expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Presidente Cavaco Silva defende que o país não pode perder oportunidades - Num discurso entre paredes, evitando o contato com o Povo quer que o aproveitamento dos fundos comunitários não seja a "falperra" dos melhores tempos do cavaquismo



Evitando o contacto direto com o povo, de volta e meia, lá temos o Presidente da República, nas suas encenações, a botar discurso e a fazer figura - Mas, a final, quem é que pode tomar a sério as palavras de Cavaco Silva, se ele próprio,  enquanto foi primeiro-ministro, e mesmo agora  no papel do mais alto chefe da nação, só nos tem dado exemplos de grande desilusão - 

Claro, salvo seja: os afortunados dos costume para onde os milhões de fundos comunitários, já tem destinatários garantidos. E o mau é que, agora, nem são publicitados, ficando tudo nos segredos dos gabinetes. Assim mandam as normas cautelosas da União Europeia, dominada, esmagadoramente, pelo conservadorismo liberal, com o fito de proteger a privacidade de quem os mete ao bolso.

 "A FALPERRA" CAVAQUISTA ACABOU?

"Na altura colocavam-se esses problemas, era um crime novo... - Aqui usaram o célebre artigo relativo ao desvio de subsídios, foi uma verdadeira falperra! Em Águeda, por exemplo, houve industriais que construíram piscinas, compraram automóveis e para as fábricas não houve nada!" As afirmações são de José Marques Vidal

Numa entrevista ao CM, em 15.11.2009, o antigo Diretor da Polícia Judiciária, no período de Cavaco Silva, referindo-se à criminalidade económica do Fundo Social Europeu,  disse que “o primeiro processo que saiu bem instruído da polícia foi o desvio de 600 mil contos do Amorim, cuja prova foi enviada em 1990 para o Ministério Público (MP) e que prescreveu! Esteve no MP quatro anos, depois passou para a juíza de instrução, onde esteve mais dois anos. A juíza adoeceu e foi substituída mais uns anos, depois houve recurso e ele prescreveu."“O sistema da Justiça está roto por todo o lado” -

 E hoje é a mesma coisa – Mas quem é que prende os ladrões de colarinho branco? - Se eles os donos e senhores da banca - Amorim e Isabel dos Santos, nova dona do BPN.....Tribunal absolve Oliveira e Costa e Dias Loureiro
.
OLHA PRÓ QUE EU DIGO MAS NÃO PRÓ QUE EU FAÇO

As melhores oportunidades têm destinatário assegurado Consórcio de Luís Montez compra Pavilhão Atlântico por 21,2 - “O Presidente da República defende que o país não pode perder oportunidades. Dá o exemplo dos fundos comunitários para dizer que um aproveitamento eficaz pode levar o país a dar o salto em frente. Em Anadia, no final de uma visita ao centro de alto rendimento, Cavaco Silva apelou aos portugueses para que se inspirem no esforço dos atletas Cavaco Silva diz que o país não pode perder oportunidades.


Nenhum comentário: