expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Obama reeleito: Bush não votou obama mas chineses (piores que Bush) apoiaram-no: china de olho à espreita para expandir comércio: Chineses apoiaram Obama para lhes estenderem a casca da banana



Não é pelo facto de Obama ter sido reeleito que os americanos vão abandonar a mesma política de agressão e de expansionismo. 

Chineses apoiaram Obama para lhes estenderem a casca da banana: o ideário chinêsé o comércio: foi no passado e continuará a sê-lo no futuro. Chinês só vê jogo e cifrões. Uma cultura milenar forjada na sobrevivência. O actual regime, por enquanto, embora não descurando o seu poderoso arsenal, entendeu interessar-se mais pelo comércio das armas de que usá-las. Vende armas para todo o mundo e tem pressionado os dirigentes europeus para, a troco de uma ajuda envenenada, lhes facilitarem o comércio das armas China quer vender armas em troca da compra da dívida 

 Isto, porque, chinês, nunca dá nada - Só arrecada: os países africanos, nomeadamente Angola, estão completamente sob a pata da china - Portugal vai pelo mesmo caminho - Um dia, que queiramos, vermo-nos livres deles, não temos a mínima hipótese: como já tomaram conta da EDP, basta que nos cortem a electricidade para nos esmagarem. Além de que, se for preciso, não faltarão, com esquadras estacionadas no Tejo. Eles vão ser os senhores do Mundo: as outras raças vão desaparecer.Tal como já referi em  EDP VENDIDA AOS CHINESES – COM LOGOTIPO A PENSAR



OPORTUNISTAS E CALCULISTAS  - NÃO SE ESQUECERAM DE APOIAR O CANDIDATO MAIS BEM COLOCADO.  – Naturalmente que  não foi pelos seus linos olhos – Tal como também apoiaram Cavaco Silva. A Liga dos Chineses em Portugal (LCP) anunciou hoje o apoio à recandidatura de Aníbal Cavaco Silva à Presidência da República nas eleições de Janeiro, justificando a decisão com a necessidade de aproximar os chineses naturalizados aos assuntos políticos. http://sol.sapo.pt/artigo/7941/chineses-em-portugal-apoiam-cavaco-silva


FIZERAM O MESMO QUE NA CAMPANHA DE BILL CLINTON À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, EM 1997 – Através do qual lograram a entrada da China na Organização mundial do Comércio como membro de pleno direito. EUA: Portugal na rota dos milhões ganhos por Bill Clinton

Paula Almeida, no seu livro Textos da Fogueira, refere que "quando estive nos Estados Unidos, em 1997, o grande escândalo político era que os grandes empresários chineses tinham sido os maiores financiadores da campanha da reeleição de Bill Clinton à presidência da República, com a promessa deste contribuir para a entrada na China na OMC. Parece que agora, poucos meses antes das eleições, ele já estava a cumprir o que prometeu.

Cidadãos da China e do Japão apoiam maioritariamente o Presidente Barack Obama para um segundo mandato, indica uma sondagem da AFP-Ipsos, que estima que as declarações de Mitt Romney sobre as potências asiáticas podem ter prejudicado a sua imagem.
A sondagem online conduzida em Setembro e Outubro pela Ipsos Hong Kong apurou que 86% dos japoneses inquiridos apoiam o candidato democrata norte-americano Barack Obama, contra um apoio de apenas 12,3% ao adversário republicano Mitt Romney."China: família do primeiro-ministro fica milionária durante o seu mandato"

Imagem de SUPEKUTORUMAN DX: Agosto 2009


O jornal New York Times desferiu um poderoso golpe na elite chinesa ao publicar uma reportagem de investigação mostrando como a família do primeiro-ministro Wen Jiabao, um dos principais dirigentes “comunistas”, enriqueceu espetacularmente durante o seu mandato.
Segundo esse influente e reacionário jornal, a mãe de Wen Jiabao, uma ex-professora do norte da China, cujo nome é Yang Zhiyun, de 90 anos, tornou-se milionária, sem que ninguém consiga explicar como uma viúva nessa idade pôde ter investimentos em seu nome avaliados há cinco anos em 120 milhões de dólares.china: família do primeiro-ministro fica milionária.

Busch não votou Obama nem votaria, obviamente - Mas, pior de que o voto de Busch é o voto enganoso dos chinocas.Bush, afinal, não votou Obama

Obama ganhou e o mundo não ficou indiferente - Resta saber se vai mudar alguma coisa: América é dominada pelo grande capital - E, contra a sua poderosa força, o combate é extremamente desigual.
Barack Obama desiludiu mas a alternativa não era melhor - Será que vai fazer melhor do que fez? - Assim o desejamos. Mas a sua acção deixou muito a desejar: pois  perpetuou a guerra do Afeganistão e, depois de ter recebido o Prémio Nobel da Paz, tinha a obrigação de não persistir com o mesmo espírito beligerante de Bush e ainda agravou mais a situação, pelo que não agradou aos verdadeiros pacifistas que desejavam e desejam a paz, desfraldou as suas esperanças Obama ganhou e o mundo não ficou indiferente

 Milhões gastos nesta campanha é o que não faltaram aos falcões
"A campanha mais cara da história dos Estados Unidos viu cerca de US$ 6.000 biliões de dólares serem gastos pelos candidatos em uma disputa para conquistar uma fatia fina de um eleitorado indeciso e que pode fazer a diferença nas urnas

Em coletiva à imprensa realizada,  (11), na província de Shandong, Mo Yan, escritor chinês ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2012, disse que foi agraciado pela formação literária das suas obras. 

PRÉMIO NOBEL DOMINADO PELA POLÍTICA DO DÓLAR E DO  YUAN CHINÊS - QUE MÉRITO TEM UM IGNORADO ESCRITOR CHINÊS, SENÃO O DA CHINA FAZER PARTE DOS MESMOS LOBOS ESFOMEADOS QUE ARRASTAM O PLANETA PARA O MAIOR DESASTRE ECONÓMICO DE TODOS OS TEMPOS -

Em coletiva à imprensa realizada,  (11), na província de Shandong, Mo Yan, escritor chinês ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 2012, disse que foi agraciado pela formação literária das suas obras Mo Yan atribui Prêmio Nobel de Literatura à formação literária das
PARA ONDE VAI O ABOMINÁVEL MUNDO NOVO DO GRANDE CAPITAL

 - O prémio Nobel da Paz 2012  foi atribuído à União Europeia (UE) pelo seu contributo para a paz e a reconciliação, a democracia e os direitos humanos, anunciou hoje o Comité Nobel.


EUROPA NÃO É O MELHOR EXEMPLO MUNDIAL

"Em 60 dias de "Proteção unificada", os aviões da NATO efetuaram, segundo dados oficiais, mais de 9.000 missões na Líbia, entre as quais 3.500 ataques com bombas e mísseis. A maior parte é levada a cabo pelas forças aéreas dos EUA, Grã-Bretanha, França, Itália e Canadá. Aviões italianos (Tornado, Eurofighter 2000, F-16 e outros) efetuaram, segundo uma estimativa, cerca de 900 missões. Com eles participam igualmente Suécia, Espanha, Holanda, Bélgica, Noruega, Dinamarca, Emirados Árabes Unidos, Jordânia, Qatar e Turquia." Nobel da Paz: ativistas russas estranham escolha da UE***Turquia envia caças F-16 para fronteira com a Síria*




Nenhum comentário: