expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Governo aprova lei para "permanência vitalícia" de moradores numa casa - É urgente derrubar a selvática lei do arrendamento urbano de Assunção Cristas - E que os alojamentos na cidade de Lisboa e Porto estejam apenas ao alcance dos endinheirados ou dos vistos gold' a estrangeiros corruptos ..


Jorge T Marques - Jornalista - Informação e análise 


CRISTAS E A TRETA DA VENDEDEIRA DA BANHA DA COBRA   - Quando demagogicamente afirmava que "A nova lei do arrendamento vai permitir aumentar o número de casas para arrendar, o que poderá diminuir e tornar mais ajustados e comportáveis o valor das rendas, admitiu a ministra da tutela, Assunção Cristas.Nova lei das rendas: mais casas no mercado?

Governo aprova lei para "permanência vitalícia" de moradores numa casa

O Governo aprovou, esta quinta-feira, a criação do Direito Real de Habitação Duradoura, que permite estabelecer contratos para a "permanência vitalícia" dos moradores nas casas

"Nem é arrendamento, nem se trata de ter propriedade sobre a própria casa", afirmou o ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Matos Fernandes, em conferência de imprensa, após a reunião do Conselho de Ministros.

Segundo o titular da pasta da Habitação, a permanência vitalícia do morador na casa dos proprietários é conseguida através do pagamento de uma caução inicial entre 10% e 20% do valor do imóvel e com o pagamento de uma prestação mensal acordada entre as partes.
No âmbito do Direito Real de Habitação Duradoura, "só o morador pode desistir do contrato", explicou João Matos Fernandes.
Impedido de denunciar o contrato, que se mantém em caso de transação do imóvel, o proprietário tem como principal vantagem para aderir ao Direito Real de Habitação Duradoura o valor "expressivo" da caução - "se o imóvel valer 200 mil euros, recebem à cabeça entre 20 a 40 mil euros" -, que pode "rentabilizar como muito bem entender" e permite "grande segurança" por ser "muito mais do que dois ou três incumprimentos de renda". – Excerto de https://www.jn.pt/nacional/interior/governo-aprova-lei-para-permanencia-vitalicia-de-moradores-numa-casa-10577263.html

09/04/2018 -DN "Os despejos, a "lei Cristas" e a demagogia - O drama da expulsão de habitantes dos centros é demasiado grave e complexo para que se admita a sua instrumentalização para combate partidário.


Como habitante do centro de Lisboa, faço parte de uma rede de vizinhos que lutam pela melhoria das condições de vida na zona. Esta semana, um deles comunicou que todos os habitantes do seu prédio, na Rua da Madalena, foram "convidados" a sair até maio, apesar de alguns terem contratos de arrendamento até 2020 e outros habitarem o edifício há mais de 40 anos. O imóvel pertencia à mesma família há cinco gerações e, após a morte da proprietária, foi vendido, em setembro, por três milhões de euros. A primeira coisa que os novos donos fizeram foi desligar a luz das escadas e despedir a pessoa que as limpava, ignorando as cartas dos arrendatários no sentido de reporem a iluminação e a limpeza.
Este tipo de selvajaria, que tem sido reportado por vários arrendatários pressionados a sair e inclui até atitudes criminosas como retirada de corrimãos, parece ser cada vez mais frequente. https://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/fernanda-cancio/interior/os-despejos-a-lei-cristas-e-a-demagogia-9244088.html

24 Setembro 2017 PCP lembra "violência da lei das rendas" de Assunção Cristas
O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, lembrou, este domingo, a "violência da lei das rendas" do anterior Governo PSD/CDS-PP, da responsabilidade direta da atual líder democrata-cristã, Assunção Cristas."Bem podem PSD e CDS andar pelo país a prometer a terra do leite e do mel, que não se livram de terem a sua marca, e particularmente a marca de Assunção Cristas, nessa violência em que se tornou a lei das rendas, https://www.jn.pt/local/noticias/lisboa/odivelas/interior/pcp-lembra-violencia-da-lei-das-rendas-de-assuncao-cristas-8794663.html


ESTES FACTOS NÃO PODEM SER IGNORADOS - CRISTA TEVE SUBIDA  DO ELEITORADO EM LISBOA, PORQUE A CIDADE ESTÁ DESPOVOADA E PRIVILEGIA OS SENHORIOS E OS ENDINHEIRADOS   

- Esta era a pergunta que colocava, quando a sectária lei foi aprovada: Quem é que é capaz de pôr rédea na ganancia dos senhorios? - Com leis que estão literalmente ao seu lado  nos prazos e nas exorbitâncias de aumentos?"Tenho de aceitar um aumento de 300% da renda"?....Estado deixa de pagar meio milhão de abonos de família



ASSUNÇÃO CRISTAS - PROTAGONIZOU O MAIOR ATAQUE ÀS FAMÍLIAS PORTUGUESAS


Sem dúvida, o maior ataque às famílias portuguesas por um governo de estrangeiristas - A maior parte dos membros do governo da  dupla, Passos e Portas, nasceram em Angola  e têm mentalidade colonial - São piores de que o fascismo - 

Recorde-se a treta: nova Lei do arrendamento urbano para dinamizar o bolso dos insaciáveis proprietárias, promovida e aprovada por um governo que visa unicamente favorecer a gula dos ricos em completo desprezo dos mais desfavorecidos - Não se pode agradar a gregos e a troianos com a mesma lei. E o liberalismo selvagem agrada simplesmente aos patrões e proprietários.  


SENHORIOS COM A FACA E O QUEIJO NAS MÃOS

 "255 mil contratos de arrendamento anteriores a 1990 serão revistos. O aumento das rendas irá, assim, afetar cerca de um milhão de famílias. O «Diário Económico» faz notar que as rendas antigas deverão subir, na prática, a partir de março de 2013, se o senhorio enviar uma carta ao inquilino nesse sentido já em novembro e caso o segundo apresente uma contra-proposta dentro do prazo legal aceite pelo proprietário"TVI.


Em Lisboa, um jovem ainda não consegue arrendar uma casa por menos de 600 ou 700 euros e com estes valores não há quem arrende”, disse Luís Lima, presidente da Associação Portuguesa de Empresas e Profissionais e Mediação Imobiliária (APEMIP), citado pelo Diário Económico. “Também não se trouxeram as pessoas para o centro das cidades”, acrescentou, considerando que a compra de casas voltou a subir face ao arrendamento.

MAS OS LOBOS COMILÕES, ACHAM QUE JÁ LHE ESTÁ A DAR OS SEUS FRUTOS - António Frias Marques, presidente da Associação Nacional de Proprietários (ANP), considerou que “a reforma está, paulatinamente, a dar os seus frutos" e disse que a vertente mais relacionada com o arrendamento habitacional serviu sobretudo para trazer “mais justiça ao mercado, acabando com situações em que os contratos passavam de pais para filhos mantendo as rendas muito baixas”. https://www.idealista.pt/news/imobiliario/habitacao/2015/11/11/29200-nova-lei-das-rendas-em-vigor-ha-tres-anos-o-que-falta-fazer-para-dinamizar-o-mercado



 DE POUCO VALEM OS PROTESTOS DOS INQUILINOS - GOVERNO SÓ RESPEITA A VONTADE DO LIBERALISMO SELVAGEM - 

Milhares manifestaram-se, ontem, no Terreiro do Paço, mas de nada vale, porque este governo só faz leis a favor dos ricos Associação dos Inquilinos Lisbonenses, a Associação das Coletividades do Concelho de Lisboa, o Grupo de Moradores de Campo de Ourique, a Comissão de Moradores da Colina da Graça, a Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas, a Inter-Reformados, o Movimento Unitário de Reformados, Pensionistas e Idosos e a União dos Sindicatos de Lisboa, estas algumas das associações que se concentraram, ontem, pelas 17 horas,  no Terreiro do Paço em frente ao ministério de Assunção Cristas, a exigir a revogação da nova lei do arrendamento. Associações de Lisboa contra lei do arrendamento

03/05/2017 
Cristas promete que "não haverá uma pessoa em situação de sem-abrigo em Lisboa"
18/04/2017 A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, aproveitou hoje uma audiência no Palácio de Belém para prometer que, se for eleita presidente da Câmara de Lisboa, "não haverá uma pessoa em situação de sem-abrigo" na capital. http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/cristas-promete-que-nao-havera-uma-pessoa-em-situacao-de-sem-abrigo-em-lisboa

 







Nenhum comentário: