expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 24 de fevereiro de 2019

VENEZUELA - A CAMINHO DE A FERRO E FOGO - A MORDAÇADA PELA AJUDA HUMANITÁRIA HIPÓCRITA DO LIBERALISMO SELVAGEM – Pois claro – “Guaidó aposta na pressão internacional após tentativa frustrada de entrar com ajuda na Venezuela” Não se promova o caos e a desordem como no Iraque e na Líbia, deixem que o povo faça livremente a sua escolha - Entre um Maduro ditador e um emissário do fascismo liberal, que venha o diabo e escolha – Mas os países capitalistas, onde vegetam milhões de sem-abrigo e outros tantos morrem de pobreza extrema, já impôs o seu candidato.

Jorge Trabulo Marques -  Jornalista - Informação e análise



OBVIAMENTE QUE NÃO HÁ PAZ QUANDO O OBJECTIVO É FOMENTAR A DESORDEM E O CAOS - Venezuela: Nem ajuda humanitária dá tréguas a um conflito sem fim à vista
Dia que deveria ser de algum alento para os venezuelanos, aumentou apenas a tensão entre Governo, militares e populares. Quatro mortos e 285 feridos é o rescaldo de um dia de confrontos num país onde presidente e autoproclamado presidente interino continuam a não chegar a uma solução.https://www.noticiasaominuto.com/mundo/1204877/venezuela-nem-ajuda-humanitaria-da-treguas-a-um-conflito-sem-fim-a-vista

 
NÃO ORDENEM AGRESSIVOS BOICOTES OU ENVIEM RASTILHO, PÓLVORA E ÓDIO DISFARÇADO DE REMÉDIOS E ALIMENTOS SOB A CAPA DAS LIBERDADES DEMOCRÁTICAS, QUANDO A POBREZA E DESCRIMINAÇÃO SOCIAL AINDA É MAIOR NOS PAÍSES QUE ENVIAM AS FALSAS ESMOLAS

 UM FASCISTA DISFARÇADO DE FILANTROPO -  O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, insistiu que os militares venezuelanos deixem de obedecer ao regime de Nicolás Maduro. "Vocês não devem lealdade a quem queima comida na frente de famintos", afirmou o líder oposicionista em discurso em Cúcuta (Colômbia) neste sábado (23). https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/02/23/voces-nao-devem-lealdade-a-quem-queima-comida-diz-juan-guaido-a-militares-da-venezuela.ghtml

É isto que pretende o liberalismo selvagem: transformar a Venezuela, o mais rico pais de maiores recursos petrolíferos, num caos de rapina e desordem social  - Tal como deixaram a Síria, a Líbia e  o Iraque   - Depois de sucessivos boicotes comerciais

POIS CLARO – NÃO É ISTO QUE SE PRETENDE?  - Tensão, violência, mortes. E a ajuda humanitária não chegou à Venezuela

O regime conseguiu impedir a entrada de ajuda humanitária na Venezuela. Houve violência, mortes, militares a desertar. "Estou mais firme que nunca", garantiu Nicolás Maduro, numa manifestação em Caracas.

burguesia  manifesta-se a favor do liberalismo
Várias mortes e camiões com alimentos e medicamentos incendiados marcaram o dia em que os apoiantes do presidente interino e o próprio Juan Guaidó tentaram fazer entrar na Venezuela a ajuda humanitária armazenada na Colômbia e no Brasil. Um dia de confrontos e violência, no qual pelo menos 23 polícias e militares venezuelanos decidiram desertar, deixando de apoiar o regime de Nicolás Maduro. https://www.dn.pt/mundo/interior/tensao-violencia-mortes-e-a-ajuda-humanitaria-nao-chegou-a-venezuela-10612571.html


BOLSONARO - ESTE CRETINO NAZI TAMBÉM ESTÁ ENVOLVIDO NA MESMA RAPINA AO PETRÓLEO DA VENEZUELA SOB A CAPA DA AJUDA HUMANITÁRIA - Bolsonaro defendeu esterilização de pobres para combater miséria e crime
Em discursos e projetos no passado, presidenciável pediu ações para reduzir o número de filhos - Nas dezenas de discursos que ele proferiu, nos últimos 25 anos, defendeu a adoção pelo Estado de um rígido programa de controle em foco nos pobres

OBVIAMENTE QUE NÃO HÁ PAZ QUANDO O OBJECTIVO É FOMENTAR A DESORDEM E O CAOS - Venezuela: Nem ajuda humanitária dá tréguas a um conflito sem fim à vista

Dia que deveria ser de algum alento para os venezuelanos, aumentou apenas a tensão entre Governo, militares e populares. Quatro mortos e 285 feridos é o rescaldo de um dia de confrontos num país onde presidente e autoproclamado presidente interino continuam a não chegar a uma solução.


Os Estados Unidos,  principais agentes fomentadores da crise econômica na Venezuela através de sucessivos boicotes comerciais e uma intensa sabotagem econômica que impulsiona o desabastecimento no país, agora enviam armas para grupos de extrema direita atacarem o governo, quando na verdade os verdadeiros inimigos do povo venezuelano são os próprios capitalistas norte-americanos.
A polícia venezuelana apreendeu armamento de grosso calibre oriundo dos Estados Unidos e que estava destinado a grupos de extrema direita . https://www.causaoperaria.org.br/essa-e-a-ajuda-humanitaria-do-imperialismo-venezuela-apreende-armas-dos-eua-destinadas-a-direita/





O LIBERALISMO SELVAGEM REJEITA AS VIAS LEGAIS PARA PROMOVER OS SEUS COMISSÁRIOS  - "Maduro aceita ajuda humanitária "legal" da União Europeia mas o liberalismo selvagem prefere o confronto, o caos à desordem -"Aceitamos ajuda humanitária da União Europeia, ajuda legal", disse Nicolás Maduro, que falava hoje em Caracas, para milhares de simpatizantes que marcharam em apoio à revolução bolivariana. https://www.jn.pt/mundo/interior/maduro-aceita-ajuda-humanitaria-legal-da-uniao-europeia-10612574.html

EM VEZ DE OLHAREM PARA OS MILHÕES DE POBRES E SEM ABRIGO ANDAM A QUERER DAR LIÇÕES DE DEMOCRACIA 

-Quem são os 41 milhões de pobres dos Estados Unidos, o país mais rico do mundo

Pobreza extrema nos EUA tende a crescer sob Trump, diz relatório da ONU - pobreza nos Estados Unidos é ampla e se aprofunda sob o governo Trump, cujas políticas parecem estar destinadas a remover uma rede de proteção ao redor de milhões de pessoas empobrecidas ao mesmo tempo em que favorece os ricos, afirma um investigador de direitos humanos da ONU.


A bomba-relógio da pobreza na Europa  - A pobreza representa uma forma extrema de polarização dos rendimentos, mas não é o mesmo que desigualdade. Mesmo numa sociedade profundamente desigual, quem tem menos não carece necessariamente de meios para viver uma vida digna e satisfatória. https://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/economistas/detalhe/a-bomba-relogio-da-pobreza-na-europa

O NAZISTA BOLSONARO - OUTRO FARSOLA  JUNTAR-SE À MESMA RAPINA  ULTRA-LIBERAL  -



Pobreza cresce e atinge 55 milhões de pessoas no Brasil
De acordo com definição do Banco Mundial, são pessoas com rendimento de até US$5,5 por dia ou R$406 por mês

O número de pessoas pobres no Brasil cresceu de 2016 para 2017 e agora atinge 54,8 milhões de brasileiros. No ano retrasado, essa taxa era de 52,8 milhões.
De acordo com definição do Banco Mundial, essas são pessoas com rendimento de até US$ 5,5 por dia ou R$ 406 por mês. A maior parte, mais de 25 milhões, estava na Região Nordeste. https://exame.abril.com.br/brasil/extrema-pobreza-no-brasil-aumenta-e-chega-a-152-milhoes-de-pessoas/

Pobreza e desigualdade na América Latina: o caso colombiano 

A acumulação original de capital, decorrente da expropriação violenta e da aquisição de terras com dinheiro ilícito, explica a alta concentração e controle da propriedade.
A pobreza continua a crescer, uma vez que é uma consequência do processo de acumulação capitalista, cuja lei econômica fundamental é a obtenção de mais-valia, que ocorre com base no trabalho de outros. Isso resulta em uma crescente polarização social ao mesmo tempo em que ocorre a valorização do capital, e foi explicado por Karl Marx, a partir da segunda metade do século XIX, para levantar a Lei Geral da Acumulação Capitalista, em sua cúpula O Capital . Crítica da Economia Política https://translate.google.com/translate?hl=pt-PT&sl=es&u=https://www.las2orillas.co/pobreza-y-desigualdad-en-america-latina-el-caso-colombiano/&prev=search

Como a guerra às drogas devora os pobres De acordo com um novo relatório da ONG Health Poverty Action, as políticas proibicionistas alimentam a pobreza e a criminalidade em países como o Brasil e a Índia.

O mercado ilícito de drogas é a galinha dos ovos de ouro da corrupção criminal internacional. Nenhum outro ramo da criminalidade tem o potencial de gerar o dinheiro necessário para a corrupção endémica e industrializada da polícia e dos políticos. No sul global, segundo o relatório da HPA, isso desestabiliza estados inteiros, destruindo o funcionamento básico do governo enquanto esvazia camadas das instituições da sociedade civil. De forma mais ampla, podes ver esses efeitos nas guerras civis colombianas com as FARC financiadas pela cocaína, até às fronteiras sem lei da China e Myanmar, onde contrabandistas de anfetaminas e heroína formaram estados paralelos. https://www.vice.com/pt/article/43zwbg/como-a-guerra-as-drogas-devora-os-pobres




Nenhum comentário: