expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Concentração dos media em Portugal, é grave ameaça ao pluralismo democrático – Dia mundial da Imprensa – Ignorado em Portugal mas não em S.Tomé - Ditadura Chinesa controla JN, DN e a TSF, que divulga ataques ao FACEBOOK - Jornais liberais perdem audiência e credibilidade, odeiam o fundador Mark Zuckerberg – Que se vê obrigado a ceder à chantagem dos maiores inimigos da liberdade de expressão a nível global, contratando mais 3 mil colaboradores para reverem vídeos violentos –Karen Hudes, jurista do FMI, demitida por denunciar esquemas de corrupção a nível global

Jorge Trabulo Marques - Jornalista - Informação e análise - Ver também do mesmo autor  -Jornalismo – Profissão de alto risco – em  http://www.odisseiasnosmares.com/2017/05/jornalismo-profissao-de-alto-risco-em.html

E LOGO NO DIA MUNDIAL DA IMPRENSA- Ora era justamente isto o que a violência liberal mais desejava e  há muito pressionava: o aperto do controlo informativo a pretexto dos vídeos violentos  - No entanto, a media conservadora liberal pode continuar a manipular e a violentar impunemente, com as suas falsidades, com a sua descarada pornografaria, publicidade enganadora,  está tudo certinho
Hoje é o dia mundial da Imprensa  - A efeméride,   em Portugal, praticamente, não foi notada, passando à margem das noticias, dado que a imprensa está toda nas mãos da mesma família  politica, e quem lá está, é porque é da confiança e também não está para se chatear -  E a precariedade e o vinculo laboral - Salvo a citação, na RTP, de que "A Amnistia Internacional, denunciou um cenário preocupante para o jornalismo independente em muitos pontos do globo neste Dia Mundial da Liberdade de imprensa"

“FALAR NAÕ PODE” - No entanto, já em S. Tomé, a oportunidade foi aproveitada pela Associação dos Jornalistas de São Tomé e Príncipe (AJS),que recorreu a expressão actualmente muito utilizada pelas populações “Falar não Pode”, para elucidar o estádio actual da Liberdade de Expressão e de Imprensa no país. de cuja conferência destacamos a seguinte passagem

“A descarada censura que chega ao ponto de descaracterizar completamente certas matérias produzidas por jornalistas, a ponto dos autores não reconhecerem o trabalho que deixaram feito; a autocensura, a ausência de debates e do contraditório e a exclusão acentuaram-se consideravelmente desde outubro de 2014», prosseguiu o Presidente da Associação de Jornalistas de São Tomé e Príncipe. 


Uma situação complicada, perigosa, atentatória a liberdade, e que é reforçada por outros actos anti-democráticos. «Parece que o país vive num estado de exceção disfarçado, porque há comissários políticos e agentes que gravam conversas, mesmo em ambiente de convívio. Existe a perceção de que os telefones estão sob escuta. Há um clima de desconfiança generalizada, porque o amigo pode ser informante, na lógica de dividir para reinar», Excerto Téla Nón - STP -  “Falar não Pode”

NUM DIA EM QUE O FACEBOOK ANUNCIOU QUE VAI ANUNCIAR APERTADO CERCO À VIOLÊNCIA   ESPERA-SE QUE NÃO SIRVA DE PRETEXTO PARA ESTREITAR AINDA MAIS O CRIVO DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO




Jornais liberais perdem audiência e credibilidade, odeiam o fundador Mark Zuckerberg – Que se vê obrigado a ceder à chantagem dos maiores inimigos da liberdade de expressão a nível global, a pretexto da divulgação da violência, quando, afinal, a media liberal a promove  até à obsessão,  à náusea e à tirania, através da exposição sensacionalista de cenas de violência à curiosidade mórbida, da publicidade enganosa, da falsa propaganda que promove o consumismo e o desperdício, o artificialismo  de crises económicas para impor  a precariedade laboral, o retrocesso  dos direitos sociais e o desmantelamento  dos serviços públicos e do seu património, manipulando alienando a opinião pública,  induzindo mais à emoção de que a à reflexão, injetando medos e temores, comportamentos artificiais, a fabricação de noticias que deturpam e caluniam quem não alinhar com as suas cumplicidades e a sua tirania liberal.

- Mas só tomam como alvo o Facebook, que, face a essas pressões, diz que vai contratar mais 3 mil colaboradores para reverem vídeos violentos  http://www.tvi24.iol.pt/internacional/mark-zuckerberg/facebook-contrata-mais-3-mil-colaborados-para-reverem-videos-de-crimes

HOJE MESMO - ANTECEDENDO  A REFERIDA  NOTICIA  - O JN, sob controlo dos chineses e do genro de Cavaco Silva, defere ferozes ataques ao  Facebook, culpabilizando-o da violência...


O Sentimento de impunidade da imprensa liberal conservadora, nos seus constantes ataques  à liberdade de expressão nas redes sociais, do Facebook, de que a mesma se serve para se promover e publicitar as suas falsidades e manipulações, continua atingir o expoente  máximo da intolerância 

Não há dia algum em que os media, sob controlo do grande capital selvagem liberal, não deferiam ferozes ataques ao Facebook, sim, que não vertam o seu ódio figadal, exigindo silenciar a liberdade de expressão, culpabilizando a redes sociais  de todo o tipo de males, quando, afinal, o maior cancro de atualidade, está justamente no seio dessa mesma imprensa, que avança inexoravelmente pelo mundo inteiro, com o seu poderoso açaime de tentáculos à escala global, difundindo unicamente o que mais convém à ganância do liberalismo selvagem, manipulando as consciências para os desígnios da sua doutrina golpista e monopolista

Diz o Jornal de Notícias, sob o controlo chinês tribo Cavaco Silva e seus amigos angolanos) de que “O sentimento de impunidade parece pautar o comportamento dos utilizadores das redes sociais, sendo o Facebook o expoente máximo. O que acontece no Facebook...não fica no Facebook - Jornal de Notícias


IMAGINEM O QUE SERIA O FACEOOK SEM A MANIPULAÇÃO DOS MEDIA LIBERAIS? - Como se a Internet não oferecesse muitas mais possibilidades de comunicação, até para a divulgação dos conteúdos dos próprios jornais, obrigando o leitor a ter que gramar com os seus prévios anúncios.

No entanto, Balsemão,  consegue sacar 4,7 Milhões de euros do Estado, no caso da falência do BPP – Banco Privado Português –, passando à frente dos outros credores e dos interesses do próprio Estado, junta-se  ao mesmo coro dos difusores da propaganda do grande capital - Vá lá que  outro da mesma bitola o ousou afrontar

Pois, vejam só esta tirada balsâmica.  “Sem os nossos conteúdos de qualidade não haveria Google nem Facebook, eram umas páginas amarelas com uns gatinhos a tocar piano”, criticou, acrescentando que “é preciso dignificar o nosso contexto” de modo a “criar um ecossistema credível para todos”. https://eco.pt/2017/03/23/qsp-summit-balsemao-ataca-google-e-facebook/


CONTROLO DOS MEDIA À ESCALA GLOBAL - É DESÍGNIO PORFIADO DA ELITE MAFIOSA LIBERAL 


Ex-jurista do Banco Mundial revela como a elite domina o mundo
Karen Hudes, demitida do Banco Mundial  por denunciar os esquemas maquiavélicos   - Ex-jurista do Banco Mundial, Karen Hudes, demitida do Banco Mundial por ter revelado informações sobre a corrupção na instituição, explicou com detalhes os mecanismos bancários para dominar o nosso planeta. Artigo da Russia Today, publicado no Diário Liberdade
Karen Hudes, graduada pela escola de Direito de Yale, trabalhou no departamento jurídico do Banco Mundial durante 20 anos. Na qualidade de 'assessora jurídica superior', teve suficiente informação para obter uma visão global de como a elite domina o mundo. Desse modo, o que conta não é uma 'teoria da conspiração' a mais.

De acordo com a especialista, citada pelo portal Exposing The Realities, a elite usa um núcleo hermético de instituições financeiras e de gigantes corporações para dominar o planeta. Executiva demitida do Banco Mundial


ASSIM VAI O CONTROLO DOS MEDIA – À ESCALA PLANETÁRIA

Obstáculos à liberdade de informação Governos usam leis de direitos autorais e robôs do Twitter para restringir críticas nas mídias sociais. Prejudicando o Debate

Governos e atores não estatais encontram formas inovadoras de reprimir a mídia

"No tempo em que a notícia era impressa em papel, a censura era uma prática grosseira envolvendo funcionários do governo com canetas pretas, apreensão de prensas e ataques às redações. A complexidade e a centralização da radiodifusão tornaram o rádio e a televisão vulneráveis à censura, mesmo quando os governos não exerciam o controle direto sobre as frequências de transmissão. https://cpj.org/pt/2017/04/introducao-a-nova-face-da-censura.php 


Importação chinesa Rússia tenta imitar 
o modelo de controle de informações de Pequim -Tanto a Rússia como a China deixaram claro que desejam regulamentar a internet como bem entenderem. O presidente chinês, Xi Jinping, enfatizou a importância da soberania na internet, o que basicamente significa que cada país deve ter o direito de escolher seu próprio modelo de governança eletrônica. https://cpj.org/pt/2017/04/importacao-chinesa.php


ESTA A RAZÃO PELA QUAL O LIBERALISMO DISFARÇADO DE DEMOCRATA SE EMPOE À ESCALA GLOBAL - Veja-se o exemplo do Ruanda

Após o genocídio, a presença da comunidade internacional foi enorme - proporcionando ao governo metade do seu orçamento anual. O capital em rápido desenvolvimento está cheio de embaixadas brilhantes e agências de desenvolvimento estrangeiras, cujos SUVs brancos estão onipresentes em suas estradas. Com toda essa atenção, como Kagame conseguiu estabelecer sua ditadura?

"O governo ruandês é muito sofisticado em sua propaganda", explica Sundaram. "Eu penso nele como um exemplo de como a ditadura está evoluindo no século XXI. Com algumas exceções, passamos das ditaduras da Coreia do Norte na era da Guerra Fria ".

A China não se importa desta chinesice - Está em todas

A ditadura moderna é brilhante e nova, você tem eleições multipartidárias", continua. "Mesmo que a imprensa seja esmagada, você tem uma dúzia de novos jornais se abrindo - todos pró-governo, é claro. Assim, eles apresentam uma fachada que se parece muito com os países democráticos, que pode ser bastante difícil de perfurar. "

Sem o apoio de uma mídia local eficaz, as operações estrangeiras sobrecarregadas das mídias internacionais raramente revelam abusos do governo. Em vez disso, eles freqüentemente relatam apenas as boas notícias sobre o ressurgimento cultural, tecnológico e econômico de Ruanda. "Esse mundo certamente existe em Ruanda", explica Sundaram. "A pergunta que me pergunto é se todos os talentos e empreendimentos permanecerão para durar se o país vê nova violência novamente. Quanto desse progresso permanecerá? "
A fonte original deste artigo é Huck -Texto de Alex King  - Excertos de  How Rwanda's genocide liberator became an absolute dictator


BILIONÁRIOS DA DITADURA CHINESA – MANDAM NOS JORNAIS PORTUGUESES – Agora ´quem é que pode criticar as suas máfias? - Luís Montez repartiu fatia com Chinês - Que maravilha - Negócios da China!

Como é possível, que os bilionários da maior e mais cruel ditadura do planeta, possam controlar os órgãos de comunicação social nas chamadas democracias, quando eles a amordaçam no seu pais? – Simplesmente, porque, quem detém o poder a nível global, é a doutrina dos profetas da globalização selvagem - Não foi por acaso que apoiaram Cavaco e se apoderaram da EDP - Chineses em Portugal apoiam Cavaco Silva -

Chineses donos do 'DN', JN E TSF 

-17/09/2016 grupo chinês KNJ Investment Limited, sediado em Macau — e liderado pelo empresário Kevin Ho, sobrinho do ex-chefe do Executivo em Macau, Edmund Ho — está a preparar-se para assumir o estatuto de maior acionista do grupo Global Media, proprietário de meios como “JN”, “DN” e TSF.

Segundo apurou o Expresso, a operação deverá ser formalizada nos próximos meses, provavelmente já em 2017, e será concretizada através de um aumento de capital e da compra de pequenas parcelas (2,5%) das participações de 15% atualmente detidas no grupo pelo BCP e pelo Novo Banco. Expresso | Chineses formalizam entrada no capital da dona do “DN”   Expresso | Chineses vão ficar a mandar na dona do “DN


MANIPULAÇÃO DOS MEDIA PELO LIBERALISMO SELVAGEM

DN - Fernando Lima, antes de cair em desgraça com Cavaco Silva, era um dos seus mais empenhados defensores, afirmou que  "uma informação não domesticada constitui uma ameaça com a qual nem sempre se sabe lidar" e reconhece que a mediatização afecta o trabalho dos governantes - Logo há que a açaimar Uma informação não domesticada constitui uma ameaça .

O MAIOR INIMIGO DA HUMANIDADE NÃO É O FACEBOOK MAS A IMPRENSA LIBERAL

Receio mais a prepotência e o controlo da imprensa liberal, sob domínio dos milhões do imperialismo chinês e da ditadura angolana - caso do Grupo ControlInvest (JN,DN e TSF, etc) nas mãos do genro de Cavaco Silva e dos seus amigos ditadores;  Media Capital – Correio da Manhã, por aía diante) com sociedades de acionistas  em paraísos fiscais, de que a liberdade de expressão dos utilizadores do Facebook  

Naturalmente que num universo tão vasto Facebook atinge os mil milhões de utilizadores haverá sempre quem se aproveite para cometer exageros - Só que, nos jornais,  a música é bem mais ensurdecedora e e de uma nota só - 

 É que, através das redes sociais do Facebook, ainda se vai dizendo alguma coisa, não tanto, pois o crivo também é enorme, enquanto nos media conservadoras do liberalismo selvagem, só dizem o que as administrações querem . o seu ódio é demasiado mesquinho para que até os cegos o não pressintam.  


CONCENTRAÇÃO DO POLVO EM PORTUGAL É UMA AMEAÇA AO PLURALISMO E À LIBERDADE DE EXPRESSÃO



Apoiados pela banca mais problemática

Mas onde é que esta pouca vergonha, já se viu senão no reino dos regimes mais corruptos de África ou sob a feroz ditadura do imperlismo chinês ? - Senão em Angola! ... Que interesses obscuros são esses? para que a corja corrupta angolana tome conta do Semanário Sol, 20% do Correio da Manhã e também  os dois principais jornais de referência, Diário de Notícias e Jornal de Noticias,além da TSF? - 
GENRO DE CAVACO SILVA COMPROU O PAVILHÃO ATLÂNTICO E  O DN, JN E A TSF, AO GRUPO CONTROLINVEST, DE JOAQUIM OLIVEIRA ATRAVÉS DE EMPRÉSTIMOS DO BES – ESTE FOI À FALÊNCIA – QUEM PAGA ESSA DÍVIDA?  O BOLSO DOS CONTRIBUINTES


Depois de, inexplicavelmente, terem perdoado uma grossa divida a Joaquim Oliveira, de 300 milhões para 70 milhões, para entregarem de mão-beijada os jornais ao genro de Cavaco Silva Diário de Notícias’, o ‘Jornal de Notícias’, o desportivo ‘O Jogo’ e a rádio TSF, entre outros, revela o ‘Jornal de Negócios’.: http://www.cmjornal.pt/tv-media/detalhe/100-milhoes-de-perdao-a-oliveira Eis que, uns meses depois, em  EM 26/11/13  surge a NOTICIA DE QUE “ Luis Montez e António Mosquito concluíram "com sucesso um acordo" com o atual dono da Controlinveste, Joaquim Oliveira, e os bancos BCP e BES para reestruturar o Grupo Controlinveste Media, que até agora era integralmente detido pela Controlinvest Visão | António Mosquito e Luís Montez entram no capital do grupo

negócio de venda do Pavilhão Atlântico do Parque das Nações, em Lisboa, tornado público em 26-7-2012suscitou perplexidade pelos montantes envolvidos e pelos compradores. A decisão do Conselho de Ministros, de autorizar a Parque Expo a vender o pavilhão, foi comunicada pela ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas. O Público, de 26-7-2012, acrescenta http://doportugalprofundo.blogspot.pt/2012/08/o-preco-do-pavilhao-atlantico.html

PAVILHÃO ATLÂNTICO  – UM PATRIMÓNIO ONDE O ESTADO INVESTIU  80 MILHÕES, VENDIDO POR 21, 2 – ATRAVÉS DO BES  - O QUE SIGNIFICA QUE O EMPRÉSTIMO LHES SAIU DE BORLA





26/07/2012 -O consórcio Arena Atlântico, constituído por Luís Montez, dono da Música no Coração, Álvaro Ramos, da Ritmos&Blues, e a actual equipa de gestão do Pavilhão Atlântico ganhou o concurso de compra daquele pavilhão, por 21,2 milhões de euros. Consórcio de Luís Montez compra Pavilhão Atlântico por 21,2 milhões

BES FOI À FALÊNCIA – DEPOIS DE CAVACO TER GARANTIDO QUE ESTE BANCO ESTAVA DE BOA SAÚDE – QUEM SE RESPONSABILIZA PELO CALETE DO EMPTRESTIMO AO GENRO DE CAVACO?


Referia media que “A queda do grupo pôs em causa a saúde financeira do BES e de múltiplas empresas em Portugal” – Mas não daqueles que tinham contraído empréstimos – Estes safaram-se … Falência do BES custaria até 28 mil milhões de euros BES já estava tecnicamente falido no final de 2013 - PÚBLICO


GENRO DE CAVACO - ACUSADO DE PERSEGUIR E SANEAR JORNALISTAS POR MOTIVOS POLÍTICOS NAS REDACÇÕES DAS SUAS RÁDIOS: - NÃO PÁRA DE ESTENDER A SUA REDE! - ESTE SENHOR, PELOS VISTOS, GOZA DE PRIVILÉGIOS ESPECIAIS! - E NINGUÉM SE INTERROGA - VEJA EM !.Fumaças - "Never, never, never give up.": CASO MARCELO À MODA DO PORTO..


FMI - INSPIRADOS POR UM MILAGRE DE Nª SRª DE FÁTIMA - DIZIA CAVACO




LUIS MONTEZ CHEGOU A TER CONTACTOS COM A PT - E QUEM É QUE SE IMPORTOU DAS MANOBRAS PRIVILEGIADAS?... 

"Quem não gostaria de ter uma rádio como a TSF?" - dn - DN


Numa entrevista concedida ao Diário de Notícias, em Outubro de 2005, declarou que esteve à beira de negociar com a PT para ficar com a TSF - Eis algumas perguntas e respostas, que aqui transcrevo, com a devida vénia. Vai comprar a rádio TSF? 
Do que ouvi, o sr. Joaquim Oliveira não vai alienar nenhum activo. Mas se mudar de ideias estarei disponível para falar com ele..




Cavaco vetou a lei do pluralismo e da não concentração dos meios de comunicação social, aprovada na Assembleia da República -Cavaco Silva veta lei do pluralismo e da não concentração dos ... Alegando não haver motivo que justifique a urgência na publicação de um diploma desta natureza e deste alcance. Pudera! - Frio e calculista como é, já  estava a preparar o terreno aberto ao genro.

NÃO ESQUECER - LOGO QUE A OLIVERDESPORTOS - COMPRA A LUSOMUNDO ACTUAL GLOBAL NOTÍCIAS DO GRUPO CONTROLINVEST, SANEIA E DESPEDE JORNALISTAS - ORIENTADOS POR CRITÉRIOS POLÍTICOS.Venda da Lusomundo é Preocupação Para a Classe Jornalística

JUSTIFICAVAM-SE AS APREENSÕES NA REDACÇÃO - QUER NO DN COMO NO JN.MAS DE NADA VALERAM..180 jornalistas das redacções do Porto no desemprego....Controlinveste despede 122 trabalhadores - Expresso.pt
O Conselho de Redacção do "Jornal de Notícias" pediu à Alta Autoridade para a Comunicação Social garantias sólidas de que a Controlinveste “assegurará a estabilidade e progresso do projecto jornalístico em todas as suas implicações, sejam de conteúdo, sejam do respectivo quadro redactorial”, respeitando “escrupulosamente todos os direitos e garantias dos seus profissionais”Venda da Lusomundo: redacção do "Jornal de Notícias" exige


COMO ELES ESBANJAM MILHÕES E DEIXAM O POVO A MORRER DE FOME



No sul de Angola, a falta de alimentos regulares forçou muitas pessoas a comer folhas e raízes, que se misturam com sal e óleo para fazer uma pasta, e bagas de árvores. Cortesia: Joao Statmiller - Precisamos de ajuda urgente. As pessoas estão morrendo de fome e ficando doentes por beberem água impura ", disse à IPS Pascoal Baptistiny, diretora da Mbakita, uma pequena ONG angolana com sede em Menongue, capital da província do Kuando Kubango. Angola Slow on Drought Response as People  - 



Fome diminui no mundo mas continua preocupante em Angola Milhares de almas expostas à seca e à fome no Centro-Sul -A cada dia que passa a situação da fome e da seca consolida-se no seio de algumas comunidades rurais, faltando alimentos e água para consumo humano e para o abeberamento de gado, sendo que os poucos reservatórios vão se esvaziando paulatinamente em função da demanda, segundo constatou a reportagem de O PAÍS nesta região Sudeste de Angola. – Todavia,  António Mosquito deverá injetar 70 milhões na Soares da Costa ..... António Mosquito recebe hoje luz verde para dominar a Soares… Grupo que detém o DN, JN e TSF negociado com fundo angolano ....... Controlinveste vendida em bloco a fundo angolano |… Controlinveste passa a ser detida por angolanos e pode despedir ..


Nenhum comentário: