expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 1 de maio de 2017

FADO DO JORNALISMO EM PORTUGAL - A DURA REALIDADE

.


VALE A PENA REFLECTIR...

"Cada vez deveríamos pensar mais por nós e não apenas com aquilo que nos é imposto pelos media. Será que esta concentração dos meios de informação não poderá por em causa o pluralismo, a liberdade de expressão e de acesso à informação e a liberdade de emprego dos jornalistas e de outros profissionais da Comunicação Social?
Esta área é sem dúvida um negócio grande e lucrativo para os seus grandes proprietários, mas é sobretudo por constituir um instrumento de influência e de poder político, social, económico e ideológico que a sua concentração nas mãos de um grande grupo económico se revela um factor preocupante"
LEIA O TEXTO INTEGRAL EM ..comunicar a direito: O JORNALISMO EM PORTUGAL<..
DIZ MARINHO PINTO QUE O JORNALISMO EM PORTUGAL ESTÁ MERCANTILIZADO - ALIÁS, NÃO SÓ CÁ - EM TODO O MUNDO CAPITALISTA - E INSTRUMENTALIZADO NAS DITADURAS


O bastonário da Ordem dos Advogados considera que “o jornalismo em Portugal está mercantilizado”, pois “o interesse público da notícia é muito avaliado pelo interesse económico dos proprietários dos meios de comunicação social”. Recomendamos a leitura do artigos publicado no jornal PÚBLICO..Marinho Pinto: “O jornalismo em Portugal está mercantilizado .
.
"Jornalismo em Portugal é pouco fundamentado"
"Foram mais de 20 anos a fazer jornalismo em português nos Estados Unidos, metade dos quais como correspondente da SIC e também para a rádio TSF. Depois desse período fértil da sua carreira, Luís Costa Ribas regressa a Portugal para ser repórter sénior, figura comum nos EUA, mas que ainda tem muito por desbravar em solo luso. Pelo meio, diz esperar assumir a coordenação do "Jornal da Noite". Nesta conversa, critica, por exemplo, a cobertura que se faz dos incêndios" JN - Ricardo Barroso ."Jornalismo em Portugal é pouco fundamentado" - JN
ATUALIZE-SE
.
.


Nenhum comentário: