanto não forem todos privatizados. 

Afinal, que tipo de sociedade é que os governos liberais desejam construir?!... Mesmo os mais abastados, poderão eles sentirem-se felizes, quando à sua volta campear a fome e a miséria?!.. E o que pensa a conservadora igreja católica, sempre de braço dado com os ricos e poderosos?... Continua apregoar a esmolinha hipócrita caridosa  e a promover os que, politicamente, dela desejam tirar proveito ou é verdadeiramente fraterna e solidária com as reais aspirações do grosso do seu rebanho?!... A Europa e o mundo continuam  sob o domínio  do vil metal. Por isso,  é inevitável, é  urgente que a agulha da bússola do tempo - mais cedo ou mais tarde - indique aos governantes outro rumo e seja forçada a mudar de direcção.

(Imagens Web)
Salazar volta que estás perdoado: chamar a estes governantes Salazaristas é uma ofensa ao homem de Santa Comba Dão

 Quem tiver pensões de miséria - e são milhões - e depender de casa arrendada  vai ter que  aprender a viver como o caracol, arranjar umas tábuas e fazer uma cabanita como a do cão - A nova lei do arrendamento entrou em vigor e não espere que a mesma lhe vá facilitar a vida - Quem vai lucrar são os senhorios, cuja lei dá-lhes toda a margem do mundo para procederem a aumentos à vontade ou despejar conforme lhes apetecer - Os novos tempos não vão no sentido da generosidade ou solidariedade mas de um egoísmo e individualismo, sem precedentes - Ainda para mais se fossemos bem governados. O mau é que, quem nos governa, tem ordenados de luxo, são filhos da alta burguesia  e dispõe de outras fontes de rendimentos. Não está para matar a cabeça nos desgraçados e  deserdados da sorte - Mas não apenas estes: é que a nova lei vai mesmo penalizar quem não tiver casa própria: quem for inquilino, vai ver-se grego. Como se já não bastasse o fantasma dos impostos e do desemprego, aí temos talvez a maior ameaça ou o maior terror das nossas vidas - Ordenando mínimo menos 500 euros  - Já pedem por um quarto 250 a 300 eruos: quem é que pode sonhar em arrendar uma casa?

MENTIROSOS - Banco de Portugal diz que "Entre Janeiro e Setembro, o salário médio mensal (incluindo os subsídios de férias distribuídos pelos nove meses) medido por estas transferências foi de 1.014 euros, um valor 4,5% inferior ao do mesmo período do ano passado" - A esmagadora maioria do povo português não tem salários acima do ordenado mínimo nacional.

IMPOSSÍVEL O SONHO COM LEIS TÃO INJUSTAS




Se tiver dúvidas, leia com atenção os articulados da nova lei do arrendamento - Mesmo assim, não se fie muito nisso: é porque, quem aplica as leis são os juízes, as leis são injustas, porque privilegiam o interesse do mais forte, e, de um modo geral, o prato da balança inclina-se sempre para o lados dos privilegiados .

Deixemo-lhes aqui alguns excertos do que dizem as noticias - mas nunca fiando:   "proprietários com contratos anteriores a 1990 vão poder actualizar o valor das rendas a partir de Novembro. O Presidente da República promulgou ontem a nova lei do arrendamento que vai permitir subir o valor de mais de 255 mil rendas. As novas regras entrarão em vigor 90 dias após a publicação da lei em Diário da República, pelo que Novembro deverá ser o primeiro mês de aplicação."

"O aumento das rendas irá, assim, afetar cerca de um milhão de famílias. O «Diário Económico» faz notar que as rendas antigas deverão subir, na prática, a partir de março de 2013, se o senhorio enviar uma carta ao inquilino nesse sentido já em novembro e caso o segundo apresente uma contra-proposta dentro do prazo legal aceite pelo proprietário."

 UMA QUESTÃO DE FÉ

"O grande problema desta nova lei é que prevê um período transitório de cinco anos que protege os idosos, deficientes e carenciados, ou seja, a maior parte dos inquilinos que beneficiam de rendas congeladas. Passando estes cinco anos, ninguém sabe o que vai acontecer a estes inquilinos quando forem obrigados a pagar pelo arrendamento o valor de mercado, ou quando forem despejados das suas habitações. Nova lei do arrendamento passa a ser uma questão de fé


 MINISTRA FAZ SOAR A VOZ DA Nova lei das rendas NAS PRINCIPAIS RÁDIOS E TELEVISÕES - TAL COMO A DOS PROPRIETÁRIOS - ENQUANTO A DOS QUE VÃO SER ATINGIDOS, ESSAS VOZES SÃO  SIMPLESMENTE IGNORADAS 


Lei n.º 30/2012 - Diário da República Electrónico

Nenhum comentário: