expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Hoje é o dia Internacional da Montanha - O Bruno Carvalho repousa nas neves eternas - Em memória de um heroi caído depois de ter erguido os braços na segunda montanha mais alta da Terra



Além de recordarmos a memória do alpinista português Bruno Carvalho, abandonado à sua sorte, falamos-lhe do maravilhoso exemplo de coragem e de companheirismo prestado a um invisual que ousou escalar a maior montanha da Terra – E a um amputado das duas pernas - Os pormenores mais adiante. 





Parte deste texto foi publicado em Junho de 2010 -  Para não ferir suscetibilidades, optou-se por colocar em arquivo outras postagens, editadas na mesma altura, acerca morte do malogrado alpinista Bruno Carvalho Mas talvez um dia sejam reeditadas em abono da verdade histórica - Mesmo assim, sendo também, além de antigo alpinista, jornalista, aproveita-se esta importante efeméride para dar aqui também algumas pinceladas.

 

Jorge Carvalho - o pai que dificilmente se conformará com a perda do seu amado filho - E, naturalmente, a restante família

 

 

 

 

 ATÉ SEMPRE...

PARA MEU QUERIDO IRMÃO BRUNO CARVALHO

Para além de ti tudo continua no seu lugar
Mas qualquer coisa te fez ficar a guardar montanhas
Na solidão do vento, que ouves soprar, cada vez mais brando,
Tudo está branco e branco permanece com a tua presença.

Eu, que habito hoje o país da sombras,
Por ti e contigo partilho o ar rarefeito no peito
E o frio que te guarda o sono e te aprisiona.

Tudo continua no seu lugar, mas persiste o absurdo da tua ausência.

João Frazão Couvaneiro










.“O CUME AQUI TÃO PERTO,
NÃO POSSO VOLTAR!”

Ó voz heróica da alva vereda do inútil vazio!
Na verdade, tu já não podias voltar para trás,
porque, a vontade de venceres, falava mais alto,
em ti, que todos os imensos perigos
que traiçoeiramente te espreitavam!

Inabalável no teu querer,
levado pela tua fé e determinação,
ante o renovado prazer e a calma que, porventura, em crescendo,
se instalavam, como sentimentos irresistíveis, dentro de ti,
embora consciente dos muitos perigos que te espreitavam,
no firme desejo de ires mais além,
não estavas disposto “a dar meia volta!”
Querias prosseguir! - Olhos postos
no esplendor do enorme rochedo gelado,
alheio aos abismos que se alongavam
pelas íngremes vertentes brancas que escorriam,
vertiginosas, ameaçadoras, escorregadias,
como paredes de ofuscante vidro a teus pés,
confiante na tua experiência e técnica que se haviam apurado,
noutras vitórias conquistadas, a pulso e a palmo,
perante o teu rosto extasiado!

Oh! mas que estranha aventura é essa!
Que sagrado ou ímpio altar é esse!
que pede a quem o venera,
a quem, tão arrojado, a ele se eleva,
tão brutais sacrifícios?!
– E tu, ó Bruno! (não duvido),
tendo plena consciência desse alto risco,
nem por isso vacilaste! Não hesitaste!
Escarpando o agudo e magnifico cume!
Acedendo à morada dos deuses,
templo de claridade e de grandeza!

Indiferente à hora e ao instante! – Embora sabendo,
de antemão, o preço que poderias pagar
por uns escassos instantes de glória,
não lhe voltaste a cara! – Enfrentaste-o,
mesmo até aos píncaros da sua mais altiva imponência,
até ao ponto onde poderia ser mais fatal a sua beleza!
Nada te conseguiu demover!
Nem as imprevisíveis e trágicas avalanchas de neve,
nem as inesperadas fúrias de vento, não houve temor
ou fantasma que te fizessem desistir!
A tua paixão e o teu amor pela montanha
era maior de que todas as ameaças,
visíveis ou veladas! A vontade de chegares e venceres
era demasiado forte para poder ser contrariada!

Alheio a tudo, lá ias subindo!
Imperturbável, lá ias subindo!!...
Seguro de ti, rendido à vasta e branca amplidão!
Olhar fixo no teu objectivo!
Num esforço, quiçá, desumano, mas sem desfalecimento,
sem desânimo! Transpondo saliências, trepando
e vencendo os mais incríveis obstáculos!
- Sozinho e silencioso, mas determinado,
com os teus pesados sacos às costas,
escalando a rocha, palmo a palmo.

Pena foi que o preço fosse tão elevado!
Porém, já que o teu destino assim o quis,
ao menos permita Deus que o teu corpo,
seja devolvido ao solo sagrado dos teus!

Jorge Trabulo Marques
Excerto do Poema publicado no Pinhel Falcão
Em Nov. de 2006 - Dedicado ao malogrado alpinista Bruno Carvalho

Do autor deste blogue..ODISSEIAS NOS MARES DO GOLFO DA GUINÉ .....A LONGA JORNADA DE SOBREVIVÊNCIA -....

PELA MORTE DE UM COMPANHEIRO CAÍDO

Que mulher beijará teus lábios e teus olhos.
Que homem se ligará à tua corda.
Que martelo será usado por ti.
Se apenas resta pó e pranto.
Quem poderá ainda abraçar-te,
Agora que a dor cortou as veias enchendo os olhos de sangue.
Quem poderá acordar-te,
Se os sinos não tocam e o dia está maravilhoso.
Quem sacudirá esse lençol de terra que te pesa sobre os olhos.
Quem desatará o nó que te aperta a cintura.
Quem calçará os teus sapatos e se meterá no teu saco de dormir,
Ou imitará o ruído do vento para acariciar os cabelos.
Deixai de gritar. Deixai de fazer silêncio. Porque agora ele anda no ar,
Nas corolas das flores, nas abelhas e no mel.
Descerá, branco, pelas rumorosas torrentes, nadará nos mares infinitos,
Estará no azul do céu, no verde dos campos e em todos os poentes.
Há de girar nos ponteiros dos relógios.
Será árvore que mal plantada desmesuradamente logo cresce.
Havemos de encontrá-los nos ninhos, nos baloiços das crianças.
Havemos de o beber com a água, de respirar com ar.
Sairá das neves com as primeiras flores.
Ouvi-lo-emos em todos os violinos do mundo
Havemos de vê-lo nos quadros, no arco-íris,
Senti-lo-emos no uivar do vento, no silêncio absoluto
Voará sobre as cristas dos montes, sobre as ondas dos lagos.
Estreitará com seus braços de terra esse pequeno mundo
E terá vencido a morte perdendo a vida,
Como um menino perde o caderno ao correr para escola.

Cesare Maestri - 1948

 JOÃO GARCIA COM UM CURRÍCULO DE PESO - IGUALADO AOS MAIORES NOMES DA HUMANIDADE - ATÉ ONDE VAI A VAIDADE

Grandes Viajantes e Exploradores.....

"SONHO E MORTE DE BRUNO CARVALHO" - EDITORIAL DA REVISTA CAMPISMO E MONTANHISMO

"Sonho e Morte de Bruno".

"Há dias, por razões institucionais, recebi na Federação o pai do Bruno.
Pouco tempo depois da morte do Bruno estive para desmentir inverdades que o chefe da expedição do alto do seu pedestal atirou para a imprensa, mas contive-me pois poderia estar a suscitar questões que a morte, nas circunstâncias trágicas como foi a do Bruno, sou obrigado a dizer o que penso, já que as pessoas que deveriam de elucidar o circunstancialismo fatídico da morte do Bruno não o fizeram até hoje. Por imperativo moral, quero neste editorial prestar por parte da Federação que presido uma singela homenagem ao Montanheiro que morreu cumprindo um sonho.

Bruno.

O teu corpo repousa na montanha, para a paz daqueles que te amam.
(...) Paz à tua alma (excerto)

Jorge Carvalho - Pai de Bruno Carvalho
Texto  reeditado  - O alpinista Bruno Carvalho foi homenageado pela segunda vez (em junho de 2010  Miguel Torga ,Assis Pacheco e o alpinista Bruno Carvalho ...na presença de seu pai, Jorge Carvalho, no Maciço dos Tambores - Morreu ao descer do chamando "Trono dos Deuses" - Abandonado pelo líder da expedição que não respeitou as suas justas aspirações e optou por não acompanhar a sua progressão ou ao menos tê-lo ao alcance da vista: fez a sua escalada e esteve-se nas tintas para o companheiro que seguia um pouco mais atrasado. Peço-lhes desculpa se estou a ser injusto mas este é o meu sentimento e não  vou ocultá-lo. Contudo, desde já me pontifico a publicar (neste site) qualquer comentário ou esclarecimento que queiram acrescentar - seja quem for.E vou imediatamente ao que gostaria de aproveitar para dizer ao principal responsável da fatídica expedição: - Na verdade, João Garcia, fala de um lamentável erro - mas o maior erro (julgo eu) foi e continua a ser o seu extremado individualismo!



João Canto e Castro - Na Pedra dos Poetas
Lamenta a perda de um amigo" mas, ao mesmo tempo, descalça a bota, dizendo que "não é a primeira vez que um alpinista morre e o alpinismo continua" - Mas que grande novidade! ."A tragédia aconteceu por uma sucessão de erros que cometemos e não adianta ficar procurando respostas agora” - Sim, Garcia, nestas coisas, não costuma perder muito tempo e passa logo a outra. Segundo ele, só duas coisas mudaram em sua vida depois do acidente: “A vontade de escalar continuou. O que mudou foi que fiquei famoso em Portugal e ganhei um aspecto mais feioso”, O que não disse é que, a partir daí, a parada bancária também aumentou!

 Quando se confunde o contacto com uma natureza selvagem mas bela, elevada à brancura imaculada das nuvens e do azul puro dos céus, bem como o espírito de superação com as adversidades do meio ambiente, a uma prova de contra-relógio, recordes com fins meramente egoístas e comerciais, relegando e desprezando sentimentos de solidariedade, algo há de perverso na prática desportiva daquele que já foi considerado o mais arrojado, épico e nobre desafio nas mais altas e inóspitas montanhas da Terra.

Pelo que se vê, na mente de João Garcia o que prevalece é a competição: - é mostrar que ele é o maior dentre os maiores a escalar montanhas ! - Afirma que a escalada "é um desporto colectivo até ao último acampamento, é individual daí até ao cume. Nessa altura, cada um está por si" - Claro que, cada um tem que caminhar com as suas pernas, carregar a mochila, pegar na sua picareta e agarrar-se com os seus braços e fazer valer a sua técnica, resistência e habilidade!

Pois é: - mas o alpinismo não é nenhuma prova de contra-relógio, para se saber quem é o primeiro a cortar a meta É certo que a nível individual também já se vai praticando esse despique. Mas, seja como for, nada deverá substituir-se aos fraternos laços de companheirismo e de solidariedade humana.

Bruno Carvalho, com os seus 31 anos, era considerado o mais expansivo e optimista da expedição. Além dos Himalaias, já havia pisado os cumes das ilhas Britânicas e dos Andes" . O herói da montanha acreditava que ele e os seus companheiros conseguiam "ir e voltar sãos e salvos, que todos os cinco cheguemos ao cume…” Infelizmente enganou-se: - foi abandonado e a sorte não esteve ao seu lado.Shisha Pangma - SIC Online.





 O MAIS BELO EXEMPLO DE CORAGEM E DE SOLIDARIEDADE - NUMA CONQUISTA À MAIS ALTA MONTANHA DA TERRA - PARAM QUANDO TÊM QUE PARAR... HOUVE TEMPO PARA TUDO - E ATÉ PARA LEVAR O INCRÍVEL E DESTEMIDO CEGO Erik Weihenmayer AH - AH! E DEPOIS CHEGAM AO CUME UNS ATRÁS DOS OUTROS E HÁ AINDA AQUELE ABRAÇO DO TAMANHO DO MUNDO!

 UM CEGO LOGROU ATINGIR O CUME DO EVERESTE







 Em 25 de maio de 2001, Erik Weihenmayer se tornou a única pessoa cega a atingir o cume do Monte Everest. Em 2008 ele subiu Pirâmide Carstensz, na ilha de Papua Nova Guiné, completando os Sete Cumes, o ponto mais alto em todos os continentes. Essa conquista fechou o circuito em uma viagem de 13 anos que tinha começado com a sua subida de 1,995 Mt. McKinley. Ele é acompanhado por uma empresa seleto de apenas 150 alpinistas ter realizado a façanha.Erik Weihenmayer |

A ESSÊNCIA DO VERDADEIRO ALPINISMO NÃO É A COMPETIÇÃO MAS O PRAZER E O DESFRUTE DA MONTANHA

"Nesses momentos experimenta-se a verdadeira essência humana. Quando o objetivo é alcançado a recompensa é uma incrível sensação de bem estar, impossível de ser descrita por palavras. A necessidade que temos por aventuras leva milhares ao redor do mundo a praticar montanhismo, de pessoas simples a reis. Ao contrário do que muitos pensam, o montanhismo é uma atividade nobre, enriquecedora, e que proporciona o surgimento de grandes amizades e o auto-conhecimento. Graças a necessidade de aventura e curiosidade exploratória, o ser humano evoluiu, e mais que nunca, o homem urbano precisa ter algum tipo de ligação com suas origens naturais, além de desafios, e isso corre em nossas veias, em algumas pessoas com mais intensidade"..Montanhar - Montanhismo.

O desporto alpino é admirável e continuará a ser uma das modalidades de alto risco - João Garcia merece consideração e respeito por esse facto - Mas deve compreender que, o homem, mesmo desafiando corajosamente as suas quase inacessíveis alturas, é menos que um cristal de neve efémero perante a sua grandeza. Mas que tem em si a centelha da vida, que é talvez de todos o maior milagre da Natureza.

O respeito pela vida humana - do companheiro ou do peregrino que segue pelo mesmo trilho - deve estar acima do espírito de conquista e de todas as ambições de mero egoísmo e de vaidade.Aliás, felizmente, muitas destas imagens o documentam. Vão em fila, cada um com o seu ritmo mas não longe dos olhos uns dos outros e como que irmanados por um sentimento comum e caminheiro de minúsculas formigas
que não despegam da margem do precipício e do seu vertiginoso carreiro.Figuras Emblemáticas do Montanhismo: Reinhold Messner ...The Quest for all 14 8000 Meter Peaks Summits: 8000 meter peaks


NEGÓCIO LUCRATIVO PARA OS QUE BUSCAM PROMOÇÃO E OS QUE SE SERVEM DELES

"Vindo aos milhares do mundo inteiro, principalmente dos países desenvolvidos, esses homens e mulheres enfrentam a grande altitude, com um custo alto, tanto financeiro como físico, num punhado de picos – sempre os mesmos – a começar com o Everest. (...) “O aumento acelerado, desde a década de 1980, do culto do desempenho e de um individualismo exacerbado nos submete a um tipo de imposição social, uma pressão à autor-realização. As pessoas buscam tornar-se heróis ordinários nas expedições".Everest, um negócio lucrativo - Le Monde ....... Dilema Ético na Montanha
.
" A atitude na escalada do Everest está novamente detestável”, disse Hillary ao diário “New Zealand Herald”. “Minha expedição nunca haveria deixado um homem morrer sob uma rocha. Isso nunca ocorreria, seria uma catástrofe de nosso ponto de vista...Encerra-se o circo trágico do Everest - AltaMontanha.c

A BANALIZAÇÃO E DESSACRALIZAÇÃO DO EVERESTE -Veja como funciona a escalada do Monte Everest

“Cinquenta anos atrás, vencer 8850 metros do Monte Evarest era um desafio para poucos. Desde que em 1953 o neozelandês Edmund Hillary e o nepalês Tensing Norgay chegaram pela primeira vez ao cume, "os recordistas passaram a ser alpinistas com dificuldades físicas". "Só no ano 2006, segundo estimativas da página web mounteverest.net, 500 pessoas subiram o cume do Everest, elevando o número de ascensões 3000. Agora já ascendem a 4000.

Em 1998, a equipe de uma instituição de protecção à natureza, "retirou 1,2 toneladas de dejectos" dos dois primeiros acampamentos do Everst. Para evitar tal poluição, o governo nepalês agora exige aos alpinistas ( além de uns largos milhares para a licença) um depósito de US$ 4 mil, que é reembolsado se eles trouxerem de volta a mesma quantidade de equipamento e suprimentos que levaram

JOÃO GARCIA , DEFENDE QUE, PARA CADA HERÓI, TEM QUE HAVER 500 SERVOS 

 Isso foi noutro tempo e por razões bem diferentes: agora, cada um na equipa quer também ser o protagonista do seu esforço e da sua vontade.
 
"Há 50 anos" - diz João Garcia - "havia uma hierarquia bem definida, uma pirâmide que tinha na base 500 pessoas a trabalhar, para que duas fossem ao cume. No nosso caso, éramos seis e os seis queríamos ir lá acima. Houve duas pessoas (Ana Silva e Hélder Santos) que tiveram o bom senso de concluir que não estavam em condições de ir ao cume e, por razões de saúde, nem sequer tentaram a ascensão. Os outros quatro foram ao cume e, na descida, houve um que caiu e morreu. Há 50 anos seria completamente esquecido." Jornal Record - 24 de Nov 2006
.

INDIVIDUALISMO ATÉ QUE PONTO...


O alpinista João Garcia contrata uma Sherpa para ajudar os companheiros na expedição ao Shisha Pangma, mas arranca com ele em toda a escalada, deixa-os para trás e despreza as suas dificuldades - Claro, sempre ia mais aliviado da carga - um dos quais viria a ser encontrado morto

A
notícia só seria, porém, dada no dia seguinte. Desconhecem-se os contornos do que verdadeiramente se passou. A única versão é a de Garcia e do Jornalista que o tem acompanhado. Mas suscita muitas interrogações .QUE GRANDE CAMARADA E LÍDER!! - COM O NURO SEMPRE DE FLANCO , NÃO ADMIRA: "Ali, amigo não empata amigo. Para se ter uma noção, no dia anterior, na chegada aos 7.000 metros, cheguei eu e o Nuro e montámos as tendas, que tínhamos acarretado. Uma hora depois chegou o Bruno, duas horas depois chegou o Hélder e três horas depois chegaram o Rui Rosado e a Ana. Isto é, eles estiveram a gerir energia, porque a seguir há o dia do cume" - - Agora imagine-se o que não teria acontecido lá para cima! 


 DEIXOU O COMPANHEIRO SEPULTADO NAS NEVES ETERNAS DOS LONGÍNQUOS HIMALAIAS E AINDA POR CIMA É INDECOROSO PARA COM A FAMÍLIA ENLUTADA 


PELA PERDA E PELA DOR
Texto ao lado - In Record

MAS ..
"vale" seis milhões de euros....E JÁ FOI AGRACIADO COM UMA DAS MAIS ALTAS DISTINÇÕES PORTUGUESAS.condecorados alpinista João Garcia e banqueiro...
osado e Garcia - proclamam a chegada ao cume

O MARAVILHOSO DE UM CEGO QUE ATINGE O CUME DO EVERESTE

 

VENCE-SE SEMPRE QUANDO A VONTADE É DECIDIDA" - Cesare Maestri


Alpinista português morre depois de alcançar o Trono dos Deuses

"Bruno Carvalho, com 31 anos, era um dos valores confirmados do alpinismo português.

Considerado pelos companheiros, o "mais expansivo e optimista da expedição". Ao partir do
acampamento base, evoca os seus desejos "três coisas: que a minha saúde se mantenha assim…Voltar lá para casa…e que o dia mais ou menos bom se mantenha (…) voltar a casa!… Partiu para a sua mais ambicionada aventura mas já não voltou a casa. Nem o seu corpo foi resgatado.

O DESPUDOR DE UM BANCO 
QUE SÓ ENXERGA CIFRÕES E ÊXITO - MAS ALGUMA VEZ SE PODERIA FALAR DE ÊXITO ONDE A IMACULADA NEVE FOI MANCHADA DE SANGUE E MORTE?!...- E LÁGRIMAS - POR AQUELES QUE TÊM CORAÇÃO!

Mas ao Millennium bcp - o suporte financeiro das vaidades de João Garcia, parece ter contado apenas esta noticia: "(...)a equipa da expedição do João Garcia chegou ao cume do Shisha Pangma, cumprindo com êxito mais uma etapa do programa "Á Conquista dos Picos do Mundo"Shisha Pangma - Millennium bcp.

JOÃO GARCIA SUSTENTA-SE NA DESCULPA EGOÍSTA DE QUE, NO CHAMADO ATAQUE AO CUME, NÃO SE PODE PARAR, QUE NÃO SE PODE ESPERAR PELO COMPANHEIRO, SOB PENA DE SE MORRER CONGELADO
- COM ESSE CEGO INDIVIDUALISMO, ENTÃO POUCOS, LÁ TERIAM CHEGADO - "Reduzir uma montanha e todas as suas belezas naturais a uma pista de corrida vai contra a liberdade de movimento que tantos alpinistas apreciam"

SIC Online - Blogs"Sujeitos a temperaturas de 30 graus negativos," - diz Garcia - "temos consciência de que os fatos não produzem calor, apenas o conservam. Se abrandarmos o ritmo ou pararmos, podemos congelar e morrer. Aqui, não se vive, sobrevive-se. Todos estávamos conscientes do que íamos fazer, somos maiores de 30 anos."

Que pusesse os olhos nesta expedição ao Shishapangma -
Project Himalaya | 2003 Shishapangma Summit photo galler " e em tantas outras! - Quase sob o cume, a 7950 m, em vez de prosseguirem, aguardaram pelos mais atrasados "tomámos um passo para trás no tempo" e contornaram as dificuldades por outro percurso: - "Sílvio (italiano) e Andrew tentou cruzar da esquerda para levar todos para o cume verdadeiro" (...) "A partir deste ponto usámos 170m de corda para chegar ao cume" tradução

O QUE NÃO DEVE É (EM MOMENTO ALGUM) TROCAR-SE UM CUME POR A VIDA DE UM COMPANHEIRO - Mas sim progredir-se com calma e segurança; nunca perder de vista um elemento de equipa e deixá-lo para trás desamparado.
 
NA PERSPECTIVA DO INDIVIDUALISTA JOÃO GARCIA, LÁ NAS ALTURAS, CADA UM TEM QUE OLHAR POR SI Ali, amigo não empata amigo



E andou Garcia a querer dar lições de moral ao colectivo nacional de Cristiano Ronaldo!..- O que o egoísmo exacerbado do alpinista João Garcia, não fez pelo Bruno Carvalho, fez a generosidade e a abnegação de um casal brasileiro, de alpinistas, para lhe salvarem a vida - Que desistiram da sua escalada ao Evarest para o socorrerem .Veja 23/06/99..

Longe vão os tempos heróicos das escaladas em busca da descoberta e por razões cientificas; o risco tornou-se, na actualidade, um bem consumível - e os bancos sabem porquê:Alpinista português João Garcia vale seis milhões de euros Mesmo assim ainda há os que desafiam o impossível : - Alpinista amputado alcança o topo do mundo. Nepalês o mais velho a escalar monte Everest até já os miúdos de 13 anos, por via da fama, se atrevem a ir ao Evarest - Alpinista de 13 anos subiu o Everest - João Garcia, receando talvez ser desconsiderado ou diminuído na sua vaidade, não gostou que o rapaz tivesse cometido tal ousadia e veio para os media a criticar a aventura. .

.Cerro Torre - UNICERJ - União de Caminhantes e Escaladores.





NÓS TEMOS QUE O DEIXAR" É VERDADE, LÁ O DEIXARAM PARA SEMPRE- - 24. 16" do vídeo Expedição Portuguesa ao Shisha Pangma .."Ali, amigo não empata amigo".. João Garcia ao Jornal Record 24 de Nov.2006 -

Rui Rosado - "Seis da manhã!.. A duas horas do cume Schichapangma!...Nascer do sol!... Não sei quantos graus negativos!...O Bruno vem ali em baixo e nós temos que o deixar!..." - Mas o Bruno não devia estar longe, pois, ouve-se, em fundo, outra voz que o incentiva: é João Garcia - a voz da hipocrisia ou do fingimento: - "Eh Brunooo!!!..

O que o Bruno não terá ouvido foi a voz da covardia - que o abandonou à subida e à descida - Corajoso e determinado, não desistiu e, solitariamente, alcançou o cume, pagando com a morte os escassos momentos de glória do seu ousado desafio. Completam-se no dia 31 de Outubro, quatro anos sobre a fatídica aventura.

DIZEM QUE FORAM ENCONTRAR O CORPO ÀS 16 DA TARDE, MAS SÓ COMUNICARAM A OCORRÊNCIA AO ACAMPAMENTO BASE NO DIA SEGUINTE ÀS 10 HORAS - DIZEM QUE FOI PORQUE NÃO HAVIA BATERIA NAS PILHAS

Houve pilhas para comunicarem e dizerem o que lhes apeteceu, enquanto tudo lhes corria de feição – Mas já não havia bateria quando era necessário comunicarem com o acampamento base, darem conhecimento imediatamente à família e, sobretudo, comunicarem  com as autoridades. Pois, se nessa tarde encontraram o corpo o bruno morto, quem diz que não seria possível resgatar o corpo de helicóptero?

OS ACIDENTES NA ALTA MONTANHA SÃO FREQUENTES E NINGUÉM ESTRANHARIA SE SE DISSESSE A VERDADE - MAS A COVARDIA E O EGOÍSMO DO PRINCIPAL RESPONSÁVEL PELA EXPEDIÇÃO - (QUE CONTRATOU UM SHERPA A PRETEXTO DE PODER APOIAR OS COMPANHEIROS, MAS QUE USOU, DO PRINCÍPIO AO FIM, EM PROVEITO PRÓPRIO) OPTOU PELA FARSA - ISSO É INCOMPREENSÍVEL, É ABSOLUTAMENTE CONDENÁVEL!

 ."Só pus a bandeira de Portugal por uma questão de educação

 Morte em Shishapangma

.(….)"Em uma jogada ousada a expedição liderada por João chegou à montanha tarde, fez uma tentativa no Shishapangma com pouco apoio e pouca reserva em caso de problemas. Bruno Carvalho, aparentemente, foi o último à cimeira e foi o último a descer, sozinho, enquanto os outros foram em frente ..... Infelizmente Bruno Carvalho está morto esta noite" .Excerto da tradução Google. de Death on Shishapangma


MAS QUE ADMIRAÇÃO JOÃO GARCIA NÃO SE PREOCUPAR COM O CORPO DO MALOGRADO COMPANHEIRO: SE ELE NÃO ARRISCA A VIDA PELOS VIVOS, QUANTO MAIS PELOS MORTOS !... "Mantenho a minha convicção: não se arrisca uma vida para trazer um corpo, que era o que estava aqui em causa. Nós podíamos congelar. Íamos ficar mutilados para satisfazer uma família? E não é bem uma família, porque eu falei com a mãe do Bruno e ela disse-me: “João, o Bruno está onde sempre quis estar”. A mulher dele diz o mesmo. O pai, que via o Bruno de ano a ano, é que está a fazer alarido e eu não vou discutir as reais motivações dele. A verdade é que nós não tínhamos capacidade"

NAS ESCALADAS DE JOÃO GARCIA - DOIS  COMPANHEIROS FICARAM PELO CAMINHO

"The news was being let out as to late summits on Shishapangma, but we got the news that the success might not be success again... A climber did not make it back. STOP PRESS, STOP PRESS..."Bruno Carvalho Died in the descent" was the message we got, time to hold the update..".

O segundo acidente que ocorre com João Garcia - O primeiro foi em  "Pascal died on the descent after summiting with Joao. While other climbers in the team turned back, Joao and Pascal keep going and reached the Summit of Everest. Pascal wanted to slow down and spend more time at up high on the way up, but Joao wanted to push on and set up high camp (which was not yet set up); they pushed on.... Joao set up camp 3 and Pascal arrived a couple of hours later at around 8pm. At midnight they left for the summit of Everest without oxygen!  - Death on Shishapangma

MUITAS DÚVIDAS POR ESCLARECER  - Diz o jornalista que acompanhou a expedição (corroborado por Garcia - autor da Mais Alta Solidão )que, Bruno Carvalho, morreu no dia 31 de Outubro "terça-feira à tarde na sequência de uma queda".Shisha Pangma - SIC Online - Blogs. Porém, a notícia só foi divulgada para o acampamento base a meio da manhã do dia 1 de Novembro, hora local - "A comunicação rádio, às 10 da manhã (1 Novembro) caiu que nem “uma bomba” diz o jornalista da SIC, Aurélio Faria -
Mas então porquê esse silêncio?!..Por que razão se dá a notícia, dando a expedição como bem sucedida e depois se pede para se corrigir a noticia: STOP PRESS, STOP PRESS" - Sim, é o que ressalta em Death on Shishapangma publicado no Evarest News - Certamente é porque existirá algo que terá sido ocultado e que não corresponderá ao que foi declarado aos órgãos de comunicação social portugueses. É pelos menos a impressão com que ficamos. Ou será que se optou por dar uma notícia sem primeiro ter-se a certeza de confirmada a informação recolhida?!...blog da expedição.

De facto, pairam lacunas e contradições graves, que suscitam muitas interrogações e que carecem de ser esclarecidas morte do Alpinista Bruno Carvalho e a falta de apoio dos companheiros
-. - Escalada de violência para João Garcia Alguns dos blogs onde o comportamento de João Garcia é questionado - Contamos voltar ao assunto - Entendemos que o abandono de Bruno carvalho, é um caso grave, que devia ser objectivo de investigação policial - Vamos aprofundar o assunto em próximas postagens.


O Bruno era o único que tinha levado máquina fotográfica analógica, de slides, e quando nós revelámos o último rolo, em Katmandu, estávamos magoados, é óbvio, mas também foi com alegria que verificámos que ele tinha ido ao cume. Ele tirou várias fotos, com os símbolos dos vários patrocinadores, estava com discernimento e, com certeza, muito feliz por ter atingido o cume dos seus sonhos"

Resgate de Bruno Carvalho

DIAS DEPOIS VÊM ENTÃO OS DETALHES -

12H-15- "Bruno atinge os 8012 metros já depois do horário de segurança, mas com margem de tempo suficiente para descer aos 6900 metros, ainda com luz do dia! - Visão - 9 de Nov

Diz o jornalista que acompanhou a expedição (corroborado por Garcia - autor da Mais Alta Solidão )que, Bruno Carvalho, morreu no dia 31 de Outubro "terça-feira à tarde na sequência de uma queda".Shisha Pangma - SIC Online - Blogs.

RESGATE DO CORPO DO BRUNO CARVALHO - FICOU  EM ÁGUAS DE BACALHAU - O BANCO SERVIU-SE DA IMAGEM DE BRUNO - E ATÉ NA MORTE MAS NÃO DESPENDEU MAIS UM CÊNTIMO - OS MORTOS NÃO TÊM CONTA ABERTA E SÓ SE FOREM SANTOS (NA PERSPECTIVA CATÓLICA)É QUE FAZEM MILAGRES

Bruno Carvalho partiu na flor da vida. O seu corpo não foi resgatado e repousará para sempre nas neves gélidas daquelas longínquas e inóspitas paragens. Argumenta-se de que é da tradição: a de que, quem faz este tipo de desafios, parece ir já mentalizado para se entregar de corpo e alma à montanha - Poderá haver quem não se importe - parta disposto a tudo, apenas pensando receber em troca a glória ou a bênção de escalar tão altas montanhas e em manifesto desprendimento para os cifrões bancários - Mas, também, não menos verdade é o facto de que, muitos dos corpos que ali jazem, não foram devolvidos às suas famílias, pelas dificuldades e gastos que a operação acarreta - Parece ter sido o caso do Bruno. Fez-se um grande alarido mas tudo não passou de espectáculo mediático e de servir os interesses do milenium bcp que acabou por não mexer uma palha.Alpinismo: Resgate de português em marcha.Alpinistas chineses vão tentar recuperar corpo de Bruno Carvalho.....Operação inédita para resgatar corpo de alpinista - AltaMontanha.com.....

Os mortos não contam para as campanhas publicitárias. E, os condecorados, na perceptiva geral, não costumam ser os que morrem, mas os que ostentam a sua fama à custa do infortúnio de outros.
..
As montanhas fazem parte do mesmo todo: da Obra da Natureza! - Esta não tem fronteiras e nem se alicerçam em milionários patrocínios da banca: - quem a glorifica abnegada e desinteressadamente , só poderá encontrar um único laço - O sentido da Harmonia, da grandeza e da Inteligência Universal. - Não sendo conspurcados os sublimes objectivos, vale a pena o arrojo, o desprendimento e todo o sacrifício para viver tão bela experiência - Não sou de todo alheio: tive a percepção na conquista ao Pico Cão Grande, em São Tomé - de que darei algumas notas e registos fotográficos na parte final deste post

"Espírito do ar, vem,
vem depressa.
O invocador te chama.

Vem, e purifica esta terra
Espírito do ar, vem
vem depressa.".
.
"Enquanto o sol se levantava, os povos de todas as raças juntaram-se,
os animais de todas as espécies juntaram-se,
juntaram-se como um povo.
Os insectos de todas as espécies juntaram-se.
Só uma coisa entre todas as coisas era maior que todas as coisas,
a inspiração dos espíritos,
a Grande Rocha Branca,
a rocha imóvel, erguida aos céus,
verdadeiramente em nuvens envolta."
 
BRUNO CARVALHO - A GRANDE LIÇÃO DE FORÇA DE VONTADE E DE HEROICIDADE!
.A morte do Alpinista Brun....o Carvalho e a falta de apoio dos .....24horas Newspaper : Cadáver de companheiro de João Garcia nunca .
Cesare Mastri - In "A minha Vida é Trepar" - "Muitos me perguntaram porque subo sozinho. Talvez possa responder, claramente, citando as palavras de Edgar Lee Masters extraídas da antologia de Spoon River:

Dar um sentido à vida pode levar à loucura
mas uma vida sem sentido é a tortura
da inquietação e do vão desejo,
é uma barca que anseia por mar mas o teme"


SÓ LÁ PODÍAMOS IR NOS TRÊS MESES DA GRAVANA - UMA CONQUISTA PALMO A PALMO E COM OS MEIOS MAIS ARTESANAIS - O pior eram as noites - as longas noites de 12 horas equatoriais - Quando, não podendo pernoitar no abrigo, ali ficávamos quase dependurados, sob uma escuridão saturada de névoas e de humidade. A ida e o regresso, por uma floresta cerrada e infestada de cobras venenosas - a terrível cobra preta. O Cão Grande, visto da estrada, aparece como que ali à frente dos nossos olhos - de resto, ele vê-se de todo o sul da Ilha - , mas ainda são algumas horas - com o machim sempre abrir caminho.


CLIKE E VEJA AS IMAGENS DESTE MAJESTOSO E IMPONENTE PICO, QUE SAI DO CORAÇÃO DO OBÓ - A FLORESTA VIRGEM E RASGA AS NUVENS E OS CÉUS....Great Dog - Pico Cão Grande....

Diz Eric Shinpton. no livro " A Conquista do Evarest": "Ouvia-se, com frequência, a afirmação de que, infelizmente, após a conquista do Evarest, não restaria qualquer ponto da superfície da terra que o homem não tivesse pisado. Nenhum explorador concordou jamais com tal afirmação; e, para um montanhista, ela constitui um disparate" (...) "Parte dos que foram vencidos pertencem ao grupo dos que menos dificuldades oferecem.Muitos, de tantos que restam, exigirão muito mais trabalho e perícia." (...) Há milhares de outros. A grande maioria não tem nome. Nem se lhe conhece a altitude.(...) Alguns deles são bem mais difíceis de qualquer dos gigantes."

A CONQUISTA DO CÃO GRANDE - 1970 - 1975 - NUNCA ANTES ESCALADO

Tal como tivemos oportunidade de referir, não somos totalmente inexperientes no alpinismo - A escalada- na companhia de um são-tomense - a um dos picos mais difíceis de África - nunca antes escalado - e da qual narramos alguns dos episódios numa anterior postagem - ALPINISMO VERTICAL -deu-nos a perceber o valor do companheirismo e do espírito de equipa - coisa que, Garcia, parece desprezar - Já deixou dois pelo caminho. E, no entanto, já houve quem desistisse para lhe salvar a vida - Nem mesmo assim lhe terá servido de exemplo e de emenda.



.A GRANDE MONTANHA BRANCA É BELA MAS NEM TODOS A PODEM CONTEMPLAR - MAS NÃO SE DEIXE IR EM MISTIFICAÇÕES E NÃO SE ESQUEÇA QUE A FORÇA DE VONTADE REMOVE TODOS OS OBSTÁCULOS E VENCE AS MAIORES MONTANHAS - E HOJE, TAMBÉM, HÁ MELHOR EQUIPAMENTO, MAIS INFORMAÇÃO E OUTROS MEIOS; JÁ NÃO EXISTEM AS DIFICULDADES DOS ÉPICOS TEMPOS... Alpinista sem pernas escala o Everest - ....Team sets out to clear bodies from Everest's death zone ....Idosos japoneses conquistam Everest e batem recorde -.Menino de 13 anos escala o Everest.....Brasileiro é o primeiro sul-americano a correr a Maratona do Everest......Expedição vai ao Everest para limpeza do cume.2001 Erik Weihenmayer tornou-se o primeiro alpinista cego a atingir o topo.....

NÃO SE ESQUEÇA DE SER SOLIDÁRIO - 

 Se for acompanhado e se vir o companheiro em dificuldade, não o o deixe definitivamente para trás ou o abandone, faça dele o seu corpo, a sua alma, o coração, encoraje-o e que não seja a derrota dele a justificar a sua glória: - Não seja mais um avolumar a tragédia e os maus exemplos.
- o circo trágico do Everest -.Everest, um negócio lucrativo .......A montanha, fonte inesgotável de atitudes estéticas e emocionais......Não há solidariedade no alto do Everest ... As más notícias são sempre empoladas, não faça caso. Se for solidário e tiver espírito de equipa, até um cego pode ir na sua companhia .Alpinista cego escala o Everest -

Ainda há muita solidariedade......Porque são os grandes momentos que fazem também os grandes homens - E que contribuem para engrandecer o espírito colectivo - Só, este ano, foram lá 500 !!!- ao mesmo ponto alcançado por
Hillary! - E, num dia de bom tempo, 80 subiram ao cume! - Infelizmente (embora com a taxa menor de sempre - dizem) mais uma vez, perderam-se algumas vidas - O caso mais estranho foi do inglês Peter Kinloch.

Mais uma morte no Everest

"Um alpinista britânico que fazia a descida do monte Everest morreu após ficar cego inesperadamente e ser deixado à própria sorte por companheiros de escalada, que tentaram em vão ajudá-lo por cerca de 12 horas.
Peter Kinloch, 28, estava realizando a escalada como parte de um desafio para arrecadar dinheiro para uma instituição de caridade que trabalha com pacientes com transtornos obsessivos compulsivos. Ele queria escalar sete dos maiores picos do mundo – o Everest havia sido o seu 5º."
Admirável o seu gesto altruísta - Adorava a vida humana e visava salvaguardá-la - E admirável é também a bravura do neozelandês Mark Inglis - amputado das duas pernas - Ele é um dos meus grandes heróis! E também o Sherpa, com a mesma deficiência ! E o cego, a que atrás me referi.





NOS HIMALAIAS, O INÓSPITO MARAVILHOSO JUNTA-SE À CALMA, À TRANQUILIDADE E SOLIDARIEDADE DOS HOMENS

.NINGUÉM ESCALA O EVAREST PARA LÁ FICAR . Mas este ano não foi dos piores -(2012)

Everest 2010: 508 Summits 3 Deaths


A IDEIA DE QUE OS CORPOS NÃO DEVEM SER RESGATADOS (TAL COMO TONELADAS DE LIXO QUE LÁ TÊM DEIXADO) É MAIS O REFLEXO DO COMODISMO E DESPRENDIMENTO POR QUEM LÁ FIC
A

Everest K2 News Explorersweb - the pioneers .

"Escalador do Everest retorna à montanha para enterrar a mulher, que foi forçado a abandonar 9 anos atrás!

"Não é bom que existam corpos estendidos na montanha com vista total de escaladores outros - não é bom para montanhismo, não é bom para as famílias das pessoas que morreram aqui"Everest climber returns to mountain tto bury woman he was forced t.

MAS OS MAUS EXEMPLOS SÃO EXCEÇÃO .

A equipe do neozelandês Mark Inglês, o primeiro duplo-amputado a atingir o cume, parou para dar Sharp de oxigénio antes de prosseguir para o topo" Defining Death on Mt. Everest - When Is a Person Really Dead ....

A equipe do neozelandês Mark Inglês, o primeiro duplo-amputado a atingir o cume, parou para dar Sharp de oxigénio antes de prosseguir para o topo" Defining Death on Mt. Everest - When Is a Person Really Dead ...

Peter Kinloch, CEGOU E MORREU GELADO- "28 anos estava realizando a escalada como parte de um desafio para arrecadar dinheiro para uma instituição de caridade que trabalha com pacientes com transtornos obsessivos compulsivos. Ele queria escalar sete dos maiores picos do mundo – o Everest havia sido o seu 5º.
Por volta da uma hora da tarde na terça-feira da semana passada, o britânico havia conquistado o pico do Everest a 8,8 mil metros de altitude e era descrito por colegas de aventura como "alegre, bem-humorado e empolgado". Mais pormenores em: BLOG DA COBERTURA DO EVEREST - 2010..

O DESEJO DE NOTORIEDADE E DE COMPETIÇÃO PARECE NÃO TER LIMITES - AS MULHERES NÃO FICAM ATRÁS DA CORAGEM DOS HOMENS - DEPOIS DE DEZENAS DELAS HAVEREM ESCALADO O EVERESTE, HÁ JÁ UMA SUL-COREANA A FAZER PARTE DAS CERCA DE VINTE PESSOAS QUE ATINGIRAM AS 14 MONTANHAS MAIS ALTAS -Sul-coreana é a primeira mulher a conquistar as 14 maiores . E UMA ESPANHOLA E OUTRA AUSTRÍACA PREPARAM-SE TAMBÉM PARA COMPLETAR A PROEZA.

"A espanhola Edurne Pasabán e a austríaca Gerlinde Kaltenbrunner, disputam o privilégio de ser as primeiras a completar o Grand Slam do alpinismo. Gerlinde, para quem ainda faltam dois picos de mais de 8 000 metros por alcançar, é a preferida dos puristas. Ela escala sem tubos de oxigênio, opta sempre pelas rotas menos usadas e faz questão de carregar o próprio equipamento – o que demanda muito mais energia na subida. Bem diferente de Oh, sempre acompanhada de sherpas, como são chamados os nepaleses contratados para carregar o equipamento da expedição. Oh também dava preferência às rotas mais fáceis e costumava chegar de helicóptero aos acampamentos-base, situados no limite entre a rocha e a neve. Isso lhe dava mais agilidade para ir de uma montanha a outra, enquanto Gerlinde e, em algumas ocasiões, Edurne gastavam dias de viagem a pé. Tanto apoio logístico permitiu que a sul-coreana subisse nove dos catorze cumes em dois anos, em comparação à média de dois ou três picos por ano das adversárias"

SUBIR AO SHISHA PANGMA COM O MÁXIMO DE SEGURANÇA .

CLIMBING SHISHAPANGMA- [ Traduzir esta página ].

.Contact Author.
Se você acha que está pronto para subir um 8000er, em seguida, algumas das escolhas emocionantes e ousadia são Cho Oyu, Shishapangma(…)

Shishapangma é uma das 14 montanhas mais altas do mundo. A altitude do pico varia de 8012m a 8046m. A montanha tem dois cumes. O comumente subiu Central cimeira (8012m), foi escalado por quatro equipes da expedição, cuja expedição ajudou a organizar.


OUTRA INFORMAÇÃO DO EVERESTE

2 jun. 2010 ...mais de 80 alpinistas chegaram ao cume ontem, o que causou um grande congestionamento na trilha.

JÁ HOUVE UM AVENTUREIRO A DESCER O EVERESTE DE SKI - NINGUÉM MAIS O IGUALOU - Há um vídeo no You Tube
..MENINO DE 13 ANOS ESCALA O EVERESTJordan Romero, 13, summits Everest: How young is too young - ...OS Sherpas nepaleses - carregadores, escaladores e Guias - tem sido sempre subalternizadas pela mentalidade da supremacia da raça branca mas muito ocidentais (e também orientais) dificilmente teriam escalado as maiores montanhas dos Himalaias , sem o seu indispensável contributo - Desta vez, um deles, levou lá um destemido rapaz.

SE CHEGAR A SER UM DOS QUE TEM O PRAZER DE ESCALAR O EVERESTE - NÃO SE ESQUEÇA DESTA RECOMENDAÇÃO


"Caros membros da expedição O Meu Everest 

Nosso trabalho aqui se divide em duas frentes: uma, a de mostrar a beleza contida em amar o Everest, em todas as suas nuances – seja a humana, com os feitos de grandes montanhistas, seja a da natureza.

A outra frente deste blog é chamar a atenção para determinadas atitudes que fazem com que a montanha esteja ameaçada.

É incrível como uma força de rocha e gelo de quase 9 mil metros de altitude possa ser ameaçada por nós – que mal chegamos a dois metros de altura. Mas é. Por isso, este post praticamente tornou-se uma reportagem sobre os efeitos do homem sobre o Everest... Eu ia dividi-lo em duas partes, mas me empolguei... Ficou um post enorme. Mas acho que vale a pena -Excerto do blog - O MEU EVEREST - Luciano Pires.

PODENDO, VALE MAIS IR SÓ DE QUE MAL ACOMPANHADO OU AMARRADO POR COMPROMISSOS COMERCIAIS - EIS UM CONSELHO DO MÁXIMO, EM Deu tudo errado no Himalaya .

"Jamais estive em contato direto com expedições comerciais, sempre tentei abolir essa história de ter um chefe na montanha, pois já é suficiente em ter chefes na vida rotineira. Sempre fiz questão de ir às montanhas por conta própria e ter mais autonomia possível" - Excerto

Um Everest de lixo - Planeta Sustentável

MAIS LINKS PARA OS INTERESSADOS - MAIS ALARMISTAS
Encerra-se o circo trágico do Everest - AltaMontanha.com..Deixado para morrer no Everest..David Sharp and Everest Controversy on MountainZone.Ninguém veio para ajudar David Sharp no Everest. O que aconteceu?Team sets out to clear bodies from Everest's death zone......Summits by Year - Everest News, Where Everest Climbers Come for........Seven Deaths on Everest in 2004, but Why?.......,,,A FÁBRICA: A Mais Alta Solidão.......

.

Jorge Trabulo Marques
Jornalista -

Algumas das imagens foram retiradas da Internet - e uma delas (o auto-retrato de Bruno Carvalho) fotografado da revista Visão - agradecemos aos seus autores a liberdade tomada.

Nenhum comentário: