expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 9 de março de 2020

Coronavirus e os benefícios da cebola milagrosa - Medicina devia testar as prosperidades deste tão popular bolbo em todo o mundo, usado não apenas para uso alimentar como no plano mágico pelos antigos egípcios dos Faraós para se protegiam de certas doenças com hastes de cebola. e até para conservação das múmias, bem como u na Roma Antiga de Nero.para combaterem a peste e conservarem as múmias.

  Jorge Trabulo Marques - Jornalista e investigador 


Em todo o mundo, somam-se já alguns milhares de mortos, fora os que se desconhecem e não são tornados públicos. Como é sabido, o cheiro  de cebola  é repelente ao nariz e aos olhos e também poderá evitar que a malfadada nova peste do século possa continuar a carambolar  -  Os seguidores dos pensamentos de Plutarco,do  historiador, filósofo e prosador grego, proibiam o uso do bulbo, porque acreditavam que ele crescia quando a Lua diminuía. Quanto ao cheiro, provocava um sentimento de força vital.
Não descure as recomendações médicas  mas passe também a usar o cheiro de cebolona ou da cebolinha  a meio das duas faces ou sobre o queixo e esfregue também as mãos enquanto o calor não apertar  A resposta talvez esteja na Milenária Medicina Natural

  Nos países tropicais, mais quentes, o corona-virus, parece não  entrar tão facilmente, tal como também deverá virar  a venta ao cheiro da cebola ou ao cheiro da giesta florida – Se a não puder liquefazer num espremedor, até  para  se revitalizar com um excelente coattail com outros frutos, esfregue-se com uns pedacitos ou use-a para senifar  e desinfectar o lar de  toda a  bicharada   - Coloque, por exemplo, a água da casca da cebola do lado de fora das janelas e portas. Isso faz com que os insetos e moscas se afastem  - Esta é uma recomendação já conhecida.


Não descure as recomendações dos serviços oficiais de saúde mas PROTEJA-SE COM A CEBOLA VEGETATIVA, NOSSA AMIGA E SALVADORA  - As múmias dos Faraós permanecem bem conservadas até hoje - Saiba porquê

Quando cortada, junto à cara, o  cheiro faz torcer o nariz, escardinar ou fazer chorar os olhos - E talvez  seja a maneira mais prática  de afugentar  o indivisível  micróbio ou virus.

Com  pedaços de cebola colocados nos transportes públicos e privados, em vários pontos dos lares ou em locais fechados e frequentados por muitas pessoas?  - Quem sabe se não deverá ser esta a solução mais simples, eficaz e menos dispendiosa   -

Pelo menos afasta e elimina  as melgas, mosquitos, as moscas  e a traça da roupa  é  é também um excelente desinfetante dos ácaros dos tapetes e cobertores nos quartos de dormir – Foi esta a única forma que encontrei para me ver aliviado dos malfadados espirros em minha mansarda de águas furtadas. - Pormenores mais à frente

O perfume das giestas também não deverá agradar ao corona-virus

As propriedades da cebola, são bem conhecidas  desde que é cultivada há cerca de cinco mil anos. Além dos benefícios inerentes à saúde, como potencial fonte de  concentração das vitaminas A, E e ácido fólico, dos minerais potássio, sódio e ferro, do antioxidante quercetina e de sulfetos.

Referem estudos que no antigo Egipto, eram colocadas nos túmulos e sepulturas dos faraós, cujos fortes odores se acreditava serem possuidores de poderes anticépticos para ajudarem a preservar a múmia e de trazer de novo à vida.  Além disso,  sabe-se que também foram utilizadas durante séculos, na antiga Roma, sobretudo pelo imperador Negro, como prevenção da cólera e da peste negra e tratar os resfriados das gripes.. Outros pormenores mais à frente

POR QUE É QUE AS MÚMIAS PERMANECERAM, QUASE INCORRUPTÍVEIS, DURANTE TANTOS ANOS?

"Múmias  Encontradas em tumba de 3,5 mil anos que pertencia a magistrado da 18ª dinastia. No local, havia ainda diversos sarcófagos de madeira coloridos e mais de mil estatuetas funerárias.

Inicialmente, autoridades haviam anunciado a descoberta de apenas seis múmias, mas depois mais duas foram encontradas. "Há dez sarcófagos e oito múmias", ressaltou Waziri. A maioria dos sarcófagos está bem conservada, mas alguns estão deteriorados e quebrados. https://www.dw.com/pt-br/arque%C3%B3logos-descobrem-oito-m%C3%BAmias-no-egito/a-38479570

É reconhecida a importância da cebola em algumas culturas e cultos espalhados pelo mundo, tendo sido inclusive objeto de culto em uma seita.
Ramakrishna compara a estrutura folhada do bulbo, que não chega a nenhum núcleo, à própria estrutura do ego, que a experiência espiritual debulha camada por camada até a vacuidade. A partir daí nada mais constitui obstáculo ao espírito universal, à fusão com Brama.
No plano mágico os egípcios se protegiam de certas doenças com hastes de cebola.
Os latinos, segundo Plutarco, proibiam o uso do bulbo, porque acreditavam que ele crescia quando a Lua diminuía. Quanto ao cheiro, provocava um sentimento de força vital.
Virtudes afrodisíacas lhe são igualmente atribuídas, tanto por sua composição química quanto por suas sugestões imaginativas. https://pt.wikipedia.org/wiki/Cebola



AINDA AGORA A PROCISSÃO DA NOVA PESTE DEIXOU A CAPELA MORTUÁRIA  - Portugal tem nove casos confirmados de covid-19 e os casos suspeitos aumentaram em 30 de quarta-feira para esta quinta-feira. Segundo um boletim sobre a situação epidemiológica em Portugal, divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), o número de casos suspeitos é de 147, valor desde janeiro deste ano. No boletim de quarta-feira os casos suspeitos eram 117 [um aumento de 16 casos em relação a terça-feira  - Segundo a DGS há 213 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde. O novo coronavírus que provoca o covid-19 surgiu pela primeira vez no final do ano passado em Wuhan, na China, e pode causar infeções respiratórias como pneumonia. https://www.tsf.pt/portugal/sociedade/mais-30-casos-suspeitos-de-coronavirus-em-portugal-11893143.html

BBC - (...)"Em todo o mundo, houve mais de 98.000 casos e mais de 3.300 mortes. Um banco de dados global mantido por Johns Hopkins conta com mais de 53.600 recuperações do vírus.

Com o número de casos na Europa passando 5.000 e subindo rapidamente, grandes conferências, feiras, eventos culturais e competições esportivas foram canceladas. As autoridades alertaram que os surtos - o maior ocorre na Itália, mas França, Alemanha e Espanha também estão sendo atingidos com força - continuarão a crescer.
Leia nosso artigo sobre como o vírus se espalhou no estado de Washington.A Itália e o Irã ordenaram o fechamento de todas as escolas e universidades. Nova Délhi fez o mesmo. O fechamento de escolas afetou cerca de 300 milhões de estudantes em todo o mundo.
O número de casos de coronavírus na Grã-Bretanha subiu para 115 e, na quinta-feira, o país registrou sua primeira fatalidade. O primeiro-ministro Boris Johnson falou sobre como um sistema de saúde minado por anos de reduções de crescimento orçamentário impulsionadas pela austeridade tentaria lidar com iss

 A MEDICINA NATURAL PODERÁ SER A ALTERNATIVA MAIS EFICAZ ENQUANTO NÃO SE DESCOBRIR A VACINA 

Existem várias espécies e cores de cebola e  até a chamada cebola albarrã, da família liliáceas e muito frequente em Portugal, sobretudo nos matos mediterrânicos durienses e nas proximidades das zonas costeiras arbustivas ou  florestadas   mas especialmente com propriedades medicinais, no tratamento de usos  externos, tais como  picadas de insectos, verrugas, loções capilares e frieiras. 

E não propriamente para uso alimentar,  dada a sua alta toxidade, podendo chegar a pesar alguns quilos, cujo  bolbo é utilizado pela industria farmacêutica para o fabrico  de diversos medicamentos; contudo a utilização na medicina caseira pode causar grandes problemas e mesmo a morte, exigindo, por isso, alguns cuidados.

Na minha adolescência, recorda-me que, dado os elevados custos dos medicamentos farmacêuticos , não acessíveis a todas as bolsas e também por a medicina ainda não possuir os conhecimentos científicos atuais,    era com pedaços desta cebola assada com enxofre que se procurava  sarar as chamadas feridas variçosas ou feridas ruins – E também como poderoso desinfectante da sarna, sendo  escaldada em água quente   para lavagem  das verilhas e partes afectadas do corpo..

E  há quem defenda que o seu uso interno como forma de ativar a “circulação sanguínea, diurética, bactericida, digestiva, tónica cardíaca, asma, bronquite”- Mas cuidado como esse uso. 

 É certo que os cientistas descobriram e  desenvolveram novas e poderosas drogas capazes de combater as doenças infecciosas, tal como a malária, a ebola os virus das gripes, os agentes propagadores da pneumonia, escarlatina e tuberculose., contudo, não obstante esses enormes avanços, sobretudo com a prescrição  de vacinas e antibióticos, o capítulo das doenças infecciosas, de forma alguma, se pode considerar completamente superado. Os agentes infecciosos, não desapareceram na existência das ínfimas formas de vida terrestre, pelo que ainda há um longo caminho a percorrer – E os saberes e as experiências ancestrais, de modo algum deverão ser descurados.






"As pirâmides não são o único legado do Antigo Egito. Graças a essa civilização, a Medicina começou a se organizar enquanto área da ciência".

(...) Costuma-se considerar a civilização do Antigo Egito um exemplo de morbidez, como se ali só se pensasse na morte e na vida além-túmulo, sem dar importância para a saúde neste mundo. Mas, na verdade, os antigos egípcios nada tinham de mórbidos. Eles simplesmente acreditavam que a vida depois da morte era tão real e concreta quanto a terrena. E, esclareça-se, estudaram o tratamento de doenças como poucos povos contemporâneos. O médico no Antigo Egito era chamado de sunu, palavra equivalente a doutor. Só que, na realidade, os sunus se dividiam em três grupos de terapeutas. Existiam, em primeiro lugar, os sacerdotes da terrível deusa Sekhmet, acusada de ser a principal causadora de todos os males. O papel desses homens, que mantinham um bom relacionamento com a deusa, era aproveitar esse poder de influência para induzi-la a não punir determinada pessoa com doenças.
Com esses sacerdotes, conviviam os magos, que tinham uma visão ligeiramente diferente do assunto. Para eles, a doença não era um simples castigo da deusa e, sim, a influência de um bando de maus espíritos — os quais, claro, eles tentavam exorcizar. Finalmente, a terceira categoria era a dos sunus, propriamente ditos pessoas que recebiam instrução médica na chamada Per Ankh, que significa Casa da Vida. Era a faculdade de medicina da época, onde se podia aprender todos os princípios conhecidos sobre o funcionamento do organismo humano. Esses sunus, por sua vez, trabalhavam junto com os uts, como eram chamados os auxiliares de médicos — os primeiros enfermeiros de que se tem notícia.- Excerto de https://super.abril.com.br/comportamento/faraos-no-consultorio-a-medicina-que-veio-do-egito/
AS PROPRIEDADES DA CEBOLA  - SÃO MILAGROSAS -  COM RECEITAS VARIADAS - AQUI LHE INCIDO UMA DELAS

Cebola, vinagre e mel: Remédio Caseiro ‘milagroso’ simples de fazer faz sucesso no Japão
Promete tratar 15 doenças, inclusive emagrece

Enquanto a gente aposta nos avanços tecnológicos da medicina para nos vermos livres de algumas doenças, a natureza mostra sua superioridade mais uma vez.


Vem circulando na internet uma receita natural (quase milagrosa) que promete ser a solução para cerca de 15 enfermidades, como obesidade, asma, hepatite e até insónia. https://www.almanaquesos.com/cebola-vinagre-e-mel-remedio-caseiro-milagroso-simples-de-fazer-faz-sucesso-no-japao-solucao-15-doencas/



Nenhum comentário: