expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

"O nosso futuro” com os chineses de alta cilindrada - Mas não faz mal que as cidades da china estejam irrespiráveis, o chinês do pé descalço viva de uma malga de arroz ou os bazares orientais encerrem as nossas fábricas


O NOSSO FUTURO - Por Luis Pereira de Sousa - Jornalista - lei mais à frente um excelente artigo - Para Ler e Refectir.





Referem  notícias  que os "níveis  de poluição na China são 40 vezes superiores (sites chineses falam de 300 vezes, mas essa notícia não é veiculada pelas agências chinesas e internacionais) ao limite considerado admissível pela Organização Mundial de Saúde. Problema provoca corrida aos hospitais em Pequim. 

CAPITALISMO CHINÊS  NÃO OLHA A MEIOS PARA ENGORDAR OS BOLSOS DOS SEUS MILIONÁRIOS DIRIGENTES


 



O Capitalismo chinês devasta a população chinesa, obrigando-a a um regime de escravatura, devasta o seu meio-ambiente, poluindo cidades e rios e alastra  por todo o mundo, encerrando fábricas, provocando desemprego e desigualdades sociais.Luis Pereira de Sousa - Do seu blogue Pedelek - sobordunadinado título "O nosso Futro", que acrescentámos, com os chineses de alta cilindrada

INDÚSTRIA E COMÉRCIO NO COLOSSO BRASIL TAMBÉM SE RESSENTE DO GIGANTE CHINÊS

"China avança em novos setores e destrói empregos"

Empresas brasileiras que fabricam produtos manufaturados mais simples e padronizados enfrentam grandes dificuldades com a concorrência chinesa. (...) Para reagir,  muitos passaram a importar o que antes fabricavam ou compravam de outras empresas no país, um movimento que provoca demissões.  Excerto ,China avança em novos setores e destrói emprego

Poluição causada pelas atividades de mineração mata vilarejos na China

23/07/2012 Na Mongólia Interior, a cidade chinesa de Baotou apresenta um escoadouro de 10 quilômetros quadrados, onde indústrias de alta tecnologia despejam águas carregadas de produtos químicos usados no tratamento de minerais,..Poluição por atividades de mineração destrói vilarejos na China


 CHINESES ACAUTELAM-SE DOS VINHOS EUROPEUS - ERA O QUE A EUROPA DEVIA FAZER COM A INVASÃO DAS SUAS LOJAS
 “As exportações de vinho da União Europeia para a China aumentaram drasticamente nos últimos anos, atingindo os 169 milhões de litros em 2011, comparados com 15,9 milhões de litros em 2008”, diz a Associação de Bebidas Alcoólicas da China na sua página na internet. ....Chineses denunciam a concorrência desleal dos vinhos europeus
 O QUE EXPORTAMOS PARA A CHINA É UMA GOTA DE ÁGUA COMPARADO COM OS MILHARES DE LOJAS INSTALADAS DE NORTE A SUL DE PORTUGAL - E COM AS FÁBRICAS QUE ENCERRAM DEVIDO A UMA CONCORRÊNCIA DESLEAL


O NOSSO FUTURO - Por Luis Pereira de Sousa - Jornalista

Ao chegar esta manhã a casa,  na Aldeia de Juso – Cascais, depois  da bica e do jornal matinais, apercebi – me de um desusado movimento no condomínio, meu vizinho. Espreitei. Três viaturas da mais alta  gama, conduzidas por 3 portugueses transportavam dezena e meia de chineses. Dois dos veículos com vidros fumados e aspecto intrigante. Porquê, pensei, se os chineses são todos iguais?
Tal como chegaram, pouco depois partiam com um espavento e sobranceria principescas em estilo de invasores apressados.
Vinham à cata dos Vistos Gold.
Pouco depois encontrava um vizinho com quem comentei o estranho espetáculo. Fiquei boquiaberto quando ele próprio me revelou que já havia recebido a entrada para a sua saída de casa; vendera também ele a sua vivenda a um discreto casal chinês que regressará dentro de 3 semanas.
Abraçamos – nos consternados. Despedimos – nos. Entrei em casa, pensei na muralha da China e no Mao. Soltei os cães e tranquei as portas.


Os portugueses vivem empurrados, sem plena consciência, os dias mais importantes na construção do seu futuro problemático.
Vivem enterrados no lodo provocado por uma governação anti - democrática e não representativa dos desejos e aspirações da população, mas apenas de uma minoria abastada e dos desígnios traçados pelos europeus prósperos. Vive condicionada por uma ideia deformada dos objectivos de uma Europa para todos.
Agora de mãos e alma atadas, o Zé observa expectante o desenrolar do ato arrojado dos gregos ao chamarem a si a condução dos seus direitos e deveres.
O que parecia impossível ganha forma.
Daqui a semanas já nos aperceberemos se a Europa é realmente solidária e de todos os países europeus, ou de apenas dos tradicionalmente mais ricos, evoluídos e aptos a dominarem, agora não pelas armas, mas pelas convenientes leis que impõem.
O que daqui vier será o que teremos ou pretenderemos ter para o resto das nossas vidas.
A coragem dos gregos deve ser refletida e respeitada.
E não posso de aqui e neste momento reconhecer a atávica cobardia dos portugueses incapazes de bater o pé quando lhe comem as papas na cabeça, lhes removem o cérebro e lhes tiram as couves do quintal.  -  In O NOSSO FUTURO

Não dei de ler Pedeleke - onde encontrá excelentes artigos



Nenhum comentário: